O que ainda separa o Benfica do FC Porto

Não vi o jogo de sabado. Estava numa casa isolada no meio dos Alpes a festejar o casamento de um amigo meu. Segui assim o jogo conectando-me pelo telemovel de 15 em 15 minutos para saber o resultado. O que posso dizer dessas duas horas agarrado ao telemovel é que nem fiquei euforico ao ver que o Benfica tinha marcado nem fiquei surpreendido ao ver essa imagem ainda gravada na minha cabeça "FC Porto 2-1 Benfica". Desiludido sim, mas surpreendido não. Passei o dia de ontem a tentar compreender esta quase indiferença em relação ao que se passou e penso ter compreendido.

O resultado é mais que logico. Sei bem, não vi o jogo por isso não posso afirmar isto com a objectividade dos 90 minutos de sabado (também não vi nenhum resumo, não sou masoquista a esse ponto!). Mas tenho legitimidade em afirmar que o resultado é o que de mais normal acontece no futebol português desde 1991, normalidade que Jorge Jesus não conseguiu ainda mudar (nos 8 confrontos para o campeonato entre Benfica e Porto na era Jesus o nosso saldo é de 1V 2E e 5D e nem vou entrar na analise de cada resultado).

O Benfica tem sido e continua a ser inferior ao Porto. Este é um facto essencial que todo o universo benfiquista tem de reconhecer (dos adeptos aos seus dirigentes) se queremos realmente acabar com a hegemonia do Porto e reconquistar o primeiro lugar no futebol português. Esta inferioridade, não é a da qualidade do futebol apresentado, é a da mentalidade vencedora. Explico-me:

1. O primeiro ano do Jesus no Benfica foi o ano do grito de revolta do universo benfiquista contra a hegemonia do Porto. Foi um ano onde merecemos ganhar o campeonato não apenas porque efectivamente jogavamos melhor, mas porque os resultados estavam em adequação com a superioridade do Benfica. Certo, o Porto estava em periodo de transição, no fim de um ciclo que necessariamente o enfraqueceu, mas o mérito da conquista é todo do Benfica.

Como respondeu o Porto a este desafio? No ano seguinte mostrou uma superioridade que nem nos tempos de Mourinho o Porto conseguiu mostrar. Tomou a sério o Benfica, deu valor ao que o Benfica queria ser, reconheceu que o Benfica tinha qualidades para obter os seus objectivos e assim o Porto trabalhou para ser ainda melhor. Teve um dos melhores anos na historia do clube.

No ano seguinte, jà com o Vitor Pereira, viu-se numa situação em que tinha o titulo quase perdido devido ao atraso de cinco pontos em relação ao Benfica. O que fez então o Porto? Fez pura e simplesmente o seu trabalho, não baixando os braços e ganhando os seus jogos na esperança de uma escorregadela do Benfica que os metesse de novo na corrida. Foi o que aconteceu. Se em 2011/2012 os benfiquistas que se sentem injustiçados poderiam falar de ajudas externas que empurraram o Porto para o titulo, essa desculpa não serve este ano. O mesmo contexto repetiu-se : uma vantagem dificilmente recuperàvel pelo Porto desperdiçada pelo Benfica porque não fizemos o nosso trabalho e eles sim. Não apenas fizeram o seu trabalho, como a qualidade deste aumentou, como ficou demonstrado na Madeira contra o Nacional. O Porto mostra a sua força precisamente nos momentos em que parece que jà não hà nada a fazer, ou melhor, em que a unica coisa a fazer é acreditar que ainda é possivel e trabalhar para que precisamente o possivel seja realidade. A isto chama-se competência, essa competência que caracteriza os vencedores.

2. Qual é a atitude do Benfica no meio disto tudo? Precisamente a atitude oposta. Enquanto o Porto acredita e trabalha aumentando os seus niveis de qualidade nos momentos mais dificeis, o Benfica reage como se aquilo que ainda não se concretizou fosse jà uma realidade. Para dizer por outras palavras, no ano passado jà eramos campeões em Março, este ano jà eramos campeões em Abril. Resultado : quem festejou em Maio foi o Porto e este ano a coisa muito provavelmente vai repetir-se. Que os adeptos pensem que o titulo jà esteja assegurado, isso é legitimo. Um adepto por norma està no campo da emoção, do 8 ou 80. Que a propria estrutura reaja da mesma forma isso é muito grave. Temos um presidente que fala sempre no momento em que devia ficar calado - coincidência que a consequência do facto de ele falar seja a quebra nos resultados? - e uma equipa técnica e jogadores que festejam uma vitoria na Madeira como se tivessem garantido o campeonato. Se no Porto hà competência, trabalho e assim espirito de vencedores, no Benfica o que temos mostrado é incompetência, muita garganta e espirito pequenino. Neste contexto, o Porto irà muito provavelmente ser campeão este ano e se assim for merecerà com todas as letras o titulo. Num dos anos em que o campeonato foi mais equilibrado, a diferença seria feita nos nivéis de competência de cada equipa. A uma jornada do fim, o Porto provou ser, mais uma vez, a equipa mais competente.

Tenho a certeza que muitos, ao ler este texto, vão criticar o momento em que ele é escrito tendo em conta que estamos a 48 horas de uma final europeia e que o melhor modo de a preparar não é criticando o clube, que isso pode e concerteza deve ser feito, mas depois das competições terem acabado (não nos esqueçamos que também no campeonato ainda estamos na luta!). Outros, mais radicais, vão mesmo criticar o meu benfiquismo ao lerem os elogios que aqui fiz, pois tratam-se de facto de elogios, ao Porto. A estes não tenho nada a dizer. Aos primeiros digo que, pelo contrario, a melhor maneira de vencer é compreender as razões que nos enfraquecem. Temos qualidade suficiente na nossa equipa técnica e nos nossos jogadores para ganharmos ao Chelsea. O que nos falta é a mentalidade para concluirmos aquilo que começamos. Somos como um tenista que, em Wimbledon ou Roland Garros, perde sistematicamente por 3-2 quando esteve a ganhar por 2-0, isto porque na pausa antes do inicio do terceiro set pensa que a coisa està resolvida. Não é porque se fez oito excelentes meses de competição que os titulos vão nos cair nas mãos. Hà que não vacilar nos momentos de decisão.

O Benfica do Jesus jà teve vàrios momentos para provar que é uma equipa vencedora. Em 2009-2010 teve a hipotese de se sagrar campeão no Dragão. Em 2010-2011 teve a hipotese de eliminar um grande Porto nas meias-finais da Taça e de salvar o seu orgulho não os deixando ser campeões na Luz. No ano passado teve a hipotese de dar um passo importante para o titulo em casa contra o Porto. Este ano teve a hipotese de ser campeão no Dragão. Em todas estas ocasiões o Benfica falhou e o Porto não. Por estas razões o Porto continua a ser o melhor clube português (meus caros, não é heresia nenhuma dizer esta frase, pelo contràrio, reconquistar o nosso lugar passa por ter em conta o principio de realidade). E por todas estas razões a final da Liga Europa é essencial! Seria o momento simbolico, a referência que nos falta para podermos começar a alimentar o nosso espirito vencedor que anda desaparecido desde 94. Para que isso se torne realidade os jogadores referência do Benfica têm um papel muito importante a realizar até à hora do jogo. Luisão, Aimar ou ainda Cardozo têm que dizer aos outros que se trata de uma final europeia, que aqui, a este nivel, muitas vezes quem ganha nem é o melhor, mas quem tem mais espirito de sacrificio, quem é mais forte psicologicamente. Trata-se de um momento importante para os jogadores do Benfica pois podem provar que merecem mais do que uma simples Taça de Portugal (se a ganharem!). Mas sobretudo é, para mim, a ultima hipotese que o Jesus tem para provar que merece o lugar que ocupa : o de treinador do Sport Lisboa e Benfica.

P.S.: Ser competente neste momento é tentar ganhar ao Chelsea. Mas é também ganhar ao Moreirense, coisa que não serà facil jà que eles precisam de pontuar para não descer. Por outras palavras fazer o trabalho até ao fim porque imaginem que o Porto não ganha em Paços? Eu penso que o Porto vai ganhar, mas o Paços jà provou que pode criar a surpresa e sobretudo não querem acabar o melhor ano da historia do clube com uma derrota. Se fiquei desiludido com a derrota de sabado, se no proximo fim de semana o Porto escorregar e o Benfica não ganhar mando claramente todos os responsavéis do nosso clube, do presidente aos jogadores, à merda!

87 comentários:

Pedro disse...

O fcp de Villas Boas foi arrasador pq JJ deixou. E começou na supertaça em que o catedrático fez tudo ao contrário do que vinha fazendo na pré temporada.

Começou aí o declínio total de JJ.

M disse...

E tão isto. E concordo com o Pedro.

David Duarte disse...

Para completar o texto. Regressei ontem a Lyon a tempo de ir ver, com um grande amigo meu adepto do PSG, o Lyon-PSG que decidia o titulo caso o PSG ganhasse o jogo. Ora o que é que eu vi? Uma equipa que sofreu 15 minutos, mas que provou depois, durante o jogo todo, que era uma equipa confiante nas suas forças, uma equipa que controlou o jogo sem grandes estresses (acordo ortogràfico!) e sobretudo que fez o que tinha a fazer durante o jogo todo e isto mesmo se estava a jogar na casa de um dos seus grandes rivais. Exemplo : os ultimos dez minutos passados com o Ibra a segurar a bola e a sofrer faltas nas alas. Como disse não vi o jogo de sabado, mas duvido que alguma vez o Benfica tenha mostrado tal superioridade... mesmo se tinha todos os meios para fazê-lo. Hà que ultrapassar este bloqueio psicologico!!

Luís F. Pimentel disse...

A verdade é esta...custa a entrar e a assumir os erros, mas é isto pura e simplesmente.

DeVante disse...

Subscrevo!

Gerimbeco disse...

Concordo quase em absoluto. Só não concordo que o fcp seja merecedor do título se tal acontecer. E não é pelo benfiquismo me impedir, e o bom senso também, de o dizer. O fcp apenas será campeão porque o Benfica não o soube ser. E apenas isso.

Zé Babau disse...

"Homens de pouca fé". Que raio de benfiquistas "realistas" são vocês???? O JJesus surpreendeu a jogar como jogou no Dragão porque era um resultado que interessava. E defendeu muito bem e surpreendeu tudo e todos. Mas esteve a dois minutos de conseguir os objectivo. Pura sorte! Um golpe de sorte que acontece tal como aconteceu no ano passado quando o fiscal de linha, não por maldade (talvez...)não viu o fora de jogo que todos viram. Agora não se pode por em causa os objectivos que quse foram atingidos não fosse um golpe de sorte que ninguém acreditava, nem o Vitinho, nem Pintainhos... Aconteceu! O Porto jogou para ganhar pois só isso interessava a eles. O Benfica jogou para empatar ou para ganhar como esteve ainda a ganhar. No fim houve azar para uns, sorte para outros... Mas se passado 4 dias tinha que se ir jogar um outro jogo importante, não acho assim tão descabido ter-se jogado com uma equipa mais defensiva que, apesar dos erros que houve, esteve quase a conseguir os objetivos a que se propunha

Marco Morais disse...

