A pré-época da pré-época.



Pese embora não estar propriamente agradado com o futebol apresentado nos últimos 2 anos e de sentir que a nossa qualidade táctica diminui de ano para ano, os seus resultados práticos e postura fazem com que tenha o meu respeito. Quando falo de qualidade táctica, aquilo que é core no seu trabalho, falo de menos movimentações de rotura, menos apoios curtos, mais erros de posicionamento defensivo, pressão alta mal feita, setores mais separados, etc. Quando falo de resultados práticos, falo de em 2 anos ter 2 Campeonatos, 1 Taça de Portugal, 1 Taça da Liga e 1 Supertaça. Tem ainda uma boa participação na CL e uma razoável e dentro dos mínimos aceitáveis. Não acho também que seja culpado pelas bazucadas nos pés que damos no mercado, com a venda de 3/5 da defesa titular e entrada de "Pereiras" para os seus lugares. Acho que a culpa de neste momento não sermos um Olympiacos no Tugão e um nome de maior respeito que um Sevilha na Europa não é culpa dele. Mas é deplorável o que (não) apresentamos com 3 anos de trabalho. É um marasmo de ideias e de futebol quando tem mão-de-obra para muito mais. Não sei se é falta de qualidade dele (e sua equipa técnica) ou é a não absorção pelos jogadores, por ser um gajo porreiro (o que também ajudou aos resultados práticos que referia acima). Para além disso, junta decisões para lá de estranhas nesta pré-época: - Na lateral direita, após 6 meses a treinar o Pedro Pereira, aposta nele e dá, obviamente porcaria. Desiste do miúdo e vai buscar à B o Buta que nem pré-época estava a fazer. Depois do descalabro com o Arsenal, já deu a entender que o Buta não é solução e apostou de novo no Pedro. - Ignora o Kalaica que, pese embora verdinho, é talvez dos 5 centrais aquele com maior potencial para ser um jogador diferenciado. Tinha até a salvaguarda de já ter feito um jogo vistoso (apesar de com erros) no Bessa. - Ignora o Pedro Rodrigues com 0 minutos, quando claramente se anda a tentar identificar um substituto para o Fejsa. Bastava ter dado alguns minutos dos que se deram ao Augusto. Ou até ao Rúben Dias a 6! - Aposta loucamente no Augusto a 6 e 8. Apesar de achar que até tem sido dos menos maus, o excesso de minutos está mais a prejudicá-lo (e aos que não jogam) do que dar-lhe crédito com os adeptos. Samaris desaparece do mapa... - Encosta o Horta e o João Carvalho, claramente nem conta com eles o que para mim é grave. Depois anda a apostar em Augusto a 8 até à exaustão, no Rafa a 10 e, sobretudo, num Chrien que tem tanto de talento como de não estar minimamente pronto para a equipa A e possivelmente nem ser titular na B. Para além de contar como estrangeiro para as competições europeias. - Começa por apostar no Diogo, sendo que depois desaparece praticamente ao primeiro mau jogo. Depois apenas a 5 ou 10 minutos do fim com uma pressão brutal. - Inicialmente não dá minutos ao Carrillo. Quando dá, ele joga a passo como de costume, mas nem por isso jogadores como o Diogo ou o Willock têm uma oportunidade digna desse nome. Nem que para isso se ande a rebentar o Cervi. - Na frente, com Mitroglou apto parece que já o riscou, depois de mais de 50 golos nas 2 épocas. Na frente joga-se com os outros ou até com o Rafa. Em suma, está como o resto do clube, completamente perdido. Tenho quase tanto receio pela sua escolha dos 25-27 do plantel como dos "Douglas" que agora se vão arranjar para desculpar o ridículo que foi feito na preparação (ou não) desta época.


