Obrigado Jorge Jesus


Portugal é um país muito conservador e, esta ideia cavaquista, de que, só há um homem para o Banco de Portugal ou um só para o banco do SPORT LISBOA E BENFICA, não merece o meu apoio.
O BENFICA pode mudar - ao que parece vai - mas, não deixará de ser o BENFICA, nem o Jorge Jesus, deixará de ser o Jorge Jesus.
Como sócio do BENFICA, agradeço as vitórias que nos trouxe, o trabalho que desenvolveu, a forma como nos ajudou a construir um novo BENFICA. A forma apaixonada como sofreu ao nosso lado.
Obrigado.
Quanto ao senhor que se segue, é, claramente o melhor Treinador do Mundo.
Mas, por agora, fica, apenas, este agradecimento:
- Obrigado Jorge Jesus.

6 comentários:

zatarra disse...

Eu diria mais... Isto é o JJ a ser JJ. Continua a achar que obtem sucesso de casos perdidos. Umas vezes sai bem, outras não. Vamos ver para que categoria vai esta.

JAraújo disse...

Estou na mesma sintonia.

DeVante disse...

Fodasse! Haja alguém que pense como deve ser. Nada a acrescentar!

Gerimbeco disse...

Concordo que o BENFICA vai continuar a ser BENFICA, concordo que devemos ter memória e saber reconhecer o trabalho feito.
Mas ser TRAIDOR e GANANCIOSO não me passa pela goela!
O presidente também fez merda, e da grossa. Atirar pela janela um trabalho consistente, só por uma teimosia e inveja de protagonismo.
Só nos resta ser bicampeões e estar lá sempre pelo nosso GLORIOSO!

SLB disse...

Obrigado???
Obrigado o caralho!! Ele é o que é hoje porque o Benfica lhe proporcionou isso.
Depois de 6 anos sair diretamente para um rival?
A partir de hoje é inimigo.

Benfiquista Primário disse...

O Jesus ganhou três títulos em seis anos, lutou por outros dois até mesmo ao fim.

Nos quinze anos anteriores ao Jesus, ganhámos um título e perdemos os outros catorze lá para Janeiro...

O Jesus levou-nos a duas finais europeias e uns quartos da Champions em seis anos, ultrapassámos os frutistas no ranking da UEFA.

Nos vinte anos anteriores ao Jesus, fomos a zero finais europeias e uma vez aos quartos da Champions.

O Benfica de Jesus jogou o melhor futebol em Portugal dos últimos trinta anos.

Teve bons jogadores? Claro que sim, mas quantos foram feitos por ele? Di Maria não era titular indiscutível antes do Jesus...e Coentrão a lateral esquerdo, Matic a seis, Enzo Perez a oito, Samaris a seis, Pizzi a oito...

Mas está tudo doido ou ninguém se lembra do que aconteceu entre 1994 e 2009? Nunca sequer disputávamos o título até ao fim...

Os que agora atacam o Jesus como treinador do Benfica (não como homem nesta novela da saída) voltaram a ser ambiciosos porque o Jesus habituou-os a ganhar outra vez...

O Vieira, que até agora sempre defendi, cometeu um kamikaze histórico - e só espero que não seja um kamikaze equivalente ao do Damásio em 1994.

Para que não seja, ajudava muito que não viesse o Rui Vitória...Vítor i speak the tru Pereira ou...Klopp!!!