Tomba gigantes


Gosto destes domingos em que há Taça.
Depois do SPORT LISBOA E BENFICA ter passado esta fase com alguma facilidade, é com alguma curiosidade que assistimos ao jogo de hoje.
Diz-se por aí que todos os dias são campeões de alguma coisa, enquanto os outros dizem que vencem desde 1893. Sem interrupções, a história tem mostrado, que a vencer desde 1904 está o SPORT LISBOA E BENFICA.
Mas voltemos ao jogo de hoje, de um lado uma equipa grande, do outro uma pequena. Sendo que, este jogo é perfeito para explicar a propriedade comutativa. Reparem, na adição, 3+4 = 4+3 ou 9+3= 3+9. O resultado é respectivamente 7 ou 12. Uma é grande, sendo pequena e a outra é pequena sendo grande. Uma tem riscas e a outra também. Uma está atrás e a  outra também. Ambas são lideradas pelo mesmo tipo de responsável, ainda que com uma diferença significativa - um gosta de brasileiras jovens e outro gosta do Leonardo Jardim.
Consigo, apesar de tudo, encontrar duas diferenças - uma foi condenada por corrupção e outra tem um treinador que não fala línguas mortas nas conferências de imprensa.
O que se deseja neste corner? Que percam ambos.
Não sendo possível, que o tomba gigantes faça acontecer Taça!
De uma maneira ou outra, nós estamos na próxima fase - venha o Arouca!

Resumo da 23a Jornada por Cota do Bigode

Cinquenta Tons de verde

"O presidente do Sporting teve uma linguagem que não é adequada. Foi só isso. Eu até estive a acalmá-lo e foi muito simples. Entendo que ele é novo no futebol, mas tem de ser mais comedido porque a linguagem que ele utilizou não foi a mais correta. Bruno de Carvalho estava exaltado e como se costuma dizer 'de peito feito'", descreveu, esclarecendo o que passou em Alvalade, em encontro a contar para a 22.ª jornada."

Algo vai mal quando o Fiúza vem à praça afirmar que a linguagem utilizada não foi a mais correcta.



Mas o mais interessante disto tudo, é que o alvo do BdC, o treinador de guarda-redes do Gil Vicente, José Ferreira, também é conhecido por "Zé Cu".

Ou seja, qual 50 shadows de grey green, o Mr Grey Green aka BdC, mandou o Cu ir para o caralho. E pelos vistos o Fiúza não aprecia este tipo de sodomia.
E se sodomia já é demais para o Fiúza, comentar o incesto do cu ir para a cona da mãe dele, já deve ser passar dos limites, e como tal ficamos por aqui.
Tenham um bom fim de semana e vejam muito Redtube, que é bem menos hardcore que acompanhar o futebol em Portugal.

Comunicação Social é um dos braços armados


Um, o mais visível, é o dos ultras que vivem de ar e vento, na medida em que ocupação profissional não se conhece. Mas, na bolsa de aposta dos corruptos, devem estar em alta (ar e vento), pelo menos a considerar pelas máquinas brancas que o símio usa.
Mas, por estas bandas, há mais!
A comunicação social está a ter um comportamento verdadeiramente vergonhoso.
E, nada de confusões entre jornalismo e comunicação social - a precariedade laboral é uma marca do jornalismo de hoje e os empregos são um bem escasso. A Olivedesportos é parte interessada no sucesso do Dínamo da BCI e tem na sua mão a TSF, o JN e o DN, por exemplo. Não escrevo sobre jornalistas, porque esses têm que manter o emprego, mas escrevo sobre opções políticas de quem os dirige.
Em janeiro escrevi por duas vezes o que estava a acontecer: vergonha I | vergonha II.
Admito, claro que as minhas lentes vermelhas me ofusquem a visão, mas:
- um canto mal marcado a favor do BENFICA merece mais referências do que um canto mal marcado a favor do Dínamo da BCI (sim, eu sou do tempo em que o Corrupto Mor dizi que ganhar três campeonatos seguidos, só na Roménia!).
- a expulsão do Jackson passou em claro. Qual é o motivo?
- como é que as mentiras em torno das expulsões do BENFICA passam em branco, apesar de serem factualmente mentiras?
- porque é que a comunicação social não lista os jogadores importantes das equipas do nosso campeonato que são (auto) "castigados" na semana de jogarem contra o dínamo?
- porque é que foi preciso a BLOGOSFERA vermelha mostrar a realidade, quando até o próprio assumiu que insultou o árbitro?
Mas, no meio disto tudo já ouvi a RTP a falar dos campeonatos do tempo do Carlos Alberto e até os corners azuis começam a assumir parte do passado.
E tudo porque o sistema azul está a cair e eles precisam de se salvar. Quero acreditar que já não vão a tempo.
Nota: já que falei da RTP, permitam-me uma observação. Há uns tempos o João Gobern comentava, ao sábado, com um outro "jornalista". Nessa altura eram apresentados como sendo independentes, sendo que todos sabiam para que lado estava o coração do João. Aliás, nem na RTP ele o escondia. Ele, mudou de programa e assumiu a sua condição de Benfiquista. O outro, continuou "independente". Curiosamente, agora acompanhado pelo Costinha, outro "independente". E, depois, quem controla tudo é o BENFICA.

