Muito ano a bater palmas

Quem viu o Patrício a rir-se no início do encontro só podia pensar "vais alombar tantas", daí eu afirmar desde já que isto da justiça divina é uma bela treta. Isto da justiça divina é uma bela treta, e o Benfica que começou o jogo fez-me logo ter a certeza que marcávamos dois golitos e ficava tudo resolvido. Depois da magia do 1-0, veio o meu primeiro calafrio, foi minutos depois, quando o Lima não passou a bola, e falhou um golo certo. Aí, caiu-me logo a secura, e parei o gozo. Ao Artur parou-lhe o cérebro, e já nem eu tenho sequer coragem de o defender, porque a culpa foi toda dele.

Achei por bem ser ele o titular, entendo perfeitamente a opção de Jesus, mas, porra Artur, queres jogar ao mata ou quê? Ainda por cima nem mandaste a bola com força, para ao menos aleijar o gajo. Enterrei as mãos na cabeça e foi assim até final, olhando para a bola que não entrava, e para um Patrício da seleção, que mamava uns 8 hoje, a reagir ao primeiro golo onde foi mal batido, com muita seriedade. Mas não deixa de ser uma merda. Outro que é uma merda, mas não como jogador, sim como pessoa, é o Adrien, o novo simulador da nintendo. Nem lhe tocaram, agarrou-se a tudo o que podia e ao que não podia. E os meus amigos verdinhos bateram todos palminhas, contentinhos, que bonitos e educados que eles são a partilhar videos do Artur a atirar-se para o chão, ai que lindos. Panisgas.

Mas ainda nas palminhas, achei piada ao Jesus estar a bater palmas, conforme o chorrilho de falhanços de Lima e Talisca prosseguia. Jota Jota, já lá estavam 60 mil a dar apoio, tu não precisavas de o dar, precisavas era de mexer no raio da equipa. É já habitual no nosso treinador o bater de palmas enquanto o cronómetro anda. Foste casmurro, como sempre, mas um gajo tolera. Que remédio. O que fica no final é uma boa oportunidade de continuar colado ao Porto, mas também é verdade que já fizemos dois dos jogos mais difíceis e ainda estamos bem na luta, mas isto, caralho, era para ganhar.

Temos 24h para arranjar um avançado de topo, e espero que Júlio César esteja à altura (e que Artur aguente bem o banco).

PS: O pessoal do Sporting, de facto, perdeu muito em exigência, quando se dão por felizes com este empate.

PPS: Regozijo o primeiro livre em condições do Talisca. Bravo. À milésima vez, lá mostrou o que certamente tem feito nos treinos (presumo eu), tipo o papagaio que gritava Oh Ah Cantona quando estava com o dono, mas quando iam filmar para a tv, nada.

PPPS: O Eliseu no ataque é o novo Isaías. Chuta canhão, mas para onde está virado. Que marque muitos, como o Profeta.

9 comentários:

Diogo Costa disse...

