E, ao não participar na reunião, o Bruno de Carvalho "junta-se" a toda a merda do futebol português.

Eu fui um dos benfiquistas que ficou contente com a eleição de BdC. Fiz um post aqui sobre isso. Veio dar uma real esperança na mudança do futebol português. Um discurso forte contra o poder instalado que mina a credibilidade de todos os agentes do futebol nacional.

Depressa, contudo, desiludi-me. Depressa compreendi que BdC não quer fazer nada para mudar o futebol português. BdC quer, isso sim!, o poder no Sporting. Quer acabar com a oposição ainda existente e importante (BdC foi eleito com pouco mais de metade dos votos) que continua a ver nele um puto de claque, nem que seja a custo da sua destruição (o caso Manuel Fernandes é um sintoma disso). Nessa logica, dispara para todos os lados, inclusivé internamente.

Se não fosse esta a preocupação de BdC, a estratégia seria outra. Tentaria, pela diplomacia, colocar uma parte dos clubes profissionais ao seu lado. Mas não! Bruno de Carvalho apenas conhece a força, apenas conhece o combate. O que lhe dà a força para o combate? A ideia de que o Sporting detém a verdade, que o Sporting é que sabe, que o Sporting é que é bom, que não é ao Sporting de ir ter com os outros mas os outros a irem ter com o Sporting.

BdC não faz um minimo de esforço para mudar o futebol português. O unico esforço que ele faz é o do isolamento. Não esteve presente na reunião. Olha!! Como é facil esta posição! Como é facil retirar-se de tudo, meter-se à parte e depois gritar que o mundo é mau, que tudo e todos estão contra o Sporting!! Como é facil criticar a escolha de Luis Duque sem sequer ter participado na reunião!!

O Sporting do BdC é ainda o Sporting da vitimização, mas agora com algo a mais : é o Sporting do orgulho da vitimização, onde a vitimização, com BdC, tornou-se o alimento do proprio sportinguismo. BdC não quer mudar o futebol português. BdC quer manter-se no poder : é mais um porco a aproveitar-se dos podres do futebol para obter aquilo que quer : e o que quer é mais facilmente obtido com o Sporting no papel de vitima. Enquanto os sportinguistas pensarem-se como vitimas em vez de agentes de mudança, tudo correrà bem! Tudo seguirà o seu lider.

Sporting, clube diferente? Que riso! Tudo a mesma merda!! (David)

P.S.: aprendi a ver politica (este post é sobre politica) não a partir das intenções subjectivas, como o são os discursos, mas a partir das consequências objectivas que os discursos e actos têm. A unica consequência objectiva da vontade de isolamento do Sporting é o da unidade interna ao proprio clube. Essa atitude não contribui em nada para mudar o futebol português. Como não tomo as pessoas por burras, concluo que esse é o real objectivo de BdC e dos seus conselheiros.

P.S.2 : em nada este post exprime uma vontade em apagar a atitude do Benfica em todo este processo. Contudo, sobre o Vieira, jà disse muito, jà disse tudo o que tinha a dizer. Deixei de bater nesta tecla. Não vale a pena...

Ao sabor da corrente

Hoje deparei-me com várias publicações todas com a mesma origem, referindo que Vieira tinha acordo com Joaquim Oliveira para que a BTV fosse distribuída em África no mesmo pacote da Sporttv. Informações essas que alegadamente vieram de um comentário no perfil de Jorge Schnitzer (o grande responsável pelo programa Donos da Bola) e que foram reproduzidas como "post" no Facebook do conhecido Marinho Neves.

Ora bem, tive o azar de fazer um comentário numa dessas publicações que me apareceram no feed e fui logo conotado como sendo "anti". Não descarto que identifico esses "iluminados" como "ovelhas", gente a quem falta espírito crítico e anda ao sabor da corrente.

Para que fique bem claro, mais uma vez, eu não sou anti-Vieira nem pró-Vieira.

Reconheço méritos e reservo-me a liberdade de como sócio pagante que sou, tecer críticas (tento sempre justificá-las quando as faço) ou elogios. O Benfica não é do presidente, tal como não é só dos iluminados que o apoiam cegamente. O Benfica é de todos os sócios e adeptos, tanto dos que fazem propaganda anti-Vieira como dos que fazem propaganda pró-Vieira ou até daqueles, que como eu e os restantes escribas deste blog, se reservam a ter uma opinião própria e fundamentada.

Não vou alimentar mais conversa sobre um tema que me causa um certo asco, até porque alguns que outrora eram blogs de respeito, se venderam por tachos e aparições esporádicas na BTV.
Outros dizem mal e põem tudo em causa, não sei se por inveja de não terem arranjado tacho, ou se por ventura terem esperança de um dia integrarem uma lista de oposição.
Tanto para uns como para outros, respeitosamente: Vão-se foder!


Aos que não estão referidos nos dois grupos merdosos supra-mencionados, continuaremos a falar de Benfica onde a oportunidade surgir.

Dois dias depois...


...da convocatória de Fernando Santos para a Seleção, ainda não vi nenhum sportinguista repetir a enxurrada de críticas que debitava quando André Gomes foi chamado por Paulo Bento.

É que João Mário só foi titular da equipa do Sporting pela primeira vez na vida há menos de duas semanas.