"A política dos clubes cada um é que sabe" - Inácio

Estas sábias palavras foram ditas imediatamente a seguir a ter ironizado com a contratação de Kalaica e respectiva cláusula. Para quem não sabe, o Kalaica é do Benfica, logo, o Benfica é que deveria saber da sua política. Mas o Inácio baralhou-se.
E depois de ter também, nos últimos meses, mostrado muita preocupação com a renovação de Júlio César (que é do Benfica também e por isso só o Benfica é que deveria saber mas o Inácio esqueceu-se disso), ou com os jogos de Mitroglou na selecção (o qual, também é jogador do Benfica, mas mais uma vez o Inácio coiso)...

Voltaram ao trabalho e nada como abrir logo as portas do circo...Mas confesso que já me cansam com tamanha mesquinhez e tanta falta de postura.

Portanto um gajo tem uma cláusula de 30 milhões

Alguém dá quase o triplo(!!!) e a proposta é recusada?

Ainda por cima, pelo clube que apresentou um relatório de contas com alguns números a vermelho "porque a Doyen coiso e tal mas ainda assim temos almofadas e pardais ao ninho".

Relembro que o City deu 50 milhões pelo Sterling, o PSG 45 pelo Di Maria, o Bayern 25 pelo Vidal e o Barcelona 25 pelo Turan...só para citar alguns exemplos.
Portanto o Slimani custaria tanto como o Sterling e o Vidal juntos e ainda ficavam uns trocos para o pavilhão. É isso?

Como se pode constatar no post anterior, houve um senhor que há não muito tempo disse bem alto: "Não se deixem manipular!"

Violas no saco, cabeças na parede, modems desligados

(as desculpas ao BnrB pelo roubo, mas é o preço a pagar pela genialidade)








Como é que era mesmo?

"Na peida. Na p3ida. #nap3ida"

A sério, quem é que meteu o Valdemar a gerir a página wikipédia dedicada ao Sporting?

Futebol é assim MESMO: irracional!

A comunicação não foi o golo D'Ouro do #35, mas teve uma importância grande ao ponto de considerar as declarações do Jesus sobre o Rui Vitória como um dos momentos do campeonato.
E, a este nível, o Sport Lisboa e BENFICA continua a dar uma tareia nos adversários, de que é um exemplo o vídeo mais recente:


Ora, nos últimos dois dias o jornal "A Bola" trouxe dois artigos de paineleiros adversários. Um deles, procura racionalizar as escolhas clubisticas numa lógica determinista completamente inaceitável. Na lógica do senhor, quem é de Mafamude tem que ser do Vilanovense e quem nascer em Santa Marinha tem que optar entre o Candal e o Coimbrões. Ser de Gaia e ser do adepto do porto é algo que este senhor não entende. Deduzo, pois, que o comentador nasceu na cidade do Porto.
 Segundo ele é um defeito de fabrico ser do SLB. Admito. É uma definição que me agrada. Tenho, no entanto, mais dificuldade em entender como é que adquiriu, o paineleiro, o defeito que o caracteriza. Porque se tivesse nascido com ele, a gente percebia. Se foi uma opção racional, então ser portista era a única opção certa. MST não podia ser outra coisa. Sublinho, estupefacto, o singular momento de lucidez que no mesmo artigo MST nos deixou - conseguiu encontrar uma diferença entre a atitude desportiva do SPORT LISBOA E BENFICA e a ausência dela no Sporting.
E, a propósito dessa falta de cultura desportiva, cruzei-me com um outro momento fantástico, mas nada singular do Doutor Barroso. Permita-me, caro Doutor, uma sugestão: mantenha esse sentimento. Estou certo que nos vamos entender. Em três anos de Presidência do Trinca bolotas, levo outros tantos títulos, mas, para si, isso até é gratificante porque se sente campeão. FIXE! Ficamos assim:
- o senhor Doutor SENTE e eu sou! Boa?





E aposto que serviram só segundos pratos


Em Alvalade também já pensam no 36


TRInta5 em números


Nos dias que correm a comunicação tem um peso significativo em todas as actividades sociais e, no futebol, a realidade tem vindo a mostrar que pode até decidir um título. Mas, por mais que o Sporting procure mostra a fantástica qualidade da sua prática no gramado, há números que importa olhar. Vejamos:

- O SPORT LISBOA E BENFICA marcou 88 golos, mais 9 que o 2º classificado;
- O SPORT LISBOA E BENFICA, nos jogos que ganhou, teve 9 vitórias tangentes (3 em casa e 6 fora); O Sporting venceu, nessas condições, 11 jogos (5 em casa, 6 fora).

Ainda, relativamente aos jogos e ao número de golos marcados, importa destacar alguns dados: