Politica de transferências, formação, Vieira, Jesus

Transcrevo aqui um comentàrio feito numa longa discussão motivada pelo Pedro Carmo (que muitos jà conhecem destas lides) no facebook. Ao comentar, não tive a ambição de resumir o meu pensamento sobre a politica de transferências do Benfica nem fazer um julgamento de valor sobre o trabalho do JotaJota, mas foi isso que acabei por fazer. Partilho convosco o meu comentàrio tal qual o escrevi, sem mudança alguma (por esse motivo, com algumas ideias demasiado superficiais para a importância do assunto, mas que penso serem legitimas). Acima de tudo e todos, hoje e sempre, Sport Lisboa e Benfica!


"Grande discussão que para aqui vai! Quente e apaixonada como não podia deixar de ser tratando-se do Benfica. Ora, aqui fica a minha opinião sobre alguns pontos abordados :

1. Cristante : Não vou julgar o seu valor pois pouco conheço dele. Contudo, pel
a reacção dos media italianos e dos adeptos milaneses à sua saida de Italia, parece tratar-se de facto de um bom jogador. Se de facto for esse o caso, não tenho nada a apontar à Direcção. O Benfica precisa de bons jogadores venham eles de onde vierem, falem eles a lingua que falarem.

2. A formação : Não posso deixar de considerar hipocrita a posição da Direcção sobre a formação. Não tolero todos os discursos de Vieira sobre a formação para depois ver a realidade de dezenas e dezenas de jogadores contratados a 1, 2, 3 ou 4 milhões de euros . A culpa não é toda do Jesus. Também é do interesse da Direcção que quem ela contrata por estes preços seja valorizado. Parece-me obvio que a Direcção tenha mais "paciência" com a evolução de um Talisca que custou 4M do que com um miudo da formação.

3. Ainda a formação : com isto não quero dizer que Jesus não tem poder sobre o plantel. Antes pelo contràrio, tem-no e em demasia (é um dos erros na estrutura do Benfica). E sim, é um facto que Jesus tem mais "paciência", também ele, com certos jogadores que curiosamente não vêm da formação. Insisto na mesma pergunta do Pedro : tendo em conta o actual plantel do Benfica, serà que não existem miudos da formação melhores que certos jogadores que por là andam? Se não são melhores, pelo menos com o mesmo valor? Se não têm o mesmo valor, pelo menos com o mesmo potencial? Por que razão não lhes é dada a mesma"paciência" que a outros?

Muitas vezes vejo o argumento "ah e tal! O Rui Costa também foi emprestado ao Fafe". Este é claramente o argumento de quem não tem argumento : é um argumento "absurdum". Nunca li ninguém dizer que a formação do Benfica està cheia de Rui Costas. Mas, volto à minha ideia base : serà que é preciso ter o valor do Rui Costa para ter mais oportunidades que Jaras e companhias? Claramente, não!

4. Sobre o Jesus : para mim é claramente um treinador sobrevalorizado por uns e subvalorizado por outros. Jesus é um bom treinador que obteve resultados bons num Benfica com os melhores recursos financeiros e humanos na sua historia. Jesus podia ter conseguido muito mais. Tinha meios para isso. Não o conseguiu nem internamente nem na Europa. Internamente precisou de 5 anos para ganhar 2 Ligas (tendo o melhor plantel em 4 desses 5 anos), precisou de 5 anos para ganhar uma Taça de Portugal (penso que aqui a dimensão afectiva condicionou o seu trabalho). Na Europa, apenas por uma vez passou a fase de grupos da Champions, competição na qual o Benfica tem por vocação chegar regularmente à fase de eliminação directa. Compensou estes constantes fracassos na Liga dos Campeões com excelentes participações na Liga Europa.

Sobre a Champions, não penso que a culpa seja exclusiva ao Jesus. O facto de nunca o Benfica ter o plantel fechado, nem perto disso, jà com a época a decorrer implicou muitas vezes (como nesta época) fazer a pré-época jà com jogos oficiais, o que condiciona directamente as exibições na Champions e justifica as eliminações em grupos claramente acessiveis.