O Ederson que se cuide

O Ederson que se cuide.
Pelas novas regras, não é só pontapear o adversário que dá direito a pontapé da marca de grande penalidade.
Evitar golos contra o Benfica também dá.

in OJOGO 14-03-2017




















E penalti para o Porto.

tretasdoTETRA#3

treta #1
Sem nevoeiro a coisa fica mais simples. Aliás, as deslocações à Choupana têm sempre dois perigos: o nevoeiro e os discursos do Manel. Desta vez, nenhum dos dois apareceu porque a vitória foi tão limpinha que nem o sô professó tinha nada para dizer. Mas eu tenho - ó Mister, havia mesmo necessidade de nos fazer sofrer?

treta #2
A entrada em campo voltou a ser pouco intensa, embora um tom acima da jornada anterior. O Mister surpreendeu ao colocar o Pizzi na esquerda (saiu o Cervi) e o Gimenez no lugar do Mitro. Confesso que não fui muito fã da ideia e o jogo deu-me razão. Penso, aliás, que a coisa poderia nem estar mal vista, mas teria mantido o Pizzi na direita e o Salvio teria ido para a esquerda. Com Jonas em campo (mesmo de moletas) a dinâmica é outra e o jogo acabou por ser relativamente simples, não fossem os centrais adormecerem e ... golo do Nacional.
Rui Vitória (outra vez) mexeu muito bem e a vitória foi resgatada de forma brilhante por um menino que vai ser fundamental - Carrillo.
Aliás, ou muito me engano ou temos aqui homem para ser titular com o Salvio e o Pizzi terá que ir para o meio, jogar no lugar do adepto-que-veste-a-camisola-e-joga, que tendo futebol para dar e vender, tem que dar mais rotação ou...

treta #3
Salvio. Que bom ver-te de volta. Ainda por cima com a braçadeira de capitão. Muito bom! Nem imaginas como Nós ficamos contentes por te ve mais activo em campo do que no Instagram. Não houve ainda 90 minutos de Salvio, mas houve menino para muitas arrancadas, para os esticões que só tu sabes dar e uma solidariedade defensiva de grande nível - quando tiveres aí atrás o Almeidinhos...

treta #4
Este jogo vale por ser mais um - de três, dois já estão e por isso temos que ir recuperar os dois pontos perdidos contra o Vitória a algum lado.
Já se viu pela apitagem no Lidl que a coisa vai ser dura, mas temos tudo para atingir, finalmente, o TETRA!

tretasdoTETRA#2

Foto do Facebook do SLBenfica
treta #1
Começo mesmo pelo fim - os 56 mil (alguém me explica como é que a lotação esgotou com 9 mil bilhetes por vender?) que estiveram na Catedral não perceberam que um empate a zero é sinónimo de derrota? A energia que emanou das bancadas nos últimos 20 minutos não poderia ter acontecido nos primeiros 20?

treta #2
Parece-me que o resultado é justo em função da falta de intensidade que o BENFICA colocou no jogo. O Vitória fez pela vida, abusando do anti-jogo no fim, mas...
E, seguem desde já duas linhas sobre o homem do apito, sublinhando que a "derrota" não se deveu ao apitante:
- ali pelos 80 minutos há uma falta sobre um jogador do SLB e o tipo estava a um metro e virado para o lance. Mandou seguir. Era no meio-campo.
- também quase no fim do jogo, bola na área, Júlio César a soco acerta no Lisandro. O jogador do Setúbal esteva a meio metro, sem ninguém lhe tocar, agarra-se à cara e vai 3 minutos para o chão. Na NBA, este comportamento aldrabão e anti-desportivo, daria uma multa de milhares de dólares. Aqui poderia ser em Euros.

Do ponto de vista defensivo, sem o Pizzi e o Nico nas Alas, a cobertura é menos intensa e os vertiginosos Alas - Nelson e Grimaldo - sofrem com isso. Creio que teremos mais armas ofensivas, mas estaremos mais expostos. O Fejsa é quase ominipresente, mas ...
O menino adepto-que-veste-a-camisola-e-joga continua com grande intensidade, tem muita bola naqueles pés, mas não é ainda a perfeição - caso contrário, seria vendido ainda antes do João Mário.
No entanto, creio que a vitória não chegou pela saída do Pizzi da direita. Andou sempre perdido no meio e na direita o Salvio continua atrás do passaporte de saída, não contando com os posts no instagram, pois claro.
Sem Jonas e sem Mitroglou a equipa fica mais frágil e gostaria de pensar que o Rui Vitória já sabe o que fazer ao Gimenez.

