Os incomportáveis


É um autêntico massacre ler alguns comentários de benfiquistas na net - bloggers, páginas, jornais ou de adeptos nos seus perfis de rede social. Estou até em querer que se o Unabomber fosse benfiquista e andasse à solta, já tinha aviado uns quantos (o Unabomber enviava bombas pelo correio a professores universitários que criavam teses que o revoltavam)

Não falo apenas de um lado do conflito "vieirista", falo de ambos, e confesso que cada vez menos tenho interesse em falar desse assunto, porque revolta-me alguns dos escritos feitos por pessoas que apenas gostam de fortalecer o seu ego. Alguns, ao longo dos anos, foram mudando de fileiras, tornando-se cada vez mais insuportáveis (se já o eram, passam também a vira-casacas), e não falo de gente que percebeu "espera, afinal o Vieira tem defeitos", ou "espera, afinal o Vieira tem virtudes", mas refiro-me àqueles que têm sempre razão. Já não osuporto. Davam-me 50 litros de água rás e um marcador de gado, e eu sabia muito bem o que lhes fazer. Defende-se um ponto de vista com toda a certeza do mundo, entra-se em todos os campos, mesmo naqueles em que não se percebe nada, para manter o tamanho de suas pilas intocável.

O meu ponto de vista sobre Vieira sempre foi público - acho que no dia em que sair de presidente do Benfica, será um grande dia para a democracia do clube - pois não me agrada de maneira nenhuma a gestão quase secretiva dos negócios do clube, as comissões não explicadas, as vendas com números ridículos, ora por serem baixos, ora por serem altos, a quebra democrática nos estatutos, os apoios a gente duvidosa, os negócios com clubes que andam sempre em guerra connosco, as parcerias com empresas fantasma, e, o pior de tudo, a forma como é tratada a comunicação do clube, sem respeito por ninguém. Não me agrada por motivos éticos, e não me agrada porque o Benfica com que eu sonho não precisaria de nada disso. Mas, também sei que temposão estes, e se há alguém que gosta de jogar como os outros para não afundar o Benfica, eu entendo, só não entendo é a necessidade de se ir além disso quando supostamente se está a ser pouco ético por causa do clube. Como disse hoje um gajo na Bola TV (fantástico canal) "Porque é que os clubes estão cada vez mais pobres, e os presidentes dos clubes cada vez mais ricos? ". 

No entanto, vou evitando falar disso, pela guerra que isso gera (e porque sou cardíaco), ou até porque já há quem brilhantemente o faça, muito melhor do que eu, sem aso a especulações, campo onde eu tenho sempre medo de entrar poque não sei muita coisa (sim, nem todos andam nisto pelo ego, há alguns que andam pelo Benfica).

Acho é inconcebível que se vá mudando de critérios conforme a posição adoptada pelo clube muda, ou pior, conforme se vão descobrindo contornos, deitando as culpas para todo o lado, menos para a gestão da direção. Ainda há dias deixaram um comentário no nosso facebook a acusar-nos de não termos paciência (depois de um post onde lamentávamos uma derrota do Benfica), e foi só espreitar o perfil da pessoa que logo o primeiro post era a chamar todos os nomes possíveis à imprensa portuguesa porque diziam que o Benfica só receberia 2.4m€ do negócio Garay (notícia que, horas depois, o clube confirmou, a pedido da CMVM). E o que faz o inteligente comentador para ficar por cima? Diz que a CMVM é uma merda, que só pede esclarecimentos ao Benfica, e mais o e caralho a sete. Para mim, isso é ser ridículo, mas para eles não, é defender o clube. O mesmo passa-se do outro lado da barricada, com vários exemplos (e aqui entram alguns blogs amigos do Cabelo, que têm sistematicamente caído no erro de atacar Vieira pelo like), que vão alimentando especulações que, algumas fazendo sentido, não passam disso, especulações, e é óbvio que muitose insurjam por acharem isso mesmo, é tudo especulação - vendem os jogadores todos - o Vieira tem culpa de tudo - o JJ é bronco - o não sei quem é lagarto - não sei quem é tripeiro - ignorando toda uma conjuntura à de situações e factos que giram à volta de suas críticas, porque simplesmente limitam-se a automatizar a crítica em busca do view, ou do like, ou do raio que os foda.

Onde é que eu fico no meio disto tudo? Numa incomportabilidade (chupa Assunção Esteves) do caralho. Não ando aos lamentos porque quero que Vieira baze do clube, nem ando às turras porque com Vale e Azevedo estávamos pior. Eu ando às turras porque vejo jogadores que me foram conquistando ao longo de uma época a ir embora, e que me fizeram gostar deles quase tanto como do clube - obreiros de todo o êxito que tivemos no ano passado, e não faz da minha índole ser mal-agradecido. 

Eu quero protestar, quero lamentar as derrotas, quero gritar com os jogadores, com o treinador, com o presidente, quero teclar na internet quantas vezes tiver que teclar na internet quando sinto tristeza pelo meu Benfica, e vocês, seus comportados, andam-me a tirar isso, a censurar, a medir o que vou escrever a seguir, a pensar qual benfiquista se vai chatear comigo de seguida, a destilar ódio. Alguns, por esta altura, já têm 40 kilos de espuma a sair-lhes pela boca, outros, abanam a cabeça e pensam "este gajo é ganda deficiente", mas eu sei, aliás, eu, como bom benfiquista de internet, TENHO A CERTEZA, que a maior parte dos benfiquistas pensa de forma similar à minha, com preocupação quando vêm o seu Benfica a vender jogadores, e pior, a perder jogos (e não me venham com a merda da pré-época, tanto Jesus como Vieira sabem da importância de vencer o Sporting, mesmo a feijões, e só estes jogadores novos é que ainda não o sabem mas têm de aprender depressa), por isso, seus camelos, continuem lá com as vossas guerras de merda, que eu, diariamente, vou deixando de vos ler, um a um, até chegar à altura em que só me lerei a mim e a quem me critica, e aí sim, passarei a ser igual a vós. 

23 comentários:

Alberto disse...

Ja me mentalizei que a silly season e uma epoca de grande sofrimento para os Benfiquistas...e a verdade e que tem piorado de ano para ano. (merda de teclado sem acentos)

Mats Magnusson disse...

brilhantemente posto. como de costume. Particularmente nesta pré-época, o extremar de posições e a parvoíce que daí advém não tem paralelo nos últimos anos. Outro dia estava a ler um post e a pensar que se aquilo fosse um partido politico, seria fascismo. Foi coisa que nunca me tinha passado pelo cabeça a ler fosse o que fosse sobre o Benfica. Abraço

Fernando Tomás disse...

A polémica tem um grande poder de atração, estimula os pageviews e comentários na internet.
É normal pois a produção de treta, todos os bloggers desejam o seu espaço visitado, os que dizem querer fomentar a discussão do Benfica e simultâneamente sustentar as suas grandes audiências têm um grande problema.
Ou são antros de oposicionístas à actual liderança ou espaços onde vegetam adversários com insinuações difamadoras de benfiquistas.
É um caldinho tabloide em que alguns aquecem o rabo mas que apenas estimula o extremísmo.
Alguns dizem-se ponderados mas cometem algo que eu vendo não posso deixar de reagir, fomentam a desunião dos benfiquistas em torno de tretas que só eles têm a certeza existir e não o conseguem provar.
Exemplo:
Ah, eles querem é encher-se de comissões!
Um miudo a dizer isto é completamente diferente de um jornalista, blogger ou comentador experiente.
Como evitar intervenções nojentas deste tipo, pergunto eu?
Sabemos quem as alimenta, não têm os fazedores de opinião online responsabilidades clubisticas sobre este tipo de produção de injúria?
Eu distingo claramente os que a fomentam dos que a inibem.
Se bem percebi considera-o uma forma de intolerância ou de restrição democrática e aí estamos em desacordo.

PS:Os estatutos estão muito bem como estão, um sócio benfiquista com a maturidade necessaria para presidir o clube não tem qualquer problema em preencher os requesitos de candidatura.
Mas se tem interesse veja o que são clubes anti democraticos:

http://www.marca.com/2012/09/30/futbol/equipos/real_madrid/1349014369.html

E eu antes de saber disto até simpatizava com o Real e considerava-o o Benfica de Espanha mas assim não!

Jahwork disse...

De um Sportinguista (num mundo de lagartos) para um Benfiquista (num mundo de gaivotas)...belo texto; sentido e puro.

Com benfiquistas como tu, o Benfica nunca findará.