Cartão vermelho é justo

Nem que seja por esta fotografia, um vermelho até é pouco!
Sim. Parece e é - uma fotografia tirada e publicada pelo André Simões ontem no Bessa. Quem é o André Simões? Um adepto do Dínamo da BCI! E... jogador do Moreirense.
Será que ainda sobra algum benfiquista que não perceba o que está em causa?
O Red Pass, a quem agradeço esta imagem, explica isto e muito mais!

O andor


Os coitados voltam à carga esta semana. É na base do muda aos dois e acaba aos quatro. Felizmente, no próximo domingo teremos um sem queixas dos árbitros.
E eu até aposto, dobrado, que sei qual será.
Mas, por falar em andor ou em colinho, vejamos alguns detalhes.
Nas provas europeias, o Dínamo da BCI que está a jogar a Champions, jogou contra o:
- Bate Borisov, que em 6 jogos sofreu 24 golos; Ganharam os dois jogos a esta poderosa formação da ditadura Biolorussa;
- Atlético de Bilbao, hoje em 14º no campeonato espanhol;
- Shaktar, um azarado clube da Ucrânia cujo estádio é um dos palcos da guerra e que teve de fazer os seus jogos em casa a milhares de quilómetros de Donetsk. E, mesmo assim, os dois jogos foram um susto.
Depois da fase de grupos, uma impressionante equipa da Suiça, cheia de craques e treinada pelo fantástico Paulo Sousa que, basicamente, tem tido uma carreira ao nível de um Domingos de trazer por lá. Sim, há quem assegure que se trata de uma equipa ao nível de um Real Madrid ou mesmo de um Chelsea.
Mas, para compensar esta participação histórica na Champions também estão em grande na Taça da Liga e ainda melhor na Taça de Portugal onde num jogo com o Sporting em casa saiu ... fora. Azar!
Quanto ao campeonato, na frente temos o Colinho Futebol Clube, sem o Oblak, o Garay, o Siqueira, o Matic, o André Gomes, o Enzo, o Markovic e o Rodrigo. Ao que parece até têm entrado em campo apenas com dois jogadores, o Maxi e o Luisão, uma vez que ninguém chegou para substituir os que partiram e até o Niko se lesionou.
Voltando ao rumo do post, a super-mega-giga-TERA equipa azul, treinada por um fantástico e experiente treinador espanhol comprou tudo o que mexia, desde que falasse castelhano. O dinheiro do super-empresário, aflito com a UEFA, e os trocos que ainda sobram do Oliveirinha deram até para comprar um suplente espanhol: 60% valem 11 milhões, logo...
Só que, azar dos azares, existe JESUS! Existem Júlio César e Artur. Existem ainda o Jardel, o André Almeida e o Samaris. O John e o Jonas Pistolas, o Lima e o Salvio e alguns outros mancos que vão fazendo o seu caminho. E existem muitos milhões de BENFIQUISTAS que teimam em encher todos os estádios por onde passa o Manto Sagrado!
E vejam lá, até têm cantos a seu favor, injustamente marcados- esse exemplo fantástico da corrupção dos homens do apito. Aliás, é dos livros - um árbitro quando quer ajudar o BENFICA, marca um canto, ainda que nessa mesma jogada fosse possível marcar uma grande penalidade. Parece-me que o ângulo de análise desta teoria tem por base a capacidade do Jackson os falhar. Deve ser isso.
Lembrei-me logo do Artur Soares dias no jogo da luz o ano passado quando não marcou a mão do Mangala e marcou canto que deu em golo do Garay. Já nessa altura o árbitro estava a ajudar o BENFICA.
E depois, a expulsão por palavras - quem já jogou à bola sabe que há coisas que não se aguentam, não dá para aceitar. Em que momento das imagens o jogador do Moreirense reclamou da decisão?
Sim, também há história e por isso percebo que estranhem.
Bom, mas isto para dizer que continuo a manter esta teoria - este é o campeonato mais importante dos últimos 40 anos: uns, já são pequenos há muitos anos. Mas, têm este ano uma oportunidade de ouro de sobreviverem.
Outros, ali por Contumil, estão mesmo juntinho ao precipício - é só dar um pequeno toque e ...
FORÇA Petit.
Nota: até parece que fui eu que escrevi isto. Subscrevo!

