Enguiço desfeito, liderança reforçada


A cidade capital europeia do Desporto recebeu ontem o Guimarães x SLBenfica em jogo a contar para a 23º Jornada da Liga Zon Sagres. De frisar que há 2 épocas consecutivas que o Benfica não vencia em Guimarães, desta feita desfez o enguiço e conquistou 3 importantes pontos na caminhada rumo ao 33º
O Benfica entrou no D. Afonso Henriques com o objetivo de ganhar terreno ao rival à conquista do titulo, FCPorto, que tinha acabado de empatar a uma bola diante do Marítimo. Contudo foi o Guimarães a entrar melhor no jogo.  Os comandados de Rui Vitória entraram a exercer pressão, criando bastantes dificuldades aos encarnados, sobretudo na primeira parte, mas ainda assim foi o SLBenfica que chegou primeiro ao golo. Lima é derrubado em falta na área por EL Adoua e Paulo Batista assinalada grande penalidade. Cardozo não perdoa e faz o primeiro da noite. O paraguaio já leva 16 golos marcados e nenhum penalty falhado no Campeonato Nacional.
A goleada foi construída no segundo tempo após expulsão de Kanu por duplo amarelo. O Benfica cresceu ao invés do Vitória que reduzido a 10, viu dificultada a tarefa de continuar a exibição do primeiro tempo. Pouco depois da expulsão, Gaitan cruza e Garay, num golo de belo efeito, diga-se ‘à ponta de lança’ faz um chapéu a Assis.
Com dificuldades o V.Guimarães atacava sempre que conseguia, tendo uma soberana ocasião de golo, mas Amido Bale, por duas vezes não conseguiu bater Artur. Ora, quem não marca sofre. Depois de uma assistência de Enzo Perez, Salvio faz o 3º e resolve o jogo. Nos descontos ainda houve tempo para Rodrigo – entrou para o lugar de Lima – consolidar a goleada.
Vitória indiscutível dos encarnados, talvez por números exagerados, sobretudo pela réplica dada pelo Guimarães na primeira parte. 

9 comentários:

Daniel disse...

Amido Bale? Isso queria ele, só jogar 1/5 do que joga o Bale...

:)

Pedro Silva disse...

Habemus Dina!
Bem Hajas :)

DeVante disse...

E o Valdemar não vai escrever nenhum post sobre as "provocações" do Cardozo à claque vitoriana? Não?
Não há direito!

Valdemar Iglésias disse...

De Vante, para quê?

Cada post meu arranca dezenas quando não centenas de comentários.

Também gosto de deixar os meus camaradas encarnados brilharem um pouco aqui no blog...

Embora, como é fácil de comprovar, a lampionagem goste é de ser maltratada.

O que explica a razão de amor/ódio, mas certamente de muita tesão, com o FC Porto, e mais precisamente, o seu presidente Pinto da Costa.

Um forte abraço.

P.S.: Cardozo, ao provocar a claque vitoriana daquela forma, não os desrespeitou mais do que outras vezes os seus próprios adeptos...

Kiddo! disse...

Valdemar, alguma vez te mandaram pó caralho?! E pro caralho?!
É que desta vez podes ir-te foder mesmo!

LDP disse...

"Embora, como é fácil de comprovar, a lampionagem goste é de ser maltratada."

Diz o homem que escreve posts com o olho do cu e que depois vem espreitar a caixa de comentários pejada de bocas e "ensinamentos" a ele direccionados, respondendo com singelos: "só são capazes disso, seus taxistas?"

A sério Valdemar, tu arranja uma gaja que o teu mal é falta de xota.

DeVante disse...

Eh pah, és capaz de ter razão e este blog sem ti não tinha a mesma piada.
Eu gosto dos teus posts, aliás, gosto de ver as coisas "pelo outro lado", nem que seja para me sentir ainda mais feliz por ter escolhido "este" lado da barricada.

A vida é assim, uns são bafejados pela sorte numas coisas, outros noutras coisas. Em matéria de clube, e por aquilo que leio nesta blogosfera fora e na net no geral, dou graças a Deus por ter nascido benfiquista.

Roberto Rensenbrink disse...

Vai lá pintar os mastros, rapariga!

Qt ao Cardozo, o gajo limitou-se a mandá-los para a PQP, após o rebentamento do «n» petardo.

P.S. A propósito de petardos, parece que a UEFA se prepara para nos castigar a sério se ultrapassarmos o New Castle. É muito bem feito para a direção do SLB, que é incapaz de deter a meia dúzia de criminosos que insiste na palermada.

Eurico Ricardo disse...

Tenham calma por amor de Cardozo, lembrem-se do que sucedeu no ano passado: o penalty do Aimar em Coimba, o golo do Maicon, a expulsão do Aimar em Olhão, o penalty do Wolfs coiso no Campo Grande, and so on. A ver vamos. Benfica Sempre.