O post é excelente. Parabéns!

João Nuno Marques Santos disse...

Concordo com tudo o que está escrito à excepção de uma coisa. A análise ao campeonato deste ano. A verdade é muito simples, nem o Benfica era tão superior ao Porto como queriam pensar, nem o Porto porque ganhou, empurra o Benfica assim tão lá para longe. Do treinador aos jogadores, nada a dizer. O JJ nunca deu nada por vencido. Os jogadores festejaram no seu direito e têm direito a fazer patetices, a estrutura é que tem que no fim lembrar-lhes que não venceram nada. O Presidente esse sim falou cedo de mais, uma semana antes. O Benfica não pode ganhar sempre, conseguir amealhar 4 pts de vantagem com o Porto sempre a ganhar foi um milagre quase, porque o campeonato deles é quase perfeito. Nós ao jogar na europa ao mesmo tempo fomos rebentando aos poucos... Não ganhámos ao Estoril mas é futebol, é verdade que se pode chamar competência, não falhar, mas sinceramente acho que tivemos sorte ao longo do campeonato e no final essa sorte mudou... No Dragão igual... Fomos competentes, podíamos tar à frente, foram uns minutos finais e ainda por cima, no nosso melhor momento no jogo...

O Porto não é melhor hoje, é melhor à décadas, mas desde JJ que o Benfica tem discutido, menos no ano do Vilas Boas. E se tem perdido, tem sido sempre a discutir até ao fim e isso é que é importante. Porque se o Porto melhorou para nos passar, nós temos melhorada para a cada ano que passa eles sofrerem mais para ganhar, ou não?

JJ no Porto dava 20pts do segundo classificado, e mais não digo.

Maestro disse...

http://www.maisfutebol.iol.pt/videos/video/13865481/1

Compreendo totalmente a declaração do Aimar... Concordo a 200%

TM2C10 disse...

Enquanto o senhor que se senta no banco se chamar Jorge Jesus isto vai acontecer repetidamente, sempre que o Porto permitir. Eu sou do Benfica, logo quero ganhar, o Benfica é maior que todos nós, que qualquer jogador, que qualquer treinador. O JJ já provou inumeras vezes que está longe de ser um treinador com qualidade para o Benfica. É pequenino de ideias, é muito burro a ler o jogo e depois a tomar decisões é a desgraça. Como se isso não bastasse é um desastre total a falar e é um maricas... lembra-me aqueles cães pequeninos que ladra, ladra ladra, mas quando tem de morder, metu o cu entra as pernas e volta para trás. Estou cansado, farto de ver tanta humilhação em 4 anos. Tivemos ao longo dos 4 anos talvez dos melhroes planteis da historia do Benfica, e o que ganhamos??? Um titulo, apenas 1 titulo, precisamente no ano em que o Porto tava fraquinho, e mesmo assim, aquele futebol lindo, o rolo compressor, isto e aquilo... ganhou na ultima jornada com sofridão!!! Enfim... Eu ja nao tenho forma de descrever o que sinto... nao me identifico com este treinador, com maioria da massa adepta que cada vez mais me faz lembrar o Sporting que falam apenas em apoiar e nada exigem!!! Eu SOU DO BENFICA... tou farto de apoiar... fartissimo... dou tudo pelo Benfica e o que o Benfica me dá em troca??? HUMILHÇÕES atrás de humilhações... culpa maioritariamente dum pseudo treinador velho, embirrento, teimoso e que nao tem a minima categoria para o Glorioso. Depois da derrota acho ridiculo receber a equipa com cantigos... por mim era à pedrada... sobretudo no JJ... pedrada no JJ... para ele borrar a cueca como faz quando joga com o Porto!!! E para aqueles que me vao criticar por dizer que agr é que há que apoiar... pensem: Nao temos feito outra coisa nos ultimos 3 anos... resultou??? NAO... entao ta na hora de experiemnetar ao contrario... pedrada neles... EU EXIGO QUE REPRESENTEM O BENFICA AO NIVEL QUE ELE EXIGE... OS ADEPTOS MIMAM-VOS DIARIAMENTE COM APOIO... QUAL É O FEEDBACK RECEBIDO??? VERGONHAS ATRAS DE VERGONHAS... EXIGO MAIS... e de mim nao levam nem mais um aplauso enquanto nao provarem em campo que o merecem!!!

Sou do BENFICA e isso me envaidece... mas nao deste Benfica, versão JJ... bate em pequenos e borra a cueca em jogos de calibre igual ou superior ao que temos!!!

João Nuno Marques Santos disse...

TM2C10 tens direito à tua opinião. Eu já pensei assim, no ano do Vilas Boas não sei como não o despediram, soou-me a piada. Mas acho que ele melhorou e bastante, não julgues tudo por um piço dum golo aos 91min.

A estrutura é que dá cabo de tudo. Há quanto tempo tem o Porto a mesma gente à frente do futebol? E o Benfica? Muda todos os anos...

Enfim, é a minha ideia.

O meu clube fora de Portugal é o Liverpool, pelos adeptos. Por mim no Benfica tem que ser sempre assim. Os grandes clubes têm grandes adeptos, um clube com grandes adeptos nunca morre. É eterno.

Manuel Matos disse...

Tudo muito bonito até parece que as escutas e os melhores jogadores sentados no banco para receber o patrão estão esquecidas!!!

T disse...

Ao minuto 90, o benfica beneficiou de um lançamento lateral no meio campo do FCP.

Faltavam apenas os descontos para o Benfica sair do jogo na frente do campeonato.

Como é que o Benfica encarou o momento?

Pôs seis jogadores avançados, a rodear o André Almeida que ia fazer o lançamento lateral.
Atrás, tinha apenas TRÊS defesas, contra três atacantes do Porto.

No momento seguinte, estavam 6 do porto contra 5 do benfica.

Isto é jogar à defesa? Na expectativa?!?
Isto é ser KAMIKAZE, irresponsável e desconcentrado!

As críticas de que o Benfica jogou demasiado à defesa são enviesadas. A última meia hora do jogo foi o melhor período do Benfica, em que mais trocámos a bola, lançámos mais contra-ataques, conquistamos um livre que o Cardoso rematou para defesa do Helton, outro remate do Ola John, para além de 2 ou 3 cantos.
O problema do Benfica foi ter arriscado qd já não devia arriscar.
A partir do minuto 80 devíamos ter atacado só com 3 jogadores, 4 no máximo. Outros seis deveriam ficar sempre atrás, posicionais.

O Benfica não jogou à defesa. O Benfica jogou foi contido, concentrado e deixando o porto circular a bola por fora, sem hipótese de causar perigo. O porto não jogou um caracol.

Eis que na última meia hora, e principalmente nos últimos 15 minutos, começaram a querer fazer ataques com 6 ou 7 jogadores, deixando a defesa desprotegida.

O lance do golo do Kelvin é um modelo da IRRESPONSABILIDADE e DESCONCENTRAÇÃO do Benfica em muitos jogos.

Se naquele lançamento lateral o Benfica tivesse deixado 6 jogadores atrás (4 defesas e 2 médios), e atacado o lance só com 4 jogadores mais avançados, provavelmente a esta hora estavamos FELIZES, exaltados pela estratégia perfeita para esse jogo.
Porquê?
Porque os cinco jogadores do porto que participaram nesse ataque encontrariam seis defesas e provavelmnete perderiam o lance. O jogo acabaria de seguida.

Neste caso, o que vimos foi que o Porto nunca perdeu a cabeça. E por isso é que naquele fatídico minuto 91 ainda teve discernimento para lançar o ataque que nos fulminou.
O Benfica, pelo contrário, jogou quase sempre concentrado e disciplinado, e nos minutos finais, desleixou-se.

Revejam o jogo e digam-me se estou errado.

TM2C10 disse...

João Nuno, claro... e tu tens a tua opinião. EU posso não estar minimamente de acordo, mas respeito. Infelizmente quando digo que por mim chega de apoio, que me recuso a apoiar, vem 1500 gajos que se calhar na vida apoiaram 1/10 do que eu já apoiei, e ofendem-me, chamam-me todos os nomes a mim e á minha mãe... e até me banem de páginas do Benfica só porque opino assim. Eu respeito quem apoia, respeito muito... também o fiz, simplesmente acho que tudo tem limites. E o limite já foi ultrapassado.

Eu não me comparo com adeptos nenhuns. Os adeptos do Liverpool para mim são como outros quaisquer... aliás, se fores ver a história recente, vês que o clube não ganha patavina, se calhar podiam fazer um caso de estudo, pois uns adeptos que apoiam a qualquer custo e a troco de nada, acabam por mimar a equipa de tal maneira que se perde o dever de ganhar, nem que para isso se tenha de comer não só a relva, mas também o caboco do estádio!!! E dps cá em PT ha um bom exemplo disso chamado SCP... é um folclore aquele clube... puxam, gritam, apoiam como ninguem, mas dps nada exigem em troca... enfim!!! O Apoio é muito giro quando se recebe feedback... é assim em tudo na vida... quando não o é... as coisas perdem-se!!! E o futebol não é diferente...

E dps essa historia dum golo aos 90minutos... eu nao como gelados com a testa... e percebe um pouco mais de futebol que uma batata!!! O Benfica ha precisamente uma semana atrás jogou com o Estoril... tinha 4 pontos de avanço, e nao fosse mais uma diarreia mental do JJ que dps de marcar um golo (o do empate) onde o estadio estava ao rubro, a equipa em cima do estoril, tudo indicava que mais minuto menos minuto marcavas outro golo... o jj lembra-se de desmontar por completo a equipa, faltando mais de 20 minutos, tirando o Melgarejo e colocando Rodrigo que foi para extremos esquerdo e desviando o Gaitan para lateral... enfim... nao preciso dizer mais nada... em 5 minutos o Martins fez 3 faltas na mesma zona do terreno, até que à 3ª foi expulso!!! Culpa de quem?? Do Martins, pois vclaro... havia um corredor na ala esquerda, ele tentou fechar, foi expulso, errou!!! O jogo acabou ali... perdemos 2 pontos que fez com que esse golo aos 90 minutos se tornasse decisivo... caso contrario, tivesses ganho e esse golo era so mais um golo!!!

Por falar em Melgarejo... o mesmo melgarejo que o JJ adoptou (como todos os anos faz) para filhinho dele!! O melgarejo que na jornada 1 do campeonato nos custou 2 pontos contra o Braga.. "ah mas isso foi no inicio!!"... quantos pontos tens??? Pois é... mete lá mais 2... pois é!!! "ah e tal mas isso nao é assim!!!" ok... nunca é assim... no nacional, resultado??? Empate??? Urreta a titular... estranho no minimo meter um puto num dos campos mais dificeis do campeonato!!!Mas enfim... eu a isso chamo inventar.. e dps pior que isso é tira-lo quando tava a ser dos melhores (dupla invençao) e nunca mais contar com ele!!! Enfim... nao tenho pachorra para falar do JJ pq estatisticamente ta mais que provado que é um treinador mediocre, que na sua carreira tem zero titulos e que será eternamente um FLOP pq é incompetente e nao tem estaleca para representar o Benfica!!!

Dai, eu recusar-me a apoiar este Benfica, pois na minha opinião ultrapassou-se os limites do mensurável e neste momento apoiar o Benfica, parece contradição, mas é apoiar a que o Benfica caia novamente na desgraça!!! Andamos á anos a desperdiçar titulos e tempo com este pseudo treiandor. Contratem qq treinador da 1ª divisao que é melhor... garanto!!!

João Nuno Marques Santos disse...

T tens razão. O JJ faz isso muitas vezes. Quando acha que está por cima no jogo não recua, espera para ver. E basicamentefoi isso que aconteceu. O Benfica não fez mal em meter 6 jogadores à frente. Devia era ter lançado curto, ganhar a falta ou o lançamento, ou o canto... como todas as equipas tentam. Ter os 6 jogadores prontos para pressionar estava a resultar bem. O problema é não fazer falta depois de perder a bola. O Porto na primeira parte fez tantas... e o Benfica não aprende... O ano passado deixaram o James correr 60m sem ninguém meter o pé, e ali foi igual, quando o Kelvin solta a bola e entra tem que ser abalroado, o Liedson faz a tabela para "ninguém", o árbitro apita falta e tá tudo normal... Mas não foi bem isso que aconteceu. Ah, e o Porto foi abaixo quando o senhor Fernando saiu porque parou o tal jogo de muita antecipação e falta para travar o Benfica (tipo de jogo que não critíco, aliás acho que o Benfica tem muito a aprender com isso).

Pedro Almeida disse...

Para os que endeusam o JJ:

O homem tem mais anos de treinador do que o tal do Kelvin tem de vida. Qual o seu currículo nestes anos todos? Que títulos tem?
Antes do Benfica acho que tem 0!
Em 4 anos de Benfica tem 1 campeonato e talvez venha a ter uma Taça de Portugal.
Não acham curto para quem supostamente é tão bom treinador?

Henrique disse...

Sim, é o bloqueio psicológico que nos fez perder no último lance do jogo. Tivéssemos nós empatado o bloqueio já não existia?

Isto é conversa da treta. Mentalidade ganhadora? Não existe, metam isso na puta da cabeça. Existe é competência técnica/táctica. O resto é conversa de comentador da sportv, onde parece que o único factor que influencia o jogo é a motivação e o empenho.

Mas isto já vem do tempo da mística do Benfica. Ora o que era a "mística"? Era uma cultura ganhadora com certeza, mas, muito mais importante, era a superioridade técnica e táctica da equipa em relação às demais. Só assim se justificam as várias finais europeias na década de 60.

Outro exemplo, os anos 70/80: o Benfica dominava internamente, mas tinha dificuldades lá fora. A culpa será de uma "melhor mentalidade" dos outros e uma "pior mentalidade" da nossa parte (Bento, Humberto Coelho, Shéu, etc)? Claro que não, éramos, comparativamente, uma equipa mais fraca.

Peguem no recente Barça. Ganharam o que ganharam por serem mentalmente fortes? Nada mais errado: ganharam porque dominavam desportivamente os adversários.

Eu compreendo que ter uma equipa de homens feitos é importante e fundamental. Mas, de uma vez por todas, os Benfiquistas têm que perceber que o que gera uma mentalidade ganhadora são os êxitos desportivos alicerçados numa superioridade técnica/táctica, e não o contrário.

João Nuno Marques Santos disse...

TM2C10 concordo plenamente. A única coisa que queria realçar, é que o campeonato foi perdido com o Estoril. E da mesma forma que concordo e disse exactamente o mesmo, a entrada do Rodrigo é anedótica e mata o Benfica. Nunca faria aquilo por exemplo mas já vi muitos treinadores errarem. Já aturei Quiques e Camachos e prefiro os erros do JJ. Só isso.

Se ele for embora não acontece nada de mais, não vou ficar revoltado com isso percebes? Ele teve mais que oportunidades, o meu medo é quem vem a seguir. Quem vem para o lugar dele? Vai ser melhor?

Quando se perde Javi e Witsel no último dia a culpa tem de ser atribuída à estrutura, por pelo menos não ter previsto aquilo. Quando Jesus transforma Matic e Enzo, vai buscar o Lima para jogar com 2 na frente em vez de um trinco por exemplo, para mim mostra visão. Eu não teria visto aquela solução, mas também não treino com eles...

Enfim, só para dizer que não é só defeitos. Ele também entrou no Dragão melhor que o Porto e marca primeiro... alguma coisa ele deve perceber.

Essa do Urreta não percebo como alguém que mete Nolitos, B.Césares no bolso todos os dias é tão queimado e ainda por cima por todos os trinadores que lá passaram. Esse puto sempre que joga, joga bem, não percebo.

No fundo, esses clubes que referis-te como o Sporting, achas que apoiam muito? Começam a apoiar e à meia hora estão de lenço na mão. Isto não tem nada a ver mas se vires as delcarações do Xabi Alonso quando lhe perguntam o que lhes fez ganhar a final em que estavam a perder 3-0 ao intervalo com o Milan ele diz algo como, "estavamos no balneário e a única coisa que ouviamos eram os nossos adeptos a cantar, era arrepiante, e nós a perder 3-0 e eles a cantar por nós... só conseguia pensar que eles não mereciam aquilo... falamos e decidimos que não podíamos deixar o jogo morrer ali, tinhamos que ir para a segunda parte dar tudo como se tivesse 0-0". Isto podem ser tudo histórias para adormecer meninos, mas para mim, este é o sentimento que tenho para com o meu clube. Mas tens o direito a fazer o que bem entendes, afinal sofremos todos para o mesmo lado, senão sofresses não reagias assim.

TM2C10 disse...

O Pedro Almeida disse tudo. Por mais que endeusem o JJ, a realidade e as estatisticas contam que é um treinador mediocre. Tem 30 anos de treinador, nunca ganhou nada, nunca fez nada e no Benfica ganhou um titulo na ultima jornada, num ano em que houve praticamente adversario directo, era o Braga valha-me nossa senhora... e todos, repito, todos os jogos de exigence superior, ou que o adversario fosse mais forte, nunca ganhamos!!! NUNCA!!! Começou no 1 ano com o Liverpool e de lá para cá é para rir!!! Mas enfim... sempre apoiei, sempre dei tudo... aliás, amanhã, mais uma vez lá irei para Amsterdão, mas será a ultima vez. Recuso-me a apoiar o Benfica versão jj.. recuso-me!!! No Sabado foi a gota de agua, ja nao consigo fingir mais e apoiar uma coisa com a qual nao me identifico e que creio que levará o meu, o nosso Benfica novamente á miséria!! Contratem qualquer treinador que é bem melhor que ele... aliás, se queremos ser vencedores e acreditar que podemos ganhar muita coisa, eu apostava no Pellegrini, que com o que pagamos ao labrego do JJ, chega e sobra!!!

TM2C10 disse...

João Nuno, por um lado é engraçado ler o que escreves porque eu há um ano atrás tava a dizer o mesmo depois dos empates com académica e guimarães... "é agora que temos de apoiar, ist e aquilo"... aliás.. empatamos com o Estoril, para mim por causa duma tremenda diarreia mental do jj, no entanto levantei-me e disse que tinahmos de apoiar atá à morte no sábado... e depois o que vejo??? Depois de tanto apoio, de tanta mensagem, videos, enfim... temos os melhores adeptos do mundo... e dps o que faz o JJ??? Mais uma diarreia mental!!! Meter o Roderick, um jogador que no Corunha (clube que nao tem dinehiro, nao tem jogadores, está apra descer) nem sequer convocado era, que o mandaram de volta em Janeiro pq é um cepo... meter o Roderick no jogo do titulo, aos 63'... a medio defensivo!!! VALHA_ME NOSSA SENHORA!!! Perdemos a taça da liga assim tambem!!! Enfim... Caiu-me tudo... só me ocorria "este filho da puta acaba de gozar com estes 5550 adeptos que aqui estão!!" e todos os outros que davam o cu e 8 tostoes para ali estar!!! Nao há apoio que sobreviva a isto!!! Para mim foi a gota de agua... ja nao irei à final da taça, caguei de alto... vou amh pq ja tinha tudo comprado!!! E por mim chega... por mim eram recebidos nao com canticos, mas ssim com pedras!!! O jj tinha de implorar perdão pelo que anda a fazer!!!

Eu só digo isto.. leste este artigo, certo. Pelo que percebi achaste coerente. Pois te digo. O Porto é superior ao Benfica, grande parte dos motivos que o tornaram maiores nos sabemos qual é, está no youtube... a outra parte está na mistica deles que um dia nós tivemos. O meu pai e o meu avô eram do Benfica até à morte... eles viram o Benfica ganhar, mas o Benfica quando nao ganhava nem semrpe se apoiava... muitas vezes eram assobiados e os joagdores sabem que quando ha assobios têm de dar mais. Imagina agora o Porto a jogar com o Benfica, com 2 pontos de avanço, o Benfica por cima do jogo, e o Vitor Pereira aos 60 minutos metia o Abdoulaye (ainda assim é em melhor que o Roderick) a meio campo e tirava o James!!! Dps o Benfica marcava aos 90 e eles perdiam o jogo e possivelmente o titulo!!! Tu achas que alguem ia cantar porra alguma quando eles chegassem ao Porto??? Matavam o Vitor Pereira!!! Ningue,m canta quando se perde, a nao ser que se perca, mas se caia de pé... no sabado caimos tudo menos de pé... foi a vergonha total!!!

O caminho para a vitoria é a exigencia.. nao ha exigencia, nao ha sucesso... Eu apoiei mais que nunca, houve mais apoio que nunca.. nao ganharam... chega, nao aguentamos fingir mais!!! Estou desapontadissimo.. nao tenho palavras para isto!!! Pedrada no jj, assobios para os jogadores... estao demasiado mimados!!! Para a proxima teriam mais atenção... correriam mais aquele metro que faltou no sabado!!!

garcias disse...

Vitto faz aí um post sobre a forma como a FPF "vendeu" os bilhetes...
As pessoas que queriam comprar no site deles
ora compraram sempre indisponivel
e de repente aparece que bilhetes já estão esgotados...
ofereceram os bilhetes aos amigos ou o cralho e o povo que se foda...
Sinceramente...

POC disse...

É isto. Ou seja, é Vieira e Jesus. Afinal, ainda não aprenderam.

Jorge Alemão disse...

«Esta é, provavelmente, a equipa mais fraca do Chelsea dos últimos anos» - Aimar

A serio ??? ainda não aprenderam nada ?

LDP disse...