Saudades... do futuro


O Sporting foi fundado em 1906 e apesar de existirem por aí umas histórias mal contadas sobre a sua fundação, nada que se pareça com o mito Cosme Damião ou com a aldrabice "a perder desde 1893.
Desde então, o Clube de Portugal, nascido em berço de ouro sempre cultivou uma dimensão burguesa e elitista que foi muito manifesta durante a ditadura.
Até 1940 vence quatro campeonatos de Portugal e nos quarenta anos seguintes vence 15 dos seus 18 campeonatos. De 1980 a 2015 o Sporting tem três títulos (1981, 2000 e 2002). Considerando o Campeonato de Portugal tem 22 títulos, ou seja, precisa, em média de 4,95 anos para vencer um título. Mas, considerando a tal divisão histórica - escolhida porque marca na minha opinião, um antes e um depois - o Sporting em 40 anos venceu 15 (um título a cada 2,6 anos) e de lá para cá (35 anos) precisa de 11,6 anos para conseguir um título.
Usando a mesma divisão para o BENFICA e para o porto:
- Benfica: 1940-1980 - 20 ( um a cada dois anos); 1980-2015: 10 (um a cada 3,5 anos);
- porto:  1940-1980 - 5 (um a cada 8 anos) ; 1980-2015: 20 (um a cada 1,75 anos).
Ora, parecem-me evidentes algumas coisas:

- o BENFICA piorou, passando de um título a cada dois anos para um a cada 3,5 anos;
- o porto passa de uma média de oito anos para chegar ao título para uma média de 1,75, a melhor de todas nos 75 anos analisados;
- o Sporting de 4,95 passa para 11,6 anos. A pior média analisada.

O BENFICA está pior, claro, até porque passou pelo momento mais crítico entre 1994 e 2010, mas de lá para cá tem estado sempre MUITO perto do título.
O porto tem sido o vencedor mais frequente, ocupando uma parte dos títulos vermelhos, mas substituindo claramente o Sporting que deixou de ter lugar nos dois da frente, mesmo quando fica em segundo lugar ( o primeiro dos últimos).
É claro que os adeptos do Sporting procuram encontrar outros argumentos para mostrar a sua grandeza, mas os factos falam por si: no Futsal estão sempre nos títulos e isso é a excepção. Basquetebol? Voleibol? Hóquei? Andebol? E até no atletismo a história mais recente mostra outra realidade.
É verdade que continuam a ter adeptos, apesar de não conseguirem ter Direcção. É verdade que continuam a pensar como gente grande, mas estão mais próximo do Braga do que do SPORT LISBOA E BENFICA.
A realidade nua e crua que o SPORTING pode tentar desmentir esta semana, no dragom...

Resumo da entrega dos Oscars por Cota do Bigode

Tosquiadela #22: Moreirense


1. É melhor ganhar com onze do que insultar o árbitro com dez.
2. Afinal o Artur é que foi buscar as Pizzas. Pelo menos eu não o vi no jogo.
3. Quando não se tem Jardel, caça com Capitão!
4. Aquela jogada táctica do Jesus. Sair da linha para deixar de pressionar os jogadores é muito bem visto. É mesmo este o espírito JJ, mais longe dos jogadores e mais perto dos adeptos. Grande JJ.
5. O André Almeida tem tudo para ser um indiscutível. Ou quase. Só lhe falta aquele detalhe que faz dele o melhor suplente que uma equipa poder ter. Mas, a participação dele no golo do Moreirense é a prova de que está longe de ser um craque. Útil, necessário, fundamental, mas...
6. Hoje senti a falta do Samaris. Quem diria.
7. Pizzi... Quero acreditar que vamos ter craque para vender por uns milhões, mas ainda não estou convencido. Ó meu, desculpa lá, mas tens que dar mais e dar melhor. Sabes o que gosto em ti? A forma como marcas as bolas paradas. De resto, nestes jogos de andebol em que só atacamos, estás quase lá. Quando for a doer, o banco espera por ti.
8. Nas alas - quem é que mandou o Salvio ver os vídeos do Capel?
9. Lima - é ele e mais dez. Mai' nada! E o Jonas Pistolas - fui só eu que o vi morto muito antes do jogo acabar?
10. Tinha escrito que nesta fase do campeonato o SPORT LISBOA E BENFICA tinha de conseguir quatro vitórias. Duas já estão. E agora os segundos estão a 7 pontos. E isso, sim, parece-me que é pressão, não?
11. E o público em Moreira de Cónegos? Brutal! Esta mania de trazer o Estádio da Luz para todos os campos onde joga o Glorioso é mesmo andar com a equipa ao colinho!

Palestra para a Moreia