treta #3

Não pensei que, ao segundo jogo, tivesse dificuldade em escolher o melhor em campo do SLB. Mas, levarão a mal que volte a escolher o Fejsa? É mesmo por incapacidade de escolher outro.

treta #4
Esta derrota será muito útil se for sentida por todos - adeptos, dirigentes, técnicos e acima de tudo pelos jogadores - como um "acordem caralho!"
O ano passado, por esta altura, íamos descer de divisão (não estou a pensar no Hélder a treinar a B). Este ano vamos ganhar a Liga dos Campeões.
Deixem-se de merdas, voltem a ser o que sempre foram - um de Nós!

Comunicado à CMBMW



A Societa, em cumprimento do disposto no artigo 69.º do Código dos Valores Imobiliários, vem informar que adquiriu os restantes 69% dos direitos económicos do Cota do Bigode que remanesciam na titularidade do próprio. Mais se informa que o Cabelo do Aimar, Societa passou a deter a totalidade dos direitos do referido coiso.
O Conselho de Administração, 28 de fevereiro de 1904

tretrasdoTETRA#1

treta #1
Ganhar no primeiro jogo da Liga não é coisa pouca. Claro que o ano passado, já sem treinador, o TRI começou com uma vitória em casa ao Estoril, mas continuou em Arouca com uma derrota, que se repetiu na jornada externa seguinte no dragão. Ganhar é sempre melhor que perder e ontem aconteceu o essencial: a VITÓRIA.
treta #2
O jogo não começou bem e quem vir o resumo até ficará com a ideia que o Tondela esteve sempre por cima, o que não aconteceu. O SPORT LISBOA E BENFICA dominou, mas permitiu demasiadas saídas rápidas do Tondela. Será algo a melhorar nos próximos jogos. A equipa entrou em campo e, um pouco menos de atenção, até parecia um jogo da liga 15/16. A mesma ideia de jogo, mas com mais posse e muita gente em boa forma: o Grimaldo parece ser o que não temos há anos e anos, o FEJSA continua a ser o que temos há anos e anos. O Cervi parece o Di Maria dos primeiros dias e o André Horta é um de nós dentro do campo. Marcou um golo, mas o adepto-que-veste-a-camisola-e-joga tem futebol naqueles pés que até assusta - é a prova de que aquela frase "eu lá dentro fazia melhor" é infalível.
Na baliza o Julío César fez o que era preciso e, assim como assim, o Paulo Lopes não tinha contrato para entrar antes da última jornada. O Luisão fez a despedida dentro do campo e isso é uma forma muito forte de mostrar amor à camisola. Obrigado Capitão. E, já agora, quem diria que um dia ia escrever isto: Jardel volta depressa!
O PIZZI é o pizzi e mais 10 e o Mitroglou continua a ter uma dialética brutal - a movimentação dele é tão frequente como as fotos em que aparece a rir. O outro menino, o Guedes, está sempre no limbo: vai aparecer algo de genial, mas... Teima em ser uma promessa que não cumpre. Não deveria ter entrado o Gimenez?

treta #3

O Homem do jogo poderia ser o PETIT - a sério. Quem se ia lembrar de ver o jogo em cima daquela viga? Mas, vou escolher o Ljubomir Fejsa que está hoje (14 de agosto) de parabéns. Não há muito para escrever sobre um homem que leva 9 anos seguidos como campeão. Com ele em campo, o TETRA estará sempre mais perto.
treta #4
O próximo jogo em casa, com o Setúbal poderá ser uma tarde boa para agradecer a forma simpática como trataram o nosso menino adepto-que-veste-a-camisola-e-joga. Mas, nada menos do que um jogo bem tranquilo com muitos golos, ok? Pelos nossos emigrantes que visitam a Catedral neste dia.