Azul e branco


Um pouco de história é capaz de ajudar a explicar a coisa: a 31 de janeiro de 1891 uns tugas radicais - de esquerda? - resolveram tentar acabar com a roubalheira. Não conseguiram mas estiveram lá perto.
Uns anitos mais tarde voltaram à carga, um tiro nos cornos do rei e o problema ficou resolvido. 'bora lá trocar o azul e o branco pelo verde e pelo vermelho - VIVA a REPÚBLICA!
E, é também importante dizer ao leitor que chegou até esta parte do texto que nada disto se relaciona com as cores do GLORIOSO SPORT LISBOA E BENFICA ou do esporte. Ambos têm as suas cores escolhidas desde tempos anteriores à República. O BENFICA é de 1904. Curiosamente, ou talvez não, o clube do regime escolheu as cores da Monarquia, segundo a falsa historieta deles, ainda no século XIX.
Dito isto, importa lembrar aos mais distraídos que a nossa bandeira tem o verde e o vermelho como cores.
Assim, a pergunta que fica é: quanto tempo vai demorar a Federação a retirar as cores do equipamento alternativo que, supostamente, iria ser usado no mundial?
Não vivemos em Monarquia, vivemos numa República que escolheu outros símbolos e isso tem que ser respeitado. Já há por aí alguma petição para assinar?



11 comentários:

Sofia Saraiva disse...

"Dito isto, importa lembrar aos mais distraídos que a nossa bandeira tem o verde e o vermelho como cores."

A minha bandeira, a babdeira da minha patria encerra muito mais história e cor que apenas essas duas... Foi aliás sob uma bandeira azul e branca que escrevemos páginas e páginas de história mundial... Seria lamentável que por questões clubisticas se deixasse esquecer a história contida nas cores da nossa bandeira. Cores essas que não se resumem ao verde e vermelho... Para os mais distraídos...

jzz disse...

Meiral, 100% de acordo.

Fui à wikipedia e confirmei. Ainda somos a Republica Portuguesa. Quem discordar pode ir mudar as fraldas ao d. Duarte

Mas acho que o azul e branco no equipamento não tem nada a ver com a monarquia. É uma homenagem ao velho gágá e ao seu frutcorruporto.

A bug's life disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A bug's life disse...

Portugal tem mais mais razoes de orgulho pelo que fez quando tinha uma bandeira azul e branca do que pelo que fez durante a república. Só temos ditadura e bancarrotas :)

Ricardo Vieira disse...

Eh pá, que post ridiculo este.

O que é que a cor azul tem de mal? Foi essa cor que esteve mais de 700 anos na nossa bandeira. Se calhar merece mais respeito que a verde e vermelha...

João Paulo Silva disse...

Caros amigos, a questão é que Portugal é uma República não é uma organização mafiosa com saudades da Monarquia. E, uma passagem rápida por qualquer livro de história permite perceber a miséria que foram alguns dos nossos monarcas. Basta pensar no que foi feito com o Ouro dos Descobrimentos. Estas cores são uma infeliz opção.

fui disse...

Portugal não teve 700 anos de história com a bandeira azul, em boa parte desse periodo nem se usavam bandeiras nacionais! Além disso a "bandeira" sob a qual escreveu a mais fantástica parte da sua história foi a da Ordem de Cristo, por sinal Vermelha e Branca!
Dito isto, há que ter orgulho da monarquia e da república, mas hoje somos uma república e é estranho sermos representados em cores do passado.

fui disse...

Portugal não teve 700 anos de história com a bandeira azul, em boa parte desse periodo nem se usavam bandeiras nacionais! Além disso a "bandeira" sob a qual escreveu a mais fantástica parte da sua história foi a da Ordem de Cristo, por sinal Vermelha e Branca!
Dito isto, há que ter orgulho da monarquia e da república, mas hoje somos uma república e é estranho sermos representados em cores do passado.

Vitto Vendetta disse...

Exactamente.

O Azul e Branco como conhecemos só figurou na bandeira entre 1830 e 1910 (70 anos) por isso não foram bem os 700

De qualquer forma, não li em nenhum lado a eplicação para as cores do equipamento alternativo (tirando a própria nike que disse que era um misto de tradição com modernidade, mas refere-se ao corte da camisola, e não as cores) mas não gosto dele, embora goste mais dele do que do principal, que parece um pijama.

Luis disse...

São os dois uma merda, o principal e o alternativo.
Mas ao menos no principal já não é todo vermelho, lá se lembraram que havia o verde na bandeira.
Posto isto, espero que os jogadores não percam a cabeça com as brasileiras e joguem alguma coisa de jeito

francisco bexiga disse...

As cores da Selecção deveriam ser sempre Vermelho e verde, ou branco.

Quem quiser jogar de amarelo e verde, que emigre para os camarões. Quem quiser usar branco e azul, que emigre para a grécia ou o c@r@lho.

Se os corruptos querem ter um equipamento igual ao da selecção, então que mudem a cor do equipamento.