Como disse no outro post, dou muita razão a ambas as partes. a pró-Jesus e a anti-Jesus, mas não me fodam!
Vir agora com converseta da treta só apontando erros e desgraças nossas esquecendo que no ano do Villas Boas fomos roubados, repito ROUBADOS de 6 ou 7 pontos nas primeiras 5 jornadas (alguém se lembra do Olegário em Guimarães dois dias depois de receber uma condecoração na af porto?), depois andámos alguns 20 jogos SEM SOFRER GOLOS e o porto teve um período de 2 ou 3 jogos em 5 ganhando por 1-0 de penalty - vão ver o resumo do Beira Mar-porto, por exemplo) e acabaram por dar-nos a machadada final com o Xistra quando veio de um Nacional-Sporting onde teve uma mota tão má que os regulamentos dizem que não podia arbitrar um jogo de primeira categoria na semana a seguir...mas foi nomeado. Repito, indo contra as regras da apaf.

O ano passado não foi no início foi no fim. Guimarães outra vez e depois Coimbra, tendo como exemplo máximo um atropelamente pelas costas ao aimar transformado em falta atacante. Gaitán vs. Polga em Alvalade aos 2 minutos...Depois o Maicon teve a oportunidade de completar a ultrapassagem e o resto é conversa.

Até para a Taça, em casa nossa...vêm agora com dedos apontados ao 1-3, mas foi precisamente um golo em fora de jogo de Hulk que lhes permitiu virar a eliminatória.

Sempre tenho defendido nos ultimos meses que se não fosse esta merda de jogos de interesses entre apaf, fpf e corruptos hoje, o Benfica e Jorge Jesus podiam ter mais do que um campeonato ganho em 4 anos. E desafio qualquer benfiquista a demonstrar matematicamente que isto não é verdade.

Por ultimo, o post é muito bem escrito de facto, mas deu-me vontade de rir o "trabalho de qualidade demonstrado na Madeira" pelo porto. Uma bola cruzada fora das 4 linhas, um golo em fora de jogo e um penalty no mínimo risível. E depois é ver benfiquistas a defenderem que "sim senhor, nós é que somos incompetentes e o porto é só qualidade desde o presidente ao roupeiro!"

Não estou contra nenhum de vocês, rapazes. As minhas mágoas são iguais ás vossas. Mas convém incluir todos os argumentos nesta gigantesca equação que é o futebol português dos ultimos 30 anos.

"Ah mas o Capela e tal"

Fodei-vos.

LDP disse...

PS: Perdoai-me Senhor, por ter escrito no comentário anterior Aimar com letra minúscula.

David Duarte disse...

No ano passado mereciamos ganhar o campeonato e não ganhàmos por causa dos arbitros. Este ano merecemos ganhar o campeonato e muito provavelmente não vamos ganhar porque tivemos azar. Com esta atitude, vamos concerteza voltar a ser o melhor clube português e um dos melhores da Europa.

P.S.: a todos os que dizem que o Porto não merece o titulo porque teve sorte. Espero bem que possam, ao final da noite da proxima quarta-feira, vir aqui dizer que o Benfica não merece a Liga Europa que acaba de ganhar porque teve sorte em chegar à final.

João Nuno Marques Santos disse...

TM2C10 eu simplesmente não acho que o problema seja realmente de atirar ou não as pedras. Não acho que seja isso que faça o Porto vencer. O sentido de exigência foi criado pelas vitórias e não o contrário. Todos sabemos como nasceu essa hegemonia...

Eu ainda não percebi é como é que um manco como o Roderick acaba no plantel do Benfica e tentam fazer dele craque!! Ele e outros, como o Kardec, como o Sidnei, como o M.Vitor (pah desculpem mas desde que entrou e só fez merda com o Rio Ave não o suporto), Luisinho, etc. Isso é planeamento. Sabes qual é a vantagem de treinar o Porto para mim? É que no Porto o treinador não faz isso, porque eles são organizados e de facto, essas coisas são feitas por quem sabe. Achas que no Porto eram as pedras que impediam o JJ de ficar com certos gajos no plantel e fazer deles os seus meninos bonitos ou era alguém que lhe avisava que ou parava de inventar ou ia treinar o Serzedelo?

A estrutura profissional e não amadora faz milagres, acreditem. No Porto já raramente alguém tem que corrigir o comportamente dos jogadores... O McCarthy no Porto não podia entrar em nenhum clube nocturno porque os seguranças tavam avisados, eles faziam o telefone e alguém aparecia em 5min para ir buscar o gajo e dar-lhe a liçãozita. Achas que alguém deixava o JJ responder a cenas sobre renovação e outras coisas parvas da maneira que faz? Invês disso o próprio presidente vem falar de épocas brilhantes. NÃO HÁ ÉPOCAS BRILHANTES ANTES DE ACABAREM. Os jogadores a dar entrevistas a jornais todos os dias... no Porto treinavam à porta fechada com o Presidente a ver, ninguém falou à imprensa a não ser o VP por obrigação.

Enfim, o JJ tem demasiada liberdade, deixam-no fazer demais, se ele fosse bem orientado e apenas mais uma peça muita merda não acontecia. Mas ele é tipo Deus lá dentro. PQP começo a ter ódio a esta merda toda também.

Só desejo que tragam a puta da taça na quarta e que vocês vejam o vosso apoio recompensado. Empatar com o Estoril com aquela catedral cheia... FDP.

David Duarte disse...

LDP, não esqueço os erros de arbitragem que de facto existiram. Mas a literatura sobre os erros que beneficiam o Porto jà é muita. Agora o que quase não existe textos autocriticos porque convenhamos a causa das derrotas do Benfica não està toda na arbitragem. Existe uma boa percentagem, certo, mas o Benfica é o principal responsavel da sua propria desgraça (entenda-se, incapacidade em ganhar campeonatos). Não o unico, mas o principal e se o Benfica não corrige os seus proprios erros, então não hà nada a fazer.

LDP, falo do jogo do Porto na Madeira porque penso ter sido o melhor jogo que eles fizeram para o campeonato. A forma como eles ganharam, com mais ou menos sorte, com mais ou menos responsabilidade arbitral, não é isso que me interessa na minha argumentação. O meu ponto é muito simples : o Porto melhorou quando precisamente muitos jà o consideravam morto. Isso para mim é a principal caractéristica de um caracter forte que efectivamente eles demonstraram.

David Duarte disse...

"que efectivamente eles demonstraram ter"

Henrique disse...

David Duarte, a sorte faz parte do jogo, é natural perderem-se e ganharem-se jogos com lances casuais.

O que não se pode dizer é que o Benfica não vai ser campeão por uma suposta falta de mentalidade ganhadora, quando perdemos o jogo num lance fortuito já nos descontos. Perdemos, como podíamos muito bem ter empatado. Não fomos superiores ao Porto, mas eles também não nos criaram muitos problemas defensivos.

"Com esta atitude, vamos concerteza voltar a ser o melhor clube português e um dos melhores da Europa." Nos últimos anos temos sido dos melhores clubes da Europa, basta consultar o ranking da UEFA.

DeVante disse...

Eu quero que todos vós safodam!
Fodasse!

David Duarte disse...

O ranking de clubes na UEFA é o mais credivl que existe, mas tem algo de mal pensado. As vitorias e os empates têm o mesmo valor sejam eles conquistados na Liga dos Campeões ou na Liga Europa quando claramente o nivel de eigência não é o mesmo. A prova disso é o facto de os dois melhores anos do Benfica na Europa corresponderem a boas campanhas na Liga Europa... porque fomos eliminados na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Isto não é desvalorizar as campanhas do Benfica : ganhar uma competição europeia, seja Liga dos Campeões seja Liga Europa, é uma conquista de extrema importância. Mas não me digam que o Benfica é o sexto melhor clube europeu (como o dirà a classificação UEFA no proximo ano). Isso é ridiculo.

Janus disse...

Concordo de 'fio a pavio' com o post. Tudo certíssimo. Apenas acrescentaria mais uma coisa que me parece começar a ser determinante, muitas vezes, para o insucesso do Benfica: A (mais que falada) questão física.
Estou cansado de ver o SLB a chegar às alturas decisivas com um grande défice físico. Repara-se, se um clube chega a uma meia final ou final de uma prova, seja europeia ou nacional, se um clube chega às fases decisivas de um campeonato muito equilibrado ,como este foi, já arrasada fisicamente como é que está/pode estar em condições de discutir essas finais?
Muitos poderão dizer: bom, fizeram muitos jogos...é normal que estejam cansados...Eu, pessoalmente, não concordo com essa visão. Eu acho que o problema do Benfica não é o excesso de jogos. Todos os grandes clubes os têm. O problema, ou melhor, o dilema do Benfica é querer ganhar tudo - até aqui tudo bem - tendo uma filosofia de pressão e desgaste constante que, literalmente, acaba, seca, suga a energia dos jogadores:
-Com bola: movimentação constante, desmarcações constantes. Os jogadores correm muito 'com' a bola em vez de fazerem 'a' bola circular entre si...isso desgasta imenso quando feito em demasia, como faz o Benfica.
-Sem bola: Pressão alta, alta rotação, muito contacto físico à espera de o adversário perder a bola, em vez de , em minha opinião, preocupar-se, primeiro, em fechar caminhos e, só depois, pressionar e esperar pelo erro. Isto também desgasta muito os jogadores.`
Conclusão: O Benfica é uma equipa de transições e não de posse, logo, tem muita dificuldade quando tem que gerir jogos, ou 'momentos' de jogo.

Portanto, em minha opinião:
Ou JJ muda esta filosofia
Ou a dada altura aposta numa rotatividade total e...seja o que Deus e JJ quiserem...
Ou...não mudando a filosofia de jogo, começa a planear a época para apostar tudo em 2 provas no máximo...por ex: Apostar tudo no campeonato+europa, deixando um pouco de lado as taças (da liga e de Portugal) rodando vários jogadores; Apostar tudo nas provas internas (rodar na taça da liga e na europa, onde não somos tão favoritos...). Obviamente que estes objectivos se podem ajustar ao longo da época, consoante a performance da equipa.
O que acho é que com esta filosofia de jogo não temos equipa para todas as frentes, isto é, do ponto de vista físico, claro.

É a minha opinião. Aqui fica.

P.S.: Vocês acham que o treinador do porto rodou inúmeros jogadores no jogo com o Braga, para a taça de Portugal, onde foram eliminados, porquê? Acham que foi por que causa? Por causa do jogo para a champions com o PSG? Mas ainda estávamos em DEZ. ...não seria pelo cansaço...E o jogo era para a taça de Portugal...se ainda fosse para a taça da liga...mas nem isso...e ainda por cima era em Braga, num estádio difícil...não era propriamente contra o Arrifanense... Rodou porque, claramente, a época deles estava voltada para campeonato+europa. O campeonato ia - e foi - difícil e eles sabiam-no. A europa, porque já no ano anterior nada fizeram lá e o dinheiro era/é muito importante para as contas. Então o que é que fizeram? Rodaram e 'seja o que Deus quiser'. Foram eliminados mas não se desviaram dos seus objectivos.
P.S.2: A propósito da história do Ibra segurar as bolas nas alas e sofrer faltas, etc. David, não sei se te disseram mas o golo do porto começa num lançamento no meio-campo do porto, se não me engano, a nosso favor executado, também se não me engano, pelo André Almeida...vejam as diferenças de...mentalidade.