Para concluir sobre Jesus, treinador bom, portanto, mas como ele existem vàrios. O que teria feito Fernando Santos com os meios que Jesus teve? Ou ainda Koeman que, também ele, chegou aos quartos da Champions eliminando Man United e o detentor do trofeu Liverpool? Não sabemos, é entrar no dominio da especulação. Como é igualmente especulativo considerar que o Benfica vai sofrer com a saida de Jesus, que serà o deserto de titulos. Haverà um periodo de instabilidade, parece evidente : é o normal quando uma personalidade forte no "poder" hà largos anos vai embora. Mas pensar que isso vai resultar na ausência de titulos não pode ser senão a reacção, bastante humana, de quem prefira por hàbito o conhecido, mesmo se ele não é excelente, ao desconhecido. Porque, se formos a ver bem as coisas, podemos dizer que Jesus teve maus resultados e bons resultados, mas nunca, se quisermos ser objectivos, que o seu trabalho foi excelente.

E pronto, o comentàrio jà vai longo, mas não resisti. Esta é a minha opinião, opinião de adepto sem investigações jornalisticas nem cientificas. Contudo, fica aqui publicado. Por muita idiotice que o meu comentàrio possa conter, uma coisa é certa : não me vou autocensurar, não vou apagar o meu comentàrio e depois culpar fantasmas facebookianos..."

11 comentários:

Korapilo disse...

Nesta merda toda o benfiquista pensa, a maioria fala sobre e muito poucos acertam porque só quem vive no convento sabe o que lá vai dentro.

Acho que é uma análise porreira, falta um pouco de sal, mas a textura está boa.

Segundo percebi da tua posta o Jesus mete-se nos bicos dos pés porque podia e devia ter feito mais. E tem falta de paciência / tolerância com jogadores da formação.

A mim parece-me que tem havido um trabalho de sustentação na formação. A equipa príncipal tem certos "standards" e são os jogadores que saem da equipa B que têm de ir ao encontro desses "standards" e não ao contrário.

Da geração do Nelson Oliveira, David Simão, etc. nenhum vingou no Benfica mas também não vingou em qualquer outro clube de gabarito. Mas com o passar das épocas tem-se assistido a uma evolução dos atletas por nós formados, como o André Gomes, Ivan Cavaleiro e Cancelo) (ATÉ VER). O trabalho parece estar a ser bem feito lá embaixo. Se calhar falta qualidade individual aos atletas mas se forem trabalhadores a algum sítio hão-de chegar.
Agora outra porra é esta: se o Jesus acha que nenhum jogador da formação tem o "standard" que ele entende, mas um qualquer Patric, Luís Felipe ou Keirrison consegue dar mais garantias que o Cancelo, Bernardo Silva ou Ivan. Porque como ele diz do Ruben Amorim: "há que ter conhecimento tático" e esses miúdos terão mais que alguém vindo de fora.

k disse...

Basta ganhar para sermos campeões...

e a jogar assim terão que anular muitos golos e não marcar muitas faltas para nos tirarem o titulo.

nem com bois de preto que se dizem vermelhos mas uns troca tintas como se veu ,nos tiram o sono..

formação !
mas quem disse que o S.L.Benfica não tem formação .
isso era a dez anos atras agora? vemos putos maravilha a jogar no caixa futebol campos. porra.

se vocês criticam o artur por dar uma fifia ou outra imagine um treinador portugues no desemprego a dizer que o miudo portugues ANDRE a jogar no meio campo do Benfica não e jogador para o Benfica EM q ficamos sr das uvas e dos bombeiros de setubal .

TM2C10 disse...

E é assim que querem reduzir o numero de gostos??? LOOL...

Grande resume REAL e não especulado do que é o Benfica... exceptuando a parte da formação onde há diferentes leituras do que se diz "aposta na formação"... o resto está perfeito e REAL... podem haver diversas opiniões, mas contra factos não ha argumentos, especialmente quando falamos de JJ... um treinador bom, mas super sobrevalorizado!!!

Em relação às varias leituras de "aposta na formação", se for verdade que o Benfica vendeu Cavaleiro, Bernardo e Cancelo por 45M e a isso juntarmos outros 15M em André Gomes, acho que é claro que a aposta na formação está a dar resultados... pode é não ser a aposta que nós queriamos, mas isso é outra conversa... agora um clube que encaixa num ano 60M com miudos da formação, acho que fica bem patente a qualidade e a aposta na mesma!!! A jogarem ou a serem vendidos, o objectivo é semrpe o mesmo, tornar o Benfica melhor e mais forte... se com esse dinheiro conseguimos comprar outros, formados noutras paragens, mais baratos e com qualidade igual ou superior, então não vejo porque não chamam de aposta forte na formação, pois de facto é. Tão forte que dá frutos. Repito, não dá é os frutos que os adeptos querem... mas os adeptos têm de começar a entender que nem tudo é feito para se perceber, nem para ter sentido, mas sim para resultar!!!

