Alô! Podem parar de bater na seleção, fáxabori!

É que já mete é nojo.

Eu sei, eu sei, se fosse o JotaJota tinha entrado ontem com a equipa B, poupando os melhores para o resto do campeonato, mas não é o JotaJota porque o JotaJota é do Benfica.

Isso também serve para vos explicar porque é que o Ronaldo não deu o seu máximo. Acham mesmo que valia a pena dar o máximo quando se está a perder 3-0 ao intervalo com uma equipa 20x superior à nossa em habilidade, estrutura e inteligência? É o primeiro jogo, senhores, e faltam dois muito mais importantes, para os quais alguns dos nossos jogadores se guardaram. (Vai-te foder, Pepe maluco do caralho. és burro mas ao menos és um mito)

Mas e agora? Perdemos 4-0 e o Ronaldo já não é o melhor do mundo? O Moutinho já não é o super craque que teve uma época apagada por causa da lesão do Falcão? Sr. Jesualdo Ferreira já percebeu que afinal a Alemanha tem jogadores fantásticos? (a sério, quem o ouviu antes do jogo a minorizar (MENORIZAR, caralho, aprende a escrever) a equipa alemã, só deixou vontade de lhe partir aquela cremalheira com uma soca de Penafiel). E quem ouviu outros comentadores a dizer que a Alemanha já não tinha figuras importantes desde Klinsmann (A sério?????????) treinadores da 1a liga a dizer isto. Foda-se. Vou começar a dedicar-me a mandar bitaites no basket, que esta merda de profissionais do bitaite em portugal anda com muito baixo nível.)

Por falar em baixo nível.

Hoje passei num quiosque, e deitei a minha habitual leitura diária às capas dos jornais (gosto de as ver alinhadinhas, à minha frente), e confesso que fiquei um pouco espantado com o tratamento dos jornais à nossa seleção.



Durante as últimas semanas, com maior incidência nestes últimos dias, assistiu-se ao desfilar das coisas mais ridículas que o jornalismo televisivo pode fazer, onde se misturam com aqueles programas de merda que dão toda a tarde e que só servem para promover música pimba, gajas boas a dançar (algumas, outras nem tanto), e limpar o dinheiro no telemóvel aos velhotes (a sério que essa merda não é crime?).

A comunicação social levou a seleção ao colo, e não só, quis fazer dela o que ela não é. Não culpo ninguém da seleção por isso, pois as tvs entram neste modo sensacionalista patriota nestas alturas, e fazem merda atrás de merda, a pensar que estão a fazer algo em condições.

Há uns tempos, falava eu com o Dr Azeredo Lopes, ex chefinho da ERC (Entidade que regula a comunicação social em Portugal), e ele explicava-me que um jornalista desportivo (ou de qq área) nunca poderia referir-se a alguma equipa como 'nós' ou 'nossa', como acontece com a seleção portuguesa, porque deixa de ser jornalismo, e passa a ser uma pessoa com um microfone na mão. A nossa comunicação social tem sérios problemas em relação a isso, e com o avançar do tempo (e o aumentar de diretos de campinas), a coisa fica insuportável.

De qualquer forma, com esta derrota, e pelo que vi nas capas, essa merda tende a abrandar, e isso é bom para mim, que assim fico menos fodido quando vierem para casa.

Ao contrário do que por aí se lê, eu estou contente com Paulo Bento. Acho maravilhosos termos homens do futebol a comandar a nossa seleção (sim, Jorge Mendes bla bla bla bla pó caralho vós também), olhar para o banco e ver lá JVP e Paulo Bento, dois míticos dos anos 90, que merecem efectivamente lá estar, por tudo o que representaram para nós.

Quem tem ilusões de que Portugal possa vencer este campeonato do mundo, que as mantenha, porque esta foi só a primeira amostra, e se agora a comunicação social já virou as costas aos rapazes, entao agora é que eu Acardito mesmo. Acardito de caralho!