Cumprimentos a todos
Saudações Benfiquistas.

LDP disse...

David Duarte, peço-te para fazer um exercício:

Imagina que o ultimo jogo nas antas tinha acabado 2-1, como efectivamente aconteceu. Mas, imagina que o golo da vantagem não foi o marcado pelo Kelvin mas a bola ao poste do James partindo de um fora de jogo de 1 metro.

Junta a isso o Maicon no ano passado e repensa se Jesus seria agora medroso, incapaz (por incompetência própria) de ganhar ao porto e analisa o nível de qualidade e de querer que o nosso adversário patenteia.

Faz esse exercício.

Sei que estou a dirigir a coisa para o campo hipotético, mas friamente podemos observar que Jesus não é assim tão mau, incompetente ou incapaz, e que a estrutura do norte não é assim tão invencível.
Um lance pode decidir tudo. Ou vários.
Na Luz Artur ofereceu um golo. Nas antas Maxi marcou um na própria baliza e Kelvin dominou uma bola tão mal que sem saber como teve o meio metro necessário para poder rematar. Todos nós vemos futebol há muitos anos. Se o quisermos o futebol pode ser muito simples.

David Duarte disse...

LDP, não me quis avançar muito sobre o Jesus. Falarei disso no post que farei quando todas as competições acabarem e isto por uma razão bastante simples. Penso que este ano foi o ano em que, vencendo ou não o que quer que seja, Jorge Jesus mostrou que efectivamente é um bom treinador que, tendo os seus defeitos, tem as suas qualidades. Não vou argumentar muito, mas se é verdade que no final da ultima época estava contra a sua continuidade, neste momento não sei muito bem o que pensar. Se ele ganha a Liga Europa não tenho duvidas nenhumas sobre a sua continuidade. Se não a ganhar... é uma situação dificil.

Como te disse LDP, sobre as arbitragens não me esqueço do que aconteceu. Mas penso que as nossas queixas teriam muito mais valor depois de fazermos uma autocritica que convenhamos os benfiquistas têm muita dificuldade em fazer. As duas coisas não são contradictorias, pelo contrario reforçam-se entre elas.

David Duarte disse...

Sobre as explosões de alegria que temos visto nos ultimos dias no universo sportinguistas não disse nada pois de facto trata-se de um pormenor que apenas merece uma referência subsidiaria como esta : elas mostram a pequenez na qual os sportinguistas cairam, reduzidos a que a sua alegria seja "emprestada", seja a alegria ou tristeza dos outros. Aos benfiquistas de tratarem os sportinguistas que entraram nesta onda, ou seja a maioria, com muita condescendência e pena.

Sobre o assunto faço aqui referência a um texto ao qual o Gordo jà fez publicidade :

http://gordovaiabaliza.blogspot.fr/2013/05/tu-queres-ver-que-ainda-tem-salvacao.html

Henrique disse...

David Duarte, ninguém diz que somos o 6 melhor da Europa, mas sim um dos melhores. Podes discordar do método da UEFA, mas é igual para todos, acho eu.

E de resto, tem mais valor um clube que está no pote 1 passar em segundo e ser eliminado nos oitavos de final, ou cair para a liga europa e chegar às meias finais e final? Gostava também de lembrar que a equipa super forte mentalmente, o ano passado, foi eliminada pelo Hapoel do Chipre...

E por favor, abandonem o mito de a equipa ter de rastos fisicamente...o nosso melhor período no jogo do porto foram os últimos 20 minutos.

David Duarte disse...

Ser forte psicologicamente não significa ser invencivel nem mesmo não perder contra mais fracos. Se pensas que isso é ser forte psicologicamente não temos claramente a mesma definição da coisa.

O método é igual para todos de facto, mas dou muito mais valor a uma equipa que consegue estar durante quatro anos seguidos nos quartos da Liga dos Campeões que a outra que chega nesses mesmos quatro anos às meias-finais da Liga Europa... Serà assim tão dificil compreender isto?

LDP disse...

David Duarte, só este ano é que Jesus mostrou que é bom treinador?

Quatro anos de grandes campanhas europeias.
Um campeonato ganho em modo rolo compressor mas que o sistema só nos deixou em paz a 25 minutos do fim do ultimo jogo.
Um campeonato perdido em Outubro para a apaf num ano e outro em abril, na época a seguir.
Vinte e tal jogos sem sofrer golos num ano e mais não sei quantos sem perder no outro.
Enxovalho atrás de enxovalho ao sporting.
Equipas que batem recordes, com não sei quantos meses a ser a equipa na europa com mais golos marcados. Uma outra vez a que sofria menos. Esta agora que não perdia nunca.
Repetidos jogadores vendidos a 30 e 40 milhões de euros.
Etc.

Mas porque Roberto, ou Artur, ou o Xistra ou o Olegário se distrairam uma vez ou outra e a coisa acabou mal o coitado do Jesus não pode ser considerado um treinador válido.

Erros todos os cometem.

Villas Boas olha para trás e sabe que em 3 ou 4 jogos do seu percurso no porto só as manobras sombrias lhe permitiram sacar os 3 pontos correspondentes.
O Vítor Sujinho outro que tal. Chegou a levar um banho de bola do Gil Vicente em casa mas "ai ai, não se pode expulsar o Otamendi aos 3 minutos de jogo porque a culpa provavelmente será de Jesus também. E a seguir o Hulk faz de gafanhoto na área e pronto. Reviravolta completa.

Mas o Jesus é que não pode errar. E ai dele se erra que aparece logo um Proença ou um Soares Dias para lhe dar tau-tau.

E agora junto outra. Já há uns dois anos que vejo a teoria que Jesus e Vieira não são mais do que sabotadores. Toda a gente se questionava porque é que tantos bons jogadores que o Benfica queria acabaram no porto, ganhando títulos e redendo milhóes ao clube.
Pois bem. Temos agora escutas em que o Jorge Mendes chama "meu presidente" a PdC e o tenta convencer a marcar encontro "com um puto que eles(e este "eles todos nós sabemos quem são) estão doidos para contratar antes que seja tarde de mais"...
Mas o Jesus pah, esse sabotador do caralho que aposto recebeu comissões do porto quando o Falcao ou o Álvaro Pereira foram para lá.

E o facto é que ainda não vi nenhum dos benfiquistas que insistiam nesta tecla virem agora retratar-se.

Alberto disse...

Na estrutura do Benfica é só bestas que não conseguem essa coisa tão simples que nos daria todas as vitórias e mais algumas, que é a "Mentalidade". Basicamente é o mesmo que dizer "Eu não faço puta ideia do que é que temos que fazer para ganhar mais". Falta "Mentalidade", mas tendo isso vai ser um regabofe, um verdadeiro banquete de vitórias.

Henrique disse...

"Ser forte psicologicamente não significa ser invencivel nem mesmo não perder contra mais fracos."

Então diz lá tu o que é, que trouxeste o termo para o post.

A minha definição de mentalidade forte no desporto já a dei em cima: "Isto é conversa da treta. Mentalidade ganhadora? Não existe, metam isso na puta da cabeça. Existe é competência técnica/táctica. O resto é conversa de comentador da sportv, onde parece que o único factor que influencia o jogo é a motivação e o empenho. "

Alberto disse...

Eu continuo a achar que neste jogo, ao contrário de outros exemplos os jogadores do Benfica revelaram uma personalidade do caralho. Mas enfim...

O Porto tem "mentalidade ganhadora" porque ganha há muitos anos seguidos. Tem "mentalidade ganhadora" porque muitas vezes mesmo não sendo melhor, ganhava graças a factores externos. Claro que eles acreditam mais porque olham para os números e têm razões para estarem confiantes. Apesar de tudo isso penso que neste jogo não foram mentalmente superiores a nós, e ganharam com muita sorte.

O que chamam mentalidade ganhadora, ganha-se com o tempo e com vitórias. Se me perguntam se acho que já devíamos ter ganho mais vezes, concordo plenamente. Mas pela primeira vez desde que me lembro, tenho total confiança numa equipa técnica do Benfica, e vejo capacidade para voltar a dar essa "mentalidade ganhadora" ao Benfica. Que basicamente é jogando melhor e ganhando...

David Duarte disse...

Henrique, mentalidade vencedora é bastante simples, seja ela num clube ou ainda na vida de cada individuo : néao é não falhar, mas é ter a capacidade, de quando se falha, dar a volta. O Henrique deu um bom exemplo falando da eliminação do Porto frente ao Apoel. O que é que o Porto fez? Tão simplesmente foi campeão (sim, as arbitragens, sei bem mas isso não explica tudo... sobretudo quando o cenario se repete este ano... Vamos falar das arbitragens outra vez? Ah, desculpem, este ano é a sorte!... Toda a desculpa é boa para não falarmos dos nossos proprios erros). Mentalidade vencedora està presente em tudo : chama-se ter caracter!

LDP, estamos de acordo em vàrias coisas. Espera uma semana que eu vou falar de vàrios aspectos que sublinhas e com os quais estou de acordo (digo apenas sobre o Jesus que este ano foi o seu melhor pois teve, a meu ver, a equipa mais desequilibrada desde que està no Benfica).

Sobre quem critica o argumento do espirito vencedor dizendo que bastava que nos ultimos cinco minutos tivessem corrido de forma diferente que eu não escreveria o que escrevo. Têm razão porque:

1. Se efectivamente o Benfica não tivesse borrado as quecas no final do jogo, teria mostrado o dominio dos acontecimentos que acabou por não mostrar. Como jà disse, não vi o jogo por isso aceito perfeitamente as opiniões contràrias sobre o tema dos "ultimos cinco minutos".

2. Não são apenas os ultimos minutos do jogo de sabado que legitimam a dita "fraca mentalidade" do Benfica. Gostaria que aqueles que me apontam o dedo falando sobre o jogo de sabado pensem igualmente no Porto-Benfica de 2009/2010, na Supertaça, nos dois jogos do campeonato e nas meias-finais da Taça de 2010/2011, ou ainda no jogo da Luz para o Campeonato de 2011/2012. Não referi o jogo dda Luz da época 2009/2010 pois trata-se de uma excepção. Aqueles que dão importância à Taça da Liga que referiam as outras duas vitorias, mas para mim vitorias na Taça da Liga não têm valor quando do que se trata é de acabar com a hegemonia do Porto.

3. Sobre o Porto, se o golo não tivesse acontecido o meu discurso não mudaria. Eles mostraram e fizeram aquilo que lhes competia para mudar a situação. Por vezes não funciona mas a verdade é que na maioria das vezes funciona. O meu discurso mudarà por completo quando as posições mudarem não de forma excepcional, como tem sido o caso nos ultimos 25 anos, mas de forma sustentavel.