Fica bem Vitto; encontramos-nos no campo; como sempre, desde que me lembro.

lawrence disse...

Sem espinhas!
Infelizmente e para mal dos nossos pecados, é isso tudo!
Acho que alguém (chamem-lhe "indústria", designação bonita para esconder caras e nomes) está a conseguir afastar os puros (sem distinção de cores) da vida corrente dos clubes.
Só fazem falta clientes!

David Duarte disse...

Fernando Tomas, continuas a espalhar hipocrisia pela net? E todo contente e orgulhoso da prosa, não é?

Abre os olhos e deixa-te de porras. Fazes parte desta merda toda de que se queixa o Vitto. Exemplo?

"Ou são antros de oposicionístas à actual liderança ou espaços onde vegetam adversários com insinuações difamadoras de benfiquistas."

Sabes bem reconhecer um lado. Não reconheces é o outro. Porquê? Simples! Estàs là metido e não tens um minimo de distância.

Unknown disse...

Só não acho assim tão importante a questão dos resultados nos primeiros jogos da pré-época. O ano passado também se perdeu contra o Sporting. O problema este ano é a menor qualidade individual em relação ao FCP, já que com o JJ temos sempre qualidade colectiva.

Fernando Tomás disse...

David Duarte eu reconheço a existência de ambos os "lados" e teço consideração acerca de ambos.
Já vi que não concorda mas digo que os terroristas criam a necessidade da resistência aos mesmos tão simples quanto isso.
Se uns sujam o nome do clube felizmente há quem o limpe.
Não são muitos os que se esquecem de ir ao WC fazer as necessidades mas mesmo assim os dejectos na via publica incomodam.

Henrique disse...

Grande posta, parabéns.

Na minha opinião o que contaminou completamente a discussão, que já não era nada de especial, foi, como refere o Vitto, a certeza.

Aqui há uns tempos a máxima era "O Vieira é um infiltrado, tá-se mesmo a ver que vai renovar com o olibeiredo, só um vierista, que é um ser pior que um cão, não percebe". Como que por azar lá temos a BenficaTV, agora convertida em BTV, a bombar.

Mais recentemente era que o Vieira apoiava o Seara que era um enviado do olibeiredo. Como se constatou, o Benfica apoiava, mesmo que de mansinho, o actual presidente da liga.

Claro que este tipo de "críticas" é contra-argumentada por uma exaltação desmedida à liderança do Vieira, mas outra coisa não seria de esperar. A radicalização do discurso é inevitável.

Para mim uma coisa é discutir o Benfica tendo em conta dados objectivos, em particular os que foram referidos pelo Vitto (estatutos, democratização, valia das compras e coiso e tal). É que neste momento temos de um lado poucos anti-vieira, do outro poucos "vieristas" e no meio a grande maioria dos adeptos. É esperar que a bola role, que a coisa acalma, ou então não.

David Duarte disse...

"Já vi que não concorda mas digo que os terroristas criam a necessidade da resistência aos mesmos tão simples quanto isso."

Quanto tempo a escrever Tomas!! Quanto tempo a escrever por esses blogs!! E no final de contas, o argumento que tens a apresentar é a infantilidade do "Mamã!! Mamã!!! Foram eles que começaram! Não fui eu!! Eles é que me bateram!!Eles é que são maus!!"

Ricardo disse...

Como cabecilha, mentor, fundador, Rei, Senhor dos Mares, escriba e pirata do Ontem - um blogue que, imagino, esteja conotado neste escrito do amigo Vitto como um dos que transmite um ódio a Vieira (que na verdade não é ódio nenhum, mas amor, profundo amor ao Benfica -, devo dizer que, apesar de ter pontos de interesse, este texto é um texto que procura a diplomacia e o espaço do «eu sou muito bom, porque não sou submisso nem terrorista». Um espaço engraçado porque não exige ideologia e é muito facilmente agradável a todos os que, 1), queiram ser "verdadeiros benfiquistas", que, 2), procurem esconder o seu apoio a Vieira sem passar por Bin Ladens, que, 3), não saibam reflectir sobre o momento actual, que, 4), achem que o caminho é o de tentar esconder todas as diatribes a que estes dirigentes forçaram o nosso querido Sport Lisboa e Benfica. Eu escolho outro lado, escolho o caminho de defender diariamente o o clube de gente que o humilha, conspurca e adultera pelas suas acções que são verdadeiros crimes contra o Benfica. Claro que é muito mais confortável sermos o "gajo que não critica desmesuradamente nem elogia". Há até pessoas que dizem, arranjando a gravata às riscas num qualquer bar do Bairro Alto: «eu sou é benfiquista! não gosto nada desses extremos!»