Foda-se, esperava mais de si.
1) Quem o ouve, pensará que o Sporting foi lá para marcar o golo. Tudo o resto que se seguiu na primeira parte não conta para análise.
2) Quem o ouve, pensará que o Benfica carburou a segunda parte toda, quando foram 15 a 20 minutos de sufoco, sim, com 3 oportunidades claras de golo do Benfica, mas os restantes minutos foram equilibrados. É demais pensar que o resultado justo ao intervalo teria sido o Sporting ter saído a vencer, pelo que fez? Claro que é. Somos melhores, assim e assado, e o que os outros falham ou deixam de falhar, não conta para análise.
3) Quem o lê, pensará que aquele lance do Slimani no final, com o Artur a redirmir-se, não conta para análise.
4) "PS: O pessoal do Sporting, de facto, perdeu muito em exigência, quando se dão por felizes com este empate." Isto é o que dá. Escrever merda por escrever. Disse-o porque fez a análise de conteúdo nos blogs leoninos, ou apenas para mostrar que nem empatar sabe, desatando a bater naquilo que não sabe? Faça uma volta pelos blogs leoninos e veja se o empate não sabe a pouco. Se não estiver para fazer a ronda pelos blogs leoninos, então não escreva merda só porque sim. Ou então escreva a merda que quiser, com a adenda que diz que "se habilita a escrever toda a merda que lhe apetece".
5) Esta ideia de que o Patrício é uma merda, está ao nível de um Calado a comentar futebol. Caculo que seja engraçado disparar este tipo de coisas, mas dizê-lo com tanta convicção, dá-lhe a certeza de ser um pateta. É guarda-redes e dá os seus frangos. Até o Neuer já os deu. O Rui não deixa de ser um excelente guarda-redes, pelas bolas que salva em frente a atacantes.
Isto é atirar barro à parede a ver se cola.
6) A fantástica ideia de que o Sporting nem ao pior Benfica da década consegue ganhar. A minha resposta é: uma equipa que continua com Gaitan e Enzo no onze, está "muito mais fraca" em quê? Mais fraca por ter o Salvio na vez do Markovic? Só se for por ter um Talisca a tirar lugar a um Rodrigo, porque de resto. O Jardel não complicou. O André Almeida hoje parecia um jogador de futebol (acho que é a grande notícia da noite). O Eliseu pior do que o Djavan ou o Emerson? Ou até do que o Siqueira? Hoje a barriga não lhe pesou. Portanto, muito mais fracos em quê?

Para alguns de vocês, faria bem ter ouvido as palavras do Gaitan no final. "Não, penso que é justo, porque do outro lado esteve uma excelente equipa com os seus momentos de perigo". Algo assim.

Diogo Costa disse...

7) Engraçado que não se lembraram nunca de dizer que o facto do Benfica ter estado sempre melhor do que o Sporting, nos últimos derbys para o campeonato, foi sempre mérito do Benfica e nunca demérito do Sporting, por ter tido sempre nestes anos equipas pouco competitivas.

Gerimbeco disse...

Depois de ler tanto lagarto com tanta azia, até parece que vi outro jogo...

Alberto disse...

Basta ver o resumo para perceber quem seria o justo vencedor do derby. Mesmo assim, o sbordem teve melhor do que nos ultimos anos, ate pq agora tem um treinador de futebol a serio.

Patricio e um bonzinho, e nao passa dai.

Quem segue os jogos do AAlmeida sem palas, consegue perceber que este jogo nao e surpresa nenhuma.

Pedro disse...

Se formos empatar a Nou Camp não ficas contente?

É igual para os lagartos.

Ontem, com Cardozo, qual seria o resultado?

LDP disse...

Pedro, com Cardozo não sei qual seria o resultado.

Mas com Oblak sei...

pitons na boca disse...

Lamento, mas a era de Artur no Benfica já acabou há uns meses. Hoje foi mais uma prova cabal do mesmo e passo a explicar (antes que me cortes o pescoço :) ).

Muito para além do erro no golo esverdeado, Artur nunca conseguiu mostrar à equipa que na área mandava ele.
Em praticamente todos os lances de cantos, Artur andava perdido e o pânico era evidente.
E, o pior de tudo, fiquei com a ideia de que o Marco Silva não é burro nenhum e deu ordens claras para que, cada vez que a bola fosse atrasada ao Artur, houvesse alguém a pressionar à força toda, precisamente por causa do mesmo: Artur não dá confiança ao resto da equipa e tem o efeito contrário nos adversários, que espera a qualquer momento que o Artur fraqueje. Infelizmente, quem devia dar o toque de ordem para desfazer essa ideia nos adversários, é o próprio Artur e ontem provou, por mais que uma vez, que já não consegue transmitir essa ideia de domínio da sua área. a segunda metade da primeira parte foi maus demais, por muito que se goste do Artur.

Vermelho disse...

Vermelho directo para o director do Record. Aqui.

Vitto Vendetta disse...


O Diogo Costa, honestamente, não sei onde é que leste essa merda toda que praí analisaste. Pareces o Hermano Saraiva a analisar um cagalhoto fossilizado como se fosse uma escultura manuelina.

Vermelho, já te topei, e não gostei.