Jorge Alemão disse...

David Duarte

Sinceramente não vi grandes manifestações de alegria de Sportinguistas, mas acredita que só se falou mais disso pela forma como decorreu o jogo entre as 2 equipas há pouco tempo e à arrogancia demonstrada por alguns, nomeadamente o Sr. limpinho, limpinho.

Espero que ganhem ao Chelsea, tal como não me importava nada que o porto perdesse ou empatasse para ver se o bufas também dança, como dançou no sabado.

De resto, não tenham a mania da perseguição.

Anónimo disse...

Mas vocês têm noção das humilhações que já passamos com o Jesus em jogos com o Porto e decisivos?

Ainda querem mais?

Nos ultimos 2 anos não não tivemos equipa inferior ao Porto e mesmo assim continuamos a ser humilhados à força toda. Noa ano passado até tinhamos o Witsel na equipa e eles "não tinham" ponta-de-lança e mesmo assim ganharam o Campeonato.

Este ano depois de tudo o que fizemos chegando a 3 jornadas do fim a precisar apenas de 2 vitórias em Casa contra equipas pequenas, e sabendo de todas as humilhações e desilusões que os adeptos passaram nos 2 anos anteriores com o Porto, não foram capazes de dar essa alegria aos adeptos...

Isto não é apenas incompetência. isto é uma falta de respeito a todos os adeptos que durante o ano inteiro andaram a apoiar a equipa, a gastar do seu dinheiro para apoiar a equipa no Estádio,etc...

A verdade é só esta. Faltaram-nos ao respeito. E portanto não podemos andar a dar palmadinhas nas costas dos jogadores e equipa técnica...

Se os jogadores não quiserem saber dos adeptos ao menos que ganhem por eles mesmos. Ou eles não têm noção do rídiculo que se tornaram nesta Semana. Estão a ser gozados por tudo e por todos. Eles não têm noção desta merda...

JJ penso que ajudou o Benfica a dar um passo em frente na "mentalidade" ganhadora, mas não vai passar disto. Vamos continuar a ganhar muitos pontos contra os "pequenos" e depois vamos borrar-nos todos contra o Porto e equipas mais fortes.

Isto já para não falar da quantidade de inimigos que o Jesus arranja por essa Liga fora. Contra o Nacional do Machado eles comeram a relva contra nós e perdemos 2 pontos. Contra o Porto nao jogaram 3 dos melhores jogadores e pôs juniores em vez desses mesmos jogadores.

Alberto disse...

@Anónimo

Faltaram-te ao respeito? Opá ganha consciência.

Quanto ao argumento do Machado não se importar de perder com o Porto por causa do Jesus, e que isso seria um factor que deveria pesar na sua continuidade é simplesmente patético.

E sim ainda quero que Jesus continue, apesar de ter tanta ou mais noção do que tu das "humilhações" que passamos.

Rui disse...

Este post é uma enorme treta. Basta ter vindo de quem, confessadamente, não viu o jogo. O Benfica controlou o jogo e manietou completamente o Porto, na 2ª parte. Os tipos que prometeram que os nossos "iam sofrer como cães", estavam calados que nem ratos, eles sim a sofrer. Depois o Benfica cometeu uma falha, que acontece inúmeras vezes no futebol, acontece a todas as equipas.

Quem não viu isto, e agora vem práqui arrotar postas de pescada com a sempiterna conversa da mentalidade ganhadora, não só não viu o que a equipa fez este ano inteiro, como não viu, nem percebeu à posteriori, o que se passou no Ladrão. Apesar do ar doutoral do autor, o resultado produzido só merece uma classificação: uma grandessíssima, enormíssima m(fill in the blanks).

A sério, eu interrogo-me como é que alguém pode fazer isto?! Este post podia ter sido escrito à 3 anos, seria a mesmissíma, enormíssima m(fill in the blanks), porque ignora uma realidade para quem tem dois olhos e quer ver - esta equipa é a mais forte do Benfica, nos últimos anos e jogou no Porto com uma autoridade que anulou completamente a tal equipa mentalmente superior, no dizer do autor desta enormíssima, grandessísima m(fill in the blanks).

Puta que pariu, que autoridade do crlh para quem não olhou, não viu, não percebeu!!

Henrique disse...

David Duarte,

"O que é que o Porto fez? Tão simplesmente foi campeão". Vamos lá ver se percebi, se o Benfica por azar ganhar a taça UEFA já passa a ter mentalidade vencedora? Portanto, a mentalidade vencedora é uma coisa que se ganha e perde em coisa de semanas? ok.

Mais uma vez, quem acredita nesta treta das mentalidades em desporto está condenado ao fracasso. Querem-se convencer que é fácil ganhar competições, que é só ter a mentalidade certa, uma espécie de empreendedorismo desportivo.

John Doe disse...

Jorge Alemão, acredito que não tenhas sentido especial alegria pelo golo do porto, no entanto e depois de veres este video não sei se continuarás a dizer que não viste grandes manifestações de alegria dos sportinguistas
https://www.facebook.com/photo.php?v=4883277279839

Incrível!!! Como é que no dia em que confirmam a pior classificação de sempre, estas almas conseguem rejubilar tanto de alegria.

Vitto Vendetta disse...

Amigo David, a partir do momento em que não viste o jogo (e não li os comments, mas de certeza que já alguém te disse isso), o que dizes deixa de fazer sentido.

Quem viu percebeu. Quem viu e não percebeu, é porque já andava a muito a querer despachar JJ.

David Duarte disse...

Henrique, lê o texto outra vez, em especial o ultimo paragrafo sobre o papel que a Liga Europa pode ter para o espirito do Benfica no futuro. Não, a mentalidade não é coisa de uma semana para a outra. Mas sim numa semana, num jogo podemos encontrar uma referência à qual nos agarrarmos nos momentos dificéis que não nos deixa ir abaixo. Onde se encontra esse jogo referência no Benfica dos ultimos anos e em especial o Jesus? Eu respondo : esse jogo, esse momento não existe. Por isso o jogo de quarta é de uma importância essencial : pode marcar uma mudança.

Rui, cagandas argumentos apresentados (visto que o meu "ar doutoral" te dà comichões). Se não percebeste que este texto fala não do jogo de sabado em si, mas do que tem faltado ao Benfica de Jesus para ser ainda mais forte e ganhar titulos, então não posso fazer nada por ti : é mesmo um problema de conexão entre os teus dois unicos neuronios e sobre isso não posso nada...

Estou a ser injusto contigo. Tu até ai chegaste, conseguiste perceber que o meu ponto é a "mentalidade vencedora". Pois trata-se de uma "treta". Parabéns!! Conseguiste arrancar aplausos de todos aqueles que têm os neuronios nos intestinos e a merda na cabeça (esta frase é para ti suficientemente "popular"?)

Vitto Vendetta disse...

(Falo só dos primeiros parágrafos, quando dizes que já achavas que era isso que ia acontecer)

Álamo disse...

Este post, só um grande benfiquista o podia escrever!...
A homenagem simples mas séria e frontal de um sportinguista, que melhor que ninguém compreende o sentimento do autor. Parabéns.

Saudações desportivas e boa sorte para a final da Liga Europa.

Pedro disse...

LDP. o facto de o Benfica de JJ estar dependente de um pormenor para ganhar ou perder diz tudo. Tudo.

David Duarte disse...

Vitto, como disse na resposta ao LDP se me metesses no grupo dos que querem despachar o Jesus hà um ano, ou mesmo no inicio desta época, não teria problema nenhum em assumi-lo, mas a verdade é que jà não faço parte desse grupo. Também não faço parte do grupo dos que querem que ele continue. Para dizer a verdade, ainda não sei o que pensar. Quero que a época acabe, de preferência com a Liga Europa, a Taça de Portugal e (sim pois ainda credito... mesmo se sei que é quase impossivel) com o titulo de campeão nacional. Isso tirar-me-ia todas as duvidas. Quero esperar para decidir e pensar bem no assunto.

Sobre o jogo, eu proprio admiti que, a partir do momento que não vi o jogo, aceito perfeitamente que digam que eu estou a dizer barbaridades. Contudo o que està em causa não é o jogo em si, mas o facto, repito, o facto de o Benfica, por uma razão ou por outra (mas elas existem sempre!), falhar constantemente nos momentos decisivos. Para mim, quem vacila, quem treme na hora decisiva é fraco... ou pelo menos mais fraco que o seu adversàrio.

Significa isto que acho que com o Jesus o Benfica nunca vai deixar de vacilar? NÃO!!! Penso que pelo contrario a final da Liga Europa é uma bela oportunidade para mudar a tendência e partirmos finalmente para a hegemonia no futuro.

Eu tenho este discurso todo e contudo é agora que digo EU ACREDITO!!!! Quantos durante a ultima semana não acabavam os seus comentàrios sem escrever estas duas palavras pequenas mas cheias de significado e agora estão calados??? Pois é Vitto, o meu ponto no texto é precisamente esse : é agora que todo o nosso benfiquismo tem que se manifestar... mas a verdade é que é nestes momentos que os benfiquistas se fecham na depressão. Isso tem que mudar : é uma questão de caracter.

LDP disse...

Pedro, então o facto de VP ter ganho o ano passado porque "o Benfica deu abébias" e este ano, outra vez, parece que será esse o desfecho final, diz-nos o quê sobre a "mentalidade e a qualidade do trabalho da estrutura azul e branca"?

Que a estrutura afinal depende de um dia menos bom de Jesus? Que depende da azelhice do Benfica? Ou que depende, apenas e somente, da peseirização do nosso departamento técnico?

É que uma estrutura ganhadora deveria depender apenas de si própria e olhar para trás para ver todos os seus adversários. Mas afinal parece que a mentalidade ganhadora só ganha se nós escorregamos. Isto não será um problema que a estrutura deveria resolver o quanto antes?

Atenção que eu não resumi nada a apenas um factor, mas tu parece que o queres fazer.

Miguel disse...

Caro David, apesar de respeitar a tua opinião (saudando o uso de um português correcto, orientado e coerente) tenho a dizer que discordo dela. A minha perspectiva sobre o futebol no geral e o futebol português em particular ao ser bastante diferente da tua leva a que haja essa disparidade. Talvez um dia haja hipótese de eu a expor. Parabéns mais uma vez por um texto bem escrito e boa sorte para os próximos, cá os aguardo.

Saudações Benfiquistas, Miguel

David Duarte disse...

"Mas afinal parece que a mentalidade ganhadora só ganha se nós escorregamos." Não LDP, a "mentalidade vencedora" ganha porque os outros escorregam E porque fizeram o que tinham a fazer.

P.S.: elemento importante a ter em conta. Fizeram o que tinham a fazer porque... não tinham mais nada para jogar. Esqueci-me deste ponto no meu texto que tem uma importância fundamental. Contudo, nao aceito que este ponto seja apresentado como desculpa. Estamos na luta por três titulos porque somos uma grande equipa e as grandes equipas vivem essa realidade sem se queixarem, nas palavras do proprio Jesus com o qual concordo. Mas podemos fazer melhor! Não apenas lutar por elas até ao fim, mas também, pasmem-se!!, ganhà-las!