Imaginemos um cenário: 1998, Vale e Azevedo no poder. Um benfiquista tem total consciência de quem é Vale e Azevedo e do que está a fazer ao clube. Que acção tem este benfiquista? Faz de tudo para promover o conhecimento dos benfiquistas sobre o aldrabão ou faz posts sobre o facto de haver um extremismo entre benfiquistas? Ou seja: defende-se o clube ou entra-se na autista diplomacia daquilo que nada diz? José Zeferino, em 4 de Maio de 1998, não num blogue nem no facebook (coisas distantes no tempo), diz, no mIRC: «Estou cansado deste extremismo! Há pró-Vale e anti-Vale! Eu, como sou um grande benfiquista, quero é que o Benfica ganhe e não entro nessas políticas!». José Zeferino, escusado será dizer, havia votado em Vale e Azevedo uns meses antes. E, quando Vilarinho venceu, chateou-se. Indignou-se um pouco, José Zeferino. Mas apoiou a partir desse momento, Vilarinho. Hoje, José Zeferino apoia Luís Filipe Vieira e anda cansado com os extremismos dessas pessoas que são muito extremistas.

Ricardo disse...

- Um Presidente que, em eleições, não vai a debate porque acha que não tem de explicar o seu projecto (qual projecto?) e porque os outros candidatos só o querem atacar;
- Um Presidente que, cavalgando a excelente época 2009/2010, decide mudar os estatutos para uma blindagem completa no poder;
- Um Presidente que não cumpre estatutariamente os requisitos para ser Presidente;
- Um Presidente que foi, durante décadas, amigo pessoal de Pinto da Costa e com ele festejou golos do Porto contra o Benfica;
- Um Presidente amigo pessoal de Joaquim Oliveira, Salvador e Pinto da Costa (até ao nefasto desenlace);
- Um Presidente que, após ver a equipa ser insultada, apedrejada, humilhada em Braga, vem dizer que o Presidente Salvador é muito seu amigo e atira, pouco tempo depois, o plantel em estágio para... as instalações do Braga;
- Um Presidente que apoiou para a Liga um corrupto do Apito Dourado;
- Um Presidente que apoiou "inequivocamente" para a Federação um corrupto do Apito Dourado;
- Um Presidente que, ao ganhar as eleições, manda para o caralho os que nele não votaram;
- Um Presidente que vai para as Assembleias-Gerais com um ar de enfado ou gozo, olhando a maior parte do tempo para o telemóvel;
- Um Presidente que vai para as Assembleias-Gerais prometer aos sócios que dele discordam que "lá fora" falam, com um ar arruaceiro, enquanto aponta para a sua equipa de seguranças;
- Um Presidente que, em 12 anos no Benfica, ganhou... 3 campeonatos. O primeiro dizendo que não devia ter sido ganho; o segundo dizendo que foi demasiado festejado e que por isso a época seguinte ficou logo estragada;
- Um Presidente que, desde que entrou no Benfica, promete coisas que não cumpre, aparecendo depois prometendo outras coisas que também não cumpre, mentindo descaradamente aos sócios e adeptos do Benfica, sem sentir qualquer tipo de vergonha na cara;
- Um Presidente que encheu os cargos de poder no clube com adeptos de outros clubes;
- Um Presidente que é sócio do Porto há mais anos do que é sócio do Benfica;
- Um Presidente que é o Presidente que mais Campeonatos perdeu da História do Benfica;
- Um Presidente que, à mínima contestação, decide lançar epítetos sobre os benfiquistas que o criticam e atira a poeira Vale e Azevedo para cima deles;
- Um Presidente que só pode comparar-se com Vale e com Damásio (que hoje é seu grande apoiante) porque sabe que com todos os outros fica exposto de forma evidente ao ridículo;
- Um Presidente que recebe o Proença no Seixal e, diz ele, adora as lições que o árbitro deu aos jogadores;
- Um Presidente que, quando o clube perde o Campeonato, diz que não dá pontapés na bola e que, quando o clube ganha o Campeonato, aparece em todo o lado com ar vitorioso, cavalgando a onda;
- Um Presidente que só escolhe para as suas equipas subissmos capazes de fazerem o jogo sujo da propaganda mais baixa: seja na BTV (que tornou a sua televisão e não a televisão do clube), seja nas redes sociais...