11 comentários:

Filoctetes Melibeia disse...

"Minorizemos", com efeito, este post...

Vitto Vendetta disse...

Caralho, bem apanhada. Mais uma em que nunca mais caio. Estes vícios :)

Pato Afonso disse...

Tu és é maluco!

Pato Afonso disse...

Mas gostei da ressalva (alerta) sobre o gamanço aos velhotes.

Nuno Silva disse...

concordo com quase tudo...

... este jogo é o menos importante dos 3, porque a Alemanha não é (como se viu) do nosso campeonato: tem 7 finais de mundiais e 3 títulos !

era o jogo para tentar não perder: não perder nenhum atleta para o segundo jogo, não perder moral, não perder entusiasmo e se possivel não perder por muitos golos ou até nem perder mesmo.

assim perdemos... perdemos Pepe e Coentrão, perdemos o jogo, perdemos moral e confiança, perdemos entusiasmo... só ganhamos alguma decisão para escolha do ponta de lança: é menos um logo mais fácil a escolha e dificil de errar de novo (desculpa H Almeida)!

discordo do jornalismo desportivo... acho que o desporto não é noticias ... é entretenimento, daí que os jornalistas não o deveriam ser e serem apenas apresentadores de desporto. acho até que nem deveria dar nos jornais ou telejornais, mas sim numa revista ou programa temático devidamente licenciado pela detentora dos direitos legais de imagem, e pago! à moda de alguns outros países

Luis Marques disse...

Eu adorei a capa do Jogo.
Portugal é sempre a mesma merda, só espero que alguém explique que se não ficarmos em 2º não há playoffs!

Unknown disse...

Não se queixem, depois de jogarem como jogaram contra a Grécia, passava pelas vossas cabecinhas Portugal ganhar à Alemanha?
Não se lembram do Unknown que disse que menos de 5 era um vitória? Pois, acho que foi empate...

David Duarte disse...

Ena!! Velho do Restelo, és tu? Tão ridicula quanto a pindeirice do ultimo mês à volta da selecção, que levou alguns a pensar que poderiamos ser campeões do mundo, é coisas do tipo "menos 5 é derrota".

Da mesma forma que, salvo um acaso, não seremos campeões do mundo, também, salvo acaso, não levariamos a porrada que levàmos ontem. Não temos equipa para sermos campeões do mundo, mas o resultado de ontem està muito longe de manifestar a diferença entre a Alemanha, que são efectivamente melhores, e Portugal.

Agora é como o boss disse. Temos dois jogos que ganhando nos dão a qualificação para os oitavos (caso a anormalidade dos EUA ganharem à Alemanha não acontecer). Temos mais do que equipa suficiente para ganharmos os dois jogos por muito dificeis que sejam. Contudo, se não houver uma mudança de mentalidade, é que nem vale a pena.

Porque o que ontem indignou-me não foi nem a derrota nem os numeros : foi a atitude de merda de jogadores que estavam bem e assim que levaram com o pau, nem se revoltaram nem nada. Foi como se nem valesse a pena jogar. Se esta atitude mudar, podemos fazer um mundial decente e chegar talvez aos quartos. Se essa atitude não mudar, então nem vale a pena chatermo-nos com isto.

LDP disse...

Porra, quando tínhamos Figo, Rui Costa, Paulo Sousa, JVP, Paulinho Santos e Secretário todos juntos nao ganhámos um chavo e ainda ha pessoal a falar em ser Campeão do Mundo com o Vieirinha e o Éder. Sem se rir.

Vai ser Brasil-Itália na final com o Pirlo a falhar o último penalty..

Unknown disse...

Ô David, mas tu achas que um grupinho de meninos mimados e mal comportados que representa o seu país da forma como o fizeram, que não respeitam a camisola que envergam, nem os portugueses (e outros) que os apoiam, merece o respeito de alguém? 1º humildem-se, depois joguem à bola.
De resto, a continuarem assim, vão todos para o caralho.

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.