David Duarte disse...

Miguel, então apresenta os teus argumentos! Espero aqui por eles. Existe pessoal que tem medo dos confrontos de ideias, que afirma mesmo que tem que haver unidade de sentimento e de pensamento para o bem do Benfica. Eu penso pelo contràrio que é na exposição de diferentes opiniões, que quer se queira quer não, existem que podemos ir mais longe, evoluir. Por isso força nisso!

LDP disse...

David, o que se diria então do "melhor plantel do Benfica dos ultimos anos" se, antes de o porto empatar em casa contra o Estoril, fosse á Madeira ganhar com um cruzamento que parte de fora das 4 linhas, um golo em fora de jogo e um penalty "daqueles". Tudo isto em 20 minutos e depois de meses a ver o Maxi, o Luisão, o Garay e o Melga a jogarem andebol na área sem que nenhum dos senhores da apaf descortinasse um penaltyzinho que fosse.

Seria sinal que "o Benfica tinha feito aquilo que tinha de fazer", não é?

Vitto Vendetta disse...

David, muito do que dizes faz sentido. Só quero que entendas que quem viu o jogo sofreu um choque tremendo ao minuto 92. Aliás, viu mais de 30.000 minutos esfumarem-se num segundo.

Claro que há muito a envolver tudo isto, mas esse momento merece um luto profundo por parte de quem o viveu intensamente (ou achas mesmo que o Jesus ia cair daquela forma se o momento não o justificasse?).

Não me peças para apoiar nada, eu sei é que estou com Jesus porque ele fez um trabalho excelente neste jogo, e nesta temporada, ao contrário da última onde cometeu muitos mais erros. Também sei que é bem possível o Porto empatar em Paços, e sermos campeões, assim como ganhar a Liga Europa. E sei que podemos ganhar a Liga Europa porque este Benfica não é o Benfica dos últimos anos. Este Benfica ganhou ao Fenerbache e ao Marítimo, quando o Benfica dos outros anos não o fez. Ontem foi uma fatalidade, nada mais do que isso.

Eu acredito, mas respeitai-me o luto.

David Duarte disse...

Esse luto eu não precisei fazer porque precisamente não vi o jogo. Sei o que aquele segundo em que os benfiquistas viram a bola entrar significa emocionalmente e talvez por isso até prefiro não ter visto o jogo... Estou jà completamente virado para a final da Liga Europa e com uma força que tu e muitos outros ainda não reencontraram e que talvez so terão na quarta-feira.

Sim, o Benfica deste ano é melhor (dai a minha hesitação em relação ao Jesus) e por isso mesmo penso que pode ganhar contra o Chelsea.

LDP disse...

David, quando intitulas (e baseias) o teu post com "o que ainda separa o Benfica do Porto" e como primeira coisa anuncias que não viste o jogo, lamento mas apresentas logo uma ideia ferida de morte.

Direi mais (e com bastante ironia, note-se), que parece-me que não foi só este jogo que não viste esta época, assim como das ultimas quatro e o melhor é nem retrocedermos mais no tempo...Jogos do Benfica e não só.

E eu gostaria de imaginar o que os membros da Luta Nacional Contra o Capela (ou seja, todos os lagartos, alguns sportinguistas e ainda muitos portistas) diriam hoje se vissem o Benfica passar para a frente do campeonato na penultima jornada depois de 5 ou 6 penalties por mão não marcados contra si, depois de um árbitro adiar um jogo do Benfica para lá dos regulamentos só porque sim, depois de um dirigente do Olhanense ter ido almoçar num restaurante de amigos do Vieira antes de jogar nas antas, entre outras coisas.

É um exercício fácil, David.

Seria, toda esta lista de exemplos somente desta época, um enumerar de todos os factores que compõem a mentalidade ganhadora do Benfica?

Ou seria outra coisa?

Rui disse...

Caríssimo David,

O pior burro é o que não quer ver, bem diz o povo, na sua eterna sabedoria e é bem verdade. Não passas de um caramelo, da era da internet, que debita meia duzia de lugares comuns e se acha uma espécie de Freitas Lobo, mas só do tipo de trazer por casa. Sobre os neurónios, só os culpo por me fazerem ler um post de merda, de um pseudo intelectual da luso bola, embora a meu favor possa argumentar com o facto de pensar que o Vito era um bocadinho mais rigoroso em termos da escolha de Benfiquistas com dimensão intelectual para escrever no glorioso "Cabelo". Pelos vistos, os teus lugares comuns foram suficientes para o enganares, porque não passas de um burro do caralho!

Paraste no tempo. Qualquer gajo que tivesse alguma honestidade intelectual, em vez de escrever um post datado, ou para usar o teu linguajar pseudo intelectual, um post intemporal, teria o cuidado de verificar se a actual equipa do Benfica é a mesma que perdia campeonatos bem cedo. E qualquer gajo com 3 neurónios, veria que esta é diferente e o jogo, logo com o nemésis Corrupção Futebol Clube, é importantíssimo para aferir da dita mentalidade.
Mas não, este teu post é uma espécia de ejaculação precoce, típica de gajo que se masturba em vez de foder uma gaja a sério, mas antes de se masturbar já se veio. Traduzindo para a tua pobre compreensão não se ver face a um obstáculo intransponível, já tinhas a conclusão tirada antes do jogo (a tal ejaculação), pelo que o jogo (o sexo a sério) passou a ser irrelevante.

Este post transforma-te, por isso, no equivalente blogosférico de um impotente. Pira-te mas é daqui, que o teu nível é muito inferior ao que seria exigível no "Cabelo" seu punheteiro do caralho. Burro de merda, Freitas Lobo "wannabe".

Vitto Vendetta disse...

Vitto é com dois 't', ó besta.

Rui disse...

O Vitto, vai pro caralho.

Assim já está bem?

Henrique disse...

David Duarte,

Bom, o ponto fundamental, e que acho que muitos não percebem, é que são as vitórias que fazem as "mentalidades vencedoras", e não as "mentalidades" vencedoras que trazem vitórias.

Onde é que isto já se viu? "É pah que equipa fraca, mas, como são fortes mentalmente, lá vão ganhando campeonatos". A sério que acreditam nisto?

O porto é uma boa equipa. Do nosso 11 só 3/4 jogadores entram de caras no onze deles. Isto é o que importa.

Mais um exemplo prático e simples: o Sporting deste ano. Péssimo inicio de época. Falta de "mentalidade"? Não. Faltava, isso sim, competência técnica/táctica aos treinadores. Tal como ficou provado mal o Jesualdo pegou na equipa, e as coisas melhoraram substancialmente.

Zé de Fónes disse...

Um dos melhores resumos que li nos últimos tempos. Infelizmente está lá quase tudo. Parabéns pela óptima escrita.

LDP disse...

Zé de Fones, o Dune, o Rendez-vous com Rama e o Guerra dos Mundos também são livros muito bons. Bem escritos e de uma intensidade brutal.
Mas daí a serem verdade vai alguma distância.

É que tecnologias nuca vistas, extraterrestres bons ou maus como as cobras e naves espaciais que quebram a barreira da velocidade da Luz são coisas assim um bocado para o inventado.
Mas muito bem escritas, de facto.

David Duarte disse...

LDP

1. não vejo em quê o facto de não ter visto o jogo de sabado retira legitiidade à minha argumentação visto que o que eu afirmo é que o que aconteceu no sabado està na mesma logica do que tem acontecido também com o Benfica do Jesus : nos momentos decisivos o Benfica falha e o Porto não. Ainda não vi um unico argumento que contrarie esta ideia, que demonstre que não, o Benfica não tem falhado nos momentos decisivos.

2. Essa ironia serve de pouco para a discussão. Nem tu podes demonstrar que eu não vejo jogos do Benfica, nem eu provar que os vejo... essa ironia é tão inutil para a discussão que até eu posso afirmar que tu nunca vês o Benfica jogar. Também serve para ti e depois ficamos nisto sem que nada de realmente interessante saia...

Henrique :

"são as vitórias que fazem as "mentalidades vencedoras", e não as "mentalidades" vencedoras que trazem vitórias."

São as duas coisas. As vitorias motivam como é obvio, mas o espirito de sacrificio, a seriedade no trabalho também aumentam as probabilidades de vitoria.

Rui:

Um abraço!

David Duarte disse...

LDP, agora meteste-me a pensar... acho que o ultimo jogo que não vi do Benfica foi em Lyon para a Liga dos Campeões. Como é obvio não és obrigado a acreditar nisto.

Espero é que no que disseste no teu comentàrio não pressuponha que para ti quem não interpreta o que tem sido o Benfica dos ultimos anos como tu interpretas é porque na realidade não vê o Benfica jogar. Acho que não preciso de explicar o porquê de querer que não seja isso.

Rafael Ortega disse...

Cheguei à parte em que se começa a falar dos corruptos com o Nacional e nem perdi mais tempo a ler.
aquilo não foi mérito, foi mais uma das equipazinhas que estão na Liga para obrigar o Benfica a correr até cair e para dar os pontos ao Porto de bandeja.

O Claudemir é o melhor daquela equipa e foi titular 27 dos 29 jogos da Liga. Nos dois jogos com os corruptos vai para o banco.

Poupem-me...

rui disse...

Ora nem mais,odeio o porto mais que tudo.Principalmente porque toda a gente sabe que eles controlam e mandam em tudo,mas fazem do povo parvo.COm as conversas do colinho,do regime,do salazar,do cavaco silva,da arbitragem etc etc...E é por causa de tentarem fazer do povo parvo que eu os odeio mais que tudo.

Dito isto,a realidade é esta que foi aqui escrita e quem nao a quiser ver ou é cego ou entao tem outro problema qualquer.

Henrique disse...

David Duarte,

"mas o espirito de sacrificio, a seriedade no trabalho também aumentam as probabilidades de vitoria." Sem dúvida. Mas, então, estás a dizer que o Benfica não possui estes atributos? Disto tenho de discordar, e acho inútil discutir coisas tão complexas como são o desempenho de uma equipa de futebol profissional apenas na base da abnegação e do sacrifício.

João Pedro disse...

Discordo de alguns pontos do post, mas reparei num que já me tinha ocorrido: "o nosso espirito vencedor que anda desaparecido desde 94". e é verdade. O Benfica dos anos 80/90 nunca virava a cara à luta. Perdia 7-1 com o sporting? Pois reunia as suas forças, não perdia mais nenhum jogo e ganhava à dobradinha. Tinha de ir Às Antas com mais um ponto, ameaças do guarda Abel e gases na balneário? Ganhava com 2 golos do César Brito. final da Taça nas Antas? No problema, Carlos Manuel resolve. Mesmo quando tinha plantéis menos talentosos, o Benfica nunca se dava por vencido. Tinha alma, carácter, garra. E ainda nos falta muito disso nas actuais equipas, que são muitíssimo melhores do que o que tínhamos há dez anos, mas que ainda não têm aquela mentalidade vencedora que nos faz tanta falta. E um dos pontos fracos de JJ é o ânimo para a vitória. Provar-nos-à o contrário na quarta?

