Veloso

Confesso que me incomodou muito a reportagem sobre o Veloso na SIC.
Não tenho vontade nenhuma de reflectir sobre a dimensão pessoal do caso e se o nosso ex-capitão  tem problemas com o filho, que os resolva que nem eu, nem ninguém, além deles os dois, tem alguma coisa a ver com o assunto.
O meu ponto é outro - pode ou não o SPORT LISBOA E BENFICA rentabilizar as qualidades que um homem como o Veloso tem? Um capitão com mais de 500 jogos com a camisola do BENFICA não tem competências mais que suficientes para integrar os quadros do BENFICA?
E não estou a pensar nisto por caridade porque não temos que ser a Santa Casa. Estou a pensar nos interesses do BENFICA e no capital de experiência que o Veloso tem. É óbvio que se fosse outro qualquer - como os outros dois que a SIC mostrou - diria: vão trabalhar que têm bons braços.
Mas o Veloso não foi um qualquer. Para quem não o viu jogar, diria que é o Maxi Pereira, mas menos efusivo. Com a verbalizada aposta na formação, a presença de ex-jogadores junto dos mais novos pode ser um elemento para fazer toda a diferença. Sabemos que o Hélder e o Pietra andam por lá. O Rui Costa e o Shéu também e outros que se calhar têm uma presença menos visível também estão junto do clube. Mas, o Veloso não nos pode ser útil?
Este post concorre seriamente para o título perdoa-me do ano, mas como sócio do SPORT LISBOA E BENFICA, não ficaria bem se, publicamente, não manifestasse a minha opinião.


19 comentários:

Pedro disse...

Pode e deve.
O SLB não tem que ser uma Santa Casa mas tem que aproveitar a mística, a história, a experiência que um homem como Veloso tem ao serviço do SLB. Veloso não foi um jogador qqr.

A estrutura desportiva do SLB tem que ter espaço, sempre, para estas figuras de eleição da história do clube.

Korapilo disse...

O que eu acho é que por muito zangado que estivesse com o meu pai, por muita razão que eu tivesse, se ganhasse o que o Miguel Veloso ganha e tivesse um familiar na situação em que o Veloso (António) está, tentava ajudar. Ha-de sobrar algum poças!!
Acho que esta reportagem mostra o carácter ou a falta dele do Miguel Veloso. Nos dias que correm em que há tanta gente sem ter que comer, acho chocante.

Gilão disse...

O Veloso foi um do grupo que ameaçou o Jorge de Brito, e por isso que vá para as obras trabalhar. Foi um veneno durante uns tempos no Benfica.

Edgar disse...

Não havia um projeto para a Casa do Jogador, algo semelhante à Casa dos Artistas?
Penso que seria um investimento relativamente baixo e obviamente seriam cobradas rendas (embora mais simpáticas).

Tirando casos pontuais de ex-jogadores com mais-valias para a equipa técnica, não estou a ver o que mais pode o SLB fazer...

Kiddo! disse...

Não há lugares para "Velosos" no Benfica de LFV...

Ai Vale Bujas disse...

um homem com este passado tem que ter sempre lugar no SLB. Sempre.

MeiralVermelho disse...

Agrada-me essa ideia - "Casa dos Campeões" - um espaço, eventualmente financiado pelos actuais atletas e pela Fundação, por exemplo, que a um custo muito baixo, como sugeres, pode ser útil em alguns casos. Eu continuo no meu ponto - a experiência dele, até porque começou bem por baixo, não pode ser útil? Quero acreditar que sim.
MV

SLBaficionado disse...

Não querendo ser muito frio ...
Um homem como o Veloso que andou por muitos e bons clubes e que muito dinheiro ganhou é caso para dizer :
Quando a cabeça não governa o corpo é que paga .
Será que estou errado ?

zebiodaburacaaopanteao disse...

Ontem a "SIC" deu-nos o desgosto de nos apresentar o prototipo do carnidense. Mentiroso, malandro e falido (como poderia este país não andar em crise...).

Um gajo que aceita que lhe troquem a análise de um controlo anti-doping, para dar dinheiro a um clube (que o abandonou entretanto), mascarando o verdadeiro culpado e assim ficar para sempre com o rotulo de drogado, é alguém com uns escrupulos imensos.

Um gajo que até o nome o filho rejeita, por ser um ser mau, ladrão e violento para com a familia é de alguém que merece uma estátua numa marquise ao lado do moçambicano.

Um gajo que anda a pedir esmola por não saber fazer nada na vida é digno de se tornar o próximo simbolo da nacão carnidense, pois é numa pessoa assim que vocês se revêm.

ps. Até o Cadete se desgraçou depois de passar pelo maior clube de Carnide.

artnis disse...

Meira

Infelizmente, não vais ver esse teu desejo concretizado.

Isso apesar de pelo Seixal, serem vários os adeptos lagartos e galegos de 2ª, a trabalhar como técnicos, nos escalões de formação.

Falta-lhe uma qualidade, não ter dobrado a cerviz de homem e benfiquista, a um dos sabujos do grande Líder!