Saudações Benfiquistas!!!

k disse...

O meu coração só tem uma cor: Vermelha!! E é essa cor que eu apoio sempre. Os outros? Que se lixem!!!!

David Duarte disse...

Korapilo

"o Jesus mete-se nos bicos dos pés porque podia e devia ter feito mais. E tem falta de paciência / tolerância com jogadores da formação."

Não estou no julgamento de valor da pessoa Jesus. Isso jà não me preocupa. Ele é o que é com o bom que isso tem, mas também com o mau. Contudo, não vai mudar e quem somos para dizer que alguém tem de mudar de caracter? Não é isso que està em causa. O julgamento de valor é sobre o seu trabalho que é isso que nos interessa em primeiro lugar.

Sim, concordo que o trabalho de formação tem melhorado a olhos vistos nos ultimos anos. Por outras palavras, a base està a trabalhar bem. Contudo é necessàrio que o topo faça o mesmo e a verdade é que, se Jesus tem a desculpa de estar pressionado pela necessidade de resultados imediatos e assim preferir jogadores mais maduros (mas serà que têm qualidade?), jà o Vieira... qual é a desculpa dele para as dezenas de discursos sobre a formação e depois validar uma politica de contratações que deita por terra o trabalho da base?

k.,

tens que clarificar melhor as tuas ideias ou então melhor comunicà-las. Não percebo onde queres chegar.

TM2

"se com esse dinheiro conseguimos comprar outros, formados noutras paragens, mais baratos e com qualidade igual ou superior, então não vejo porque não chamam de aposta forte na formação"

Pois, aqui é que a porca torce o rabo : é que os casos onde os jogadores contratados são efectivamente melhores que os da formação são excepcionais no meio das dezenas e dezenas que chegaram ao Benfica e alguns que nem vestiram a camisola do Glorioso.

Mas sejamos praticos. Em vez de pensar em termos gerais, tomemos o caso concreto desta época. Por que razão um Jara tira o lugar (no onze e no banco) a um Rui Fonte ou Nelson Oliveira? Serà que é melhor que estes dois? Sinceramente, parece-me que não.

Serà que o Talisca é melhor que Bernardo Silva ou Teixeira? (estou a ir depressa porque as funções e caracteristicas de cada um variam) Não estou a dizer que o Talisca não tem potencial. Estou a dizer que o Bernardo e o Teixeira têm, pelo menos, tanto potencial como o Talisca. Por que razão o Talisca merece a paciência da evolução e estes dois não? E sobre o plantel deste ano nem vou falar das contratações ridiculas (que muitas houve...)

Ricardo disse...

Relativamente à formação, não percebo a "aposta na formação" quando as camadas jovens e equipa B utilizam um sistema de jogo diferente da equipa principal. Isto torna possíveis adaptações à equipa principal mais complicadas (o Cavaleiro (ou o Hélder Costa, por exemplo) jogam como extremos num 4-3-3, com exigèncias completamente diferentes do 4-4-2 (ou agora 4-4-1-1) do JJ.

Uniformizar táctica e formação é urgente.

Depois, casos como o Kevin Friesenbichler. Como é que ele não merece uma oportunidade na pré-época? Foi para o Gdansk e marcou na estreia... Sem comentários.

Victor Andrade, o novo Neymar... Onde anda?

Odeio dar exemplos com os de lá de cima.. Mas vejam o Ruben Neves. Um jogador com potencial inserido na equipa principal (especialmente quando a mesma está estável...) tem tudo para servir como teste às reais capacidades de um jogador. Não é com jogos na Taça contra equipas menores, em que se roda a equipa toda, que podemos aferir a qualidade dos jovens do Benfica.

David Duarte disse...

"Não é com jogos na Taça contra equipas menores, em que se roda a equipa toda, que podemos aferir a qualidade dos jovens do Benfica."

Esta é outra... Lembras-te dos jogos do Bernardo Silva e do Helder Costa no ano passado? A entrarem a 15 minutos do fim e a sentirem a pressão de ter que mostrar nesses 15 minutos o que outros podem mostrar numa época (acabando por não mostrar nada)?