... é um Presidente que tem de ser combatido por qualquer benfiquista. Não combater esta miséria, é dormir mal. Não combater esta miséria, é ser anti-Benfica.

Eu também gosto de croquetes, mas não há melhor croquete que os da Dona Adérita ali no café «25 de Abril» no largo central de Cabanas. Como tantos que deixo de precisar de mais croquetes noutros quaisquer lugares

Ricardo disse...

(correndo o risco de alguém ver nestes comentários um ataque ao Vitto Cabelo (leitores avulsos de Lemos, Guachos, Benfiliados ou outros quaisquer mentecaptos de semelhante igualha), merece o esclarecimento: o que aqui foi dito por esse vosso "abutre" pretende explicar que é o Benfica o que está à frente de tudo, não pessoas ou publicidades ou abusos de menores.

Caramba, eu e o Vitto conhecemo-nos há muito tempo. Desde as nossas promiscuidades homossexuais num qualquer lagar de azeite em Abrantes. (Vitto tem boa sucção ao ar livre)

joaoc disse...

estou contigo!

Fernando Tomás disse...

Um presidente que há muito podia ter colocado um processo disciplinar que conduziria inevitávelmente à expulsão de malcriados como Ricardo e em vez disso perante criaturas que raramente fazem outra coisa sem ser desprestigiar o nome do clube apenas os mandou ir para o sitio gostam.
Muito fraco como ditador o Luis F Vieira!

Vitto Vendetta disse...

Ricardo, amor, se passares os olhos com atenção no texto percebes que refiro o teu blog como aquele que não se deixa levar pelo ego do like, mas sim pelo Benfiquismo.

Entendo que não tenhas reparado, porque a genialidade deste novo layout não permite distinguir claramente as palavras linkadas, mas está lá, e sempre esteve desde a hora em que o texto foi postado.

Quanto ao que argumentas de seguida, tens a tua razão, é o teu ponto de vista, e se tiver de escolher algum dos pontos que referes, não consigo. Aqui não é um espaço para verdadeiros benfiquistas, é um espaço para vândalos (nós já éramos talibans antes de ti, por isso respeito ao pau, sff) do teclado, que é, na minha opinião, o que mais falta à blogosfera tuga.

Também não quero disfarçar nada, só estou é fartinho desta merda, e de ler sempre as mesmas coisas.

Mas, como é óbvio, não deixo de subscrever a crítica que fazes em relação ao resto, especialmente aos pontos enumerados sobre o presidente, que já eu os conheço de cor, e que, penso eu, a maior parte dos leitores também, e mesmo assim o gajo ganha sempre as eleições. Que fazer? Tu preferes continuar a tentar fazer do Benfica um local mais democrático, que é o que sempre foi (ou quase), e eu prefiro continuar a fazer do Cabelo um local onde as pessoas se possam rir um pouco, como sempre foi (ou quase).

Abraço, e um concelho ao pessoal: quando beberem azeite, pensem duas vezes o que é que anda lá por dentro :D

Vitto Vendetta disse...

conselho* (já nem me reconheço)

Um Zero disse...

Um gajo que não deixa os outros comentar o seu blog a mandar bitaites sobre democracia, muito bom!

Germano Bettencourt disse...

Eu também não sou carne nem peixe, sou Benfiquista. Às vezes gostava de ler no Ontem outro tipo de post, e apesar de não ser extremista, gosto de ler alguém me me mantenha alerta, e por esse lado, obrigado. Quanto ao Cabelo, gosto dele por este lado despreocupado, mas também ele Benfiquista puro, com o qual me identifico.

Mas claro, vocês estão-se a CAGAR para o que penso, e eu acho muito bem.

Abraço

xuto na xinxa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Vitto Vendetta disse...

Não soubesse eu que és um monte de merda, até te deixava passar o comentário.

Señor B disse...

Ricardo,

O Rui Faria já chegou?

AntiPorko disse...

És mesmo muito parvo, ou só fazes de conta?