C.A.R.T. disse...

tenho a certeza que o zebiodaburacaaopanteao escreve neste blog, e por aqui me fico...e por d+ evidente...

Anónimo disse...

Poderia ter algum lugar no actual Benfica, mas isso era se no Benfica a prioridade fosse o desenvolvimento e sucesso do Clube...

A prioridade todos sabemos é ter alguém que seja um "lambe-botas" do Presidente, que seja um "yes-man". É por isso que vemos nas Bancadas da Luz a passear "ídolos" como os Pachecos ou os Hugos Leais desta vida...

Ele até poderia ter lugar na estrutura, mesmo não gostando LFV se nada dissesse. Mas como foi um dos apoiantes do Rangel, nada feito...

Cantinho do Morais disse...

Quando, em 1978/79, foi para o Beira-Mar, foi ganhar 50 contos por mês. Tentem saber os ordenados no país nessa altura.

Passado 1 ou 2 anos vai para o Benfica (onde joga 15 épocas) receber o dobro (100 contos), no inicio dos anos 80.
15 épocas? Quantas renovações, prémios de jogo, idas à selecção (prémios e diárias), Mundial do México, etc?
Quando, em 1995 renova pela última vez, a proposta é de 2800 contos (14 mil euros...). Imagine-se quanto ganhava antes (visto que já tinha 37 a 38 anos).

Ganha 500 euros no Alverca. Volta ao Benfica como adjunto da equipa principal (quanto ganhou de ordenado?) e ainda treina equipas como o Estrela da Amadora com um ordenado de 2500 euros/mês (isto há cerca de 10 anos).

Como é que se está na miséria? Como? Diz que só tem 30 mil euros e perdeu cerca de 500 mil, que foi o que o levou à miséria? Como?

Não consigo perceber...

Acredito que esteja na miséria, mas não me venham com a conversa de que "não se ganhava dinheiro como se ganha hoje...". Pois não! Quem é que, em 1980, ganhava 100 contos? E, com 38 anos em 1995, ganhava 2800 contos por mês?

Quanto custavam as casas, carros e comida nos anos 80?

Veloso (tal como o Cadete) não perdeu só aquele dinheiro que dizem. Perderam mais, muito mais!! Mas a vergonha impede de dizer quanto e como! Este foi numa empresa, o outro foi com cabeleireiros.
Mas alguém acredita?

Incomoda-me a situação em que se encontram. Mas tiveram (mais que) tudo na mão. Outros não tiveram tamanha sorte.

David Duarte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
David Duarte disse...

Estou com o Pedro. O Benfica não é a Santa Casa, mas DEVE ajudar estes simbolos do Benfica que, por uma razão ou outra, passam por dificuldades. Uma ajuda que não pode ser feita como gesto de caridade, mas para proveito mesmo do clube jà que essa gente tem, e quer, muito a dar ao Benfica.

O exemplo de Cavém marcou-me muito. Bi-campeão europeu pelo Benfica, tendo mesmo marcado um golo numa das finais (agora não sei se foi com o Barcelona). Morreu em 2005 (jà era Vieira Presidente), tendo passado os ultimos anos da sua vida na desgraça. Conhecia-o bem jà que tinha sido meu treinador nas escolinhas em Alcobaça. Uma vez, em 2001, passou por mim, parou e perguntou-me : "em que ano estamos?". Quando a vida é madrasta, o Benfica tem que estar ao lado destes simbolos do Benfica para que não cheguem ao ponto de miséria a que Cavém chegou.

Gus disse...

zebiodaburacaaopanteao cobarde do caralho que se esconde atrás de um teclado... hás-de ter a tua "sorte" fdp... vai esperando

LDP disse...

é que nem devia haver discussão sobre a presença de Veloso nos quadros técnicos do Benfica...não tendo estaleca ou curso de treinador poderia muito bem fazer parte da formação.

15 anos de Benfica servem para quê? Para ensinar a qualquer jogador que chegue ali (jovem ou não) o que é o Benfica! E não o digo porque agora está falido. Devia ter entrado nos quadros técnicos assim que arrumou as botas.

Tal como Mozer, Diamantino, Neno, Paneira (este no máximo daqui a 5 anos será nosso treinador principal!)...Tanta gente que sabe o que é o Benfica, que viveu chorou e conquistou coisas com o Benfica e só lá andam meia dúzia? Inadmissível.

Vejam o exemplo do Paulinho Santos. Anda lá a apertar com eles...

António Oliver disse...

O gajo tinha 500 mil euros? Suponhamos que fazia uma vida frugal e estoirava 30 mil por ano, sem acrescentar um tuste que fosse àquele pecúlio.

Parece-me que a verba dava para viver, à mama do acumulado, durante quase 20 anos.

Que tivesse tido juízo... Não teve, então que vá trabalhar, em vez de andar na boémia com os amiguinhos.

VRJoseM disse...

zebiodaburacaaopanteao vai dar o cu panascão corrupto osgueiro