Sim porque com com o Jesus (como o Cavaleiro disse... e ele nem é dos que pode falar muito) todos os putos sabem que andam sobre brasas, que se não mostram a 15 minutos do final do jogos que podem ser os melhores do mundo nas suas respectivas posições, então é provavel que nunca mais joguem na A...

Unknown disse...

David Duarte, não consigo deixar de notar que a tua opinião é um pouco enviesada pela tua ideia do que é o carácter do JJ. Na parte que achas que ele dá mais opções aos putos estrangeiros do que aos tugas. Tirando o caso do Bernardo, que eu acho que tem bastante potencial, não acho que ele tenha apostado em putos estrangeiros que tenham sido piores que putos portugueses. E a questão do Bernardo tolero, já que a minha capacidade de avaliação dos jogadores será infinitamente inferior à do JJ, tal como a tua.

Depois a questão dos campeonatos. Vamos lá ser honestos, o JJ ganhou quando teve a melhor equipa, e perdeu quando não. É assim tão difícil avaliar positivamente os jogadores do FCP? Eu também critico que na champions ele tem falhado, mas fds, é a champions.

Do resto, a questão do "poder" do JJ na estrutura. Quais são os poderes dele para além de treinar? Isto é mesmo uma questão honesta.

Em relação ao Vieira e à aposta, tens razão. Não se pode andar a dizer que vai apostar forte na formação e depois não aposta.

Unknown disse...

David Duarte, não consigo deixar de notar que a tua opinião é um pouco enviesada pela tua ideia do que é o carácter do JJ. Na parte que achas que ele dá mais opções aos putos estrangeiros do que aos tugas. Tirando o caso do Bernardo, que eu acho que tem bastante potencial, não acho que ele tenha apostado em putos estrangeiros que tenham sido piores que putos portugueses. E a questão do Bernardo tolero, já que a minha capacidade de avaliação dos jogadores será infinitamente inferior à do JJ, tal como a tua.

Depois a questão dos campeonatos. Vamos lá ser honestos, o JJ ganhou quando teve a melhor equipa, e perdeu quando não. É assim tão difícil avaliar positivamente os jogadores do FCP? Eu também critico que na champions ele tem falhado, mas fds, é a champions.

Do resto, a questão do "poder" do JJ na estrutura. Quais são os poderes dele para além de treinar? Isto é mesmo uma questão honesta.

Em relação ao Vieira e à aposta, tens razão. Não se pode andar a dizer que vai apostar forte na formação e depois não aposta.

Bruno Chaves disse...

A formação é das coisas mais badaladas nos ultimos tempos, e é falada porque estão a surgir "miudos" com talento. Talento não chega para ser craque. Quanto tempo demorou o Fabio Coentrão e o Di Maria para explodirem? Quero dizer com isto que se formos pelo lado de ok, eles vão emprestados, vão ganhar andamento e voltam mais experientes, é excelente. Pelo lado de vão e não voltam, e se não voltarem ganhamos 15M em cada um, também pode ser visto como uma boa aposta na formação. Agora o calcanhar de Aquiles, as contratações despropositas e que ninguém entende que num clube como o nosso Benfica compra o Djavan e depois vende, ou então compra e empresta. Para não falar de nódoas como Luis Filipe ..isto é que me irrita mesmo muito!

Acho que este ano em termos teoricos o plantel está mais fraco, no entanto, vamos ver na prática.

O JJ não é o melhor do Mundo, mas está no TOP! Eu nasci em 1976 e sempre acompanhei de perto o nosso Benfica, e garanto-vos, eu nunca vi o meu Benfica a jogar tanto á bola como com este treinador. Ele não é perfeito, parece-me que peca na gestão do plantel, principalmente no ultimo terço do campeonato, mas o ano passado melhorou e trouxe um triplete ao qual juntou agora a Supertaça, e não ganhamos as duas finais porque o campo estava bastante inclinado, senão..

Somos os Maiores! Abraços pessoal!

Luis Marques disse...

"Vamos lá ser honestos, o JJ ganhou quando teve a melhor equipa, e perdeu quando não." É pá não brinquem... O Jesus teve melhor plantel que o Vítor Pereira dois anos seguidos e mesmo assim perdeu os dois...