David Duarte disse...

Acho que não Henrique. Sobretudo no sentido do que o João Pedro acaba de escrever.

Hugo Santos disse...

Amigos Benfiquistas que apregoam que o jogo foi sorte... Tirem a cabeça da areia e comecem aceitar os erros. Sim foi sorte, mas foi naquele lance como podia muito bem ter sido 10 min antes quando o James fcou isolado e mandou ao lado... Sabem como isto não teria acontecido? Se tivemos tido uma mentalidade atacante e jogado com o Porto como jogamos com o Moreirense, com o Olhanense e como seja quem for (menos o Porto). Se temos jogado com controlo de bola, posse, ataque, pressão em cima dos defesas e trinco do Porto e saido em transição para marcar golos teria sido diferente o resultado. Mas não, resumiu-se o jogo a bolas longas para Lima (que nunca apanhou uma ao Mangala) e na 2a parte para o Cardozo (este mais alto, mais possante ainda foi arrancando umas faltas mas pouco mais que isso). Agora pq quando tira o Lima pelo Cardozo não coloca os 2 a estancar o Porto lá atrás? Enzo sabe bem fazer o que Gaitan faz quando joga na esq, Matic e Rodrick são bem mais que suficientes para um Porto já sem Fernando no meio campo e acima de tudo é mais que notório que aos 70min John está REBENTADO!!! Tinhamos superioridade no meio campo com Enzo a diambular para o meio campo e a ala esq e tinhamos 2 jogadores de referencia para o jogo directo. Com Cardozo ou Lima sozinhos NUNCA o jogo directo funciona e o nosso poderio é que sufocamos as equipas adversárias à saida da área deles, não na nossa defesa. Vi este tipo de atitudes em 3 jogos esta época: Barcelona em casa, Fenerbahçe fora e Porto no Sábado. Coicidencia é que o resultado foi básicamente igual, derrotas. Ainda vi outro em que fez-se quase o mesmo mas nesse, e acho mais que por defeciencia do adversário mais que proeza nossa, o Sporting não saiu da Luz com outro resultado pq sinceramente não dão mais que aquilo. Equipas mais fortes vão nos vencer SEMPRE que adotamos a mentalidade fraquinha de defender e aproveitar tentar sair num ataque e surpreender... Sou adepto ferranho do Jesus mas já me canso se perder SEMPRE com o Porto (seja em casa seja fora) e ainda mais quando estamos em vantagem evidente entregar de bandeja campeonatos. No ano passado ainda ajudou saber que foram "ajudados" mas porra este ano não há chances para erro. Concordo com o escritor que comemorar a vitória na Madeira foi precepitada, podiam tê-lo feito no balneario e não teria passado para fora. Era um jogo decisivo mas tanto quanto era o o Estoril que me pareceu ter sido levado de animo leve como práticamente ganho à partida. 2 jogo 1 campeonato... 2 anos mais do mesmo! Há que começar a olhar para estes numeros como realidade e há que se fazer dessa realidade prova e estudo para que se mude algo. O Porto teve sorte mas tb a verdade é esta, foi a única equipa que, tirando um livre do Cardozo, rematou à baliza adversária. O Benfica, e desculpem o Jesus, enterrou num só jogo um formidavel trabalho duma época inteira... Sou sincero, se perdermos 4a feira vou ficar desolado, mas se ganharmos acho que apenas me vai servir de prémio de consolação... Tive um ano inteiro a ouvir que o importante é o campeonato e foi deitado fora na penultima jornada. Sei e viu-se na expressão desolada do Jesus aquando do golo do FCP, mas deve-o a ele.

Velha máxima do futebol: "Quem joga para empatar, arrisca-se a perder"

Hugo disse...

Post bem escrito e muito lúcido. Daí gerar tantos anticorpos entre os próprios benfiquistas, pois estes estão habituados a nunca reconhecerem o mérito dos outros. Um bom exemplo disso é o LDP

MrFields disse...

Percebo o que o David quer dizer aqui... A mentalidade que o Porto tem na adversidade é inversamente proporcional à nossa. Se eles tivessem perdido o jogo no sábado e tivessem uma final amanha, estavam com "ganas" e quem pagava a fatura era o próximo cliente... Nós ( todos, jogadores, adeptos) carpimos e achamos que tudo está perdido. É nestes momentos que os fortes se transcendem e os fracos soçobram ! Eu acardito!!!

LDP disse...

Peço desculpa hugo, mas vais ter de ler outra vez. Eu até estou de acordo com muita coisa escrita no post e nos comentários do autor deste.

Mas a tua generalização sobre os benfiquistas não é verdade, assim como a tua individualização sobre a minha forma de benfiquismo também não é verdade.

O que é verdade é que se eu te pedir exemplos de palavras tuas a reconhecer o mérito de outros tu vais ter de fazê-lo.

Man Moon disse...

Caros sofredores, como eu,

É necessário ver todo este historial de forma objectiva:
- em primeiro lugar, ao fcporto deveria ter acontecido o mesmo que sucedeu, por exemplo, em Itália, quando se descobriram os escândalos de corrupção. Esses clubes demoraram anos até recuperarem e alguns deles não recuperaram ainda - cá é a vergonha que se sabe;

- em segundo lugar, o Benfica acabou por sofrer com esta circunstância, mas decidiu somar-lhe uma tremenda incompetência de gestão interna. E diga-se que é quase milagroso que se tenha conseguido levantar, ainda que timidamente;

- nos últimos anos, o fcporto não tem jogado melhor do que nós, não tem comprado nem vendido melhor do que nós, nem "merecido" melhores resultados que nós. Mas isto são tretas, porque para a história ficam os registos e os nossos troféus ainda são miseráveis nestas últimas décadas;

- A diferença para mim é muito evidente. Um clube de futebol, nos dias de hoje, pouco tem de clube de futebol como o conhecíamos e deve funcionar como uma verdadeira estrutura empresarial. Com princípios de gestão e direcção semelhantes às grandes empresas. E o porto comporta-se como uma grande empresa e nós como uma grande empresa "wanna be".

- Eu conheço as grandes estruturas e todos sabemos que o que importa são os resultados. Os resultados. Mas alguém quer saber o quão extraordinário foi o percurso até ao fecho de uma grande operação?! Isso não importa, só interessa o que se fechou, o que se ganhou. Ao contrário, não falta quem prefira vangloriar-se todo o caminho, mas acabar por fechar negócios medíocres. E a grande questão é que em quem se habitua a preocupar-se com o sucesso final, para além de efectivamente o garantir, passa a considerar obrigatório (!) alcançar os resultados intermédios. Isso nem se põe em causa, porque o objectivo é outro, maior e que verdadeiramente interessa.
Infelizmente o nosso Benfica não pensa assim, e pior ainda não se comporta assim. Pensamos demasiado a curto prazo. à terceira jornada estamos a anunciar que vamos ganhar as competições todas e que somos um rolo compressor...

- Por último, falta-nos sorte. Mas engane-se que julga que a sorte se espera como chuva no verão. A sorte conquista-se. É resultado do trabalho e da vontade. Da humildade. Da repetição. Já repararam que quem tem sorte tem muitas vezes sorte?

Reparem que todos nós acreditávamos, e muito, que podíamos ser campeões no dragão, mas todos nós, no âmago, sabíamos que o desfecho seria este. E isto é que é sintomático da nossa completa ausência de trabalho para resultado final. Do nosso imediatismo e da falta de estipulação de resultados a longo prazo.

Dói-me na alma porque o Benfica é enorme, mas ainda há esperança. Ao contrário do que aconteceu com grandes clubes europeus entretanto desaparecidos, nós estamos lá e mais do que a tempo de nos tornamos efectivamente grandes. Efectivamente vencedores.

Hugo disse...

Mais uma achega ao post . Depois do jogo na Luz do ano passado, o FCP ficou com 3 pontos de avanco e acabou a Liga com 6 de avanco mesmo tendo perdido ainda 4 pontos.
Bastava o SLB ter vencido os seus jogos e tinha sido campeao

Rui Oliveira disse...

Boas tardes,

Nunca até hoje comentei em blog's, preferindo manter-me apenas á "janela".

Contudo, a situação actual do meu Benfica obriga-me a fazer este comentário.

Não poderia estar mais de acordo com o texto original deste tópico.

No entanto subsiste outra diferença entre o nosso Benfica e o porto que me está a tirar do sério.

Será impressão minha ou isto nos últimos dias tem sido um verdadeiro circo. Toda a gente ligada ao clube a mandar bitaites.

Vejamos o porto na semana antes do clássico, não se viu qualquer comentário com excepção da conferencia obrigatória 24 antes da partida. Até agora a um passo do título, com a excepção do Kelvin (que já deve ter ouvidos das boas do PC), remeteram-se ao silencio preparando a próxima jornada decisiva.

Quanto a nós, ele é o LFV, o JG, o JJ, os jogadores na nova moda do twitter, os notáveis, só falta falar o gajo que apara a relva.

Ainda á minutos foi ver o Sálvio a postar uma foto do hotel em Amsterdão, o JJ ao sair do aeroporto teve que mandar mais umas postas, o grande e experiente Aimar ontem como hoje veio dizer mais umas baboseiras, o Ola Jonh a tirar fotografias a caminho do dragão... Tem sido um verdadeiro circo de vaidades...

CONCENTREM-SE NO TRABALHO QUE TÊM QUE FAZER!!!

A concentração, a mentalização e a superação não se coadugna com entrevistas, bitaites, twitters e afins.




Henrique disse...

Este post tá pejado de Miguéis Gonçalves do desporto.

Desculpem que vos diga, mas não percebem um real caralho de futebol e desporto em geral. E disfarçam essa falta de compreensão com algo que percebem, achando que é a única coisa que influencia o destino de uma competição é a seriedade, o carácter, a abnegação, etc.

Não compreendem que para ganhar constantemente ao Porto temos de ser superiores técnica e tacticamente. Mas quando isto acontecer, e estou convencido que irá acontecer, vamos ter aqui os Miguéis Gonçalves a apregoar a maior abnegação ou o caralho por parte dos nossos jogadores.

David Duarte disse...

Henrique, não me faças dizer o que eu não disse. "Num ano em que o campeonato foi um dos mais equilibrados de sempre, a diferença seria feita pelos nivéis de competência de cada equipa". Isto pressupõe precisamente que eu considero que nos restantes, inclusivé tecnicos e tacticos, tanto Benfica como Porto estão ao mesmo nivel. Podes não estar de acordo com isto, mas sê sério tu também e não caricatures o que eu escrevi.

Noé Rocha disse...

Caro LDP a sua lógica parece de um miudo de 5 anos.
Quer o SLB tenha dado abébias ou não, o FCP ganhou os seus jogos, consegue entender a parte do "seus jogos". O Benfica faz um jogo por semana para o campeonato e não dois.