ENTREVISTA - CARLOS SEVERINO

Muito já foi dito acerca do nosso próximo entrevistado, fez uma carreira brilhante no jornalismo e abraçou um grande projeto, ainda com Roquete, permanecendo no Sporting de 1998 até 2006 como responsável máximo pela comunicação do clube. Atualmente, colabora com o Correio da Manhã e dá uma "ajuda" no jornalismo regional da sua amada terra, Loures. Um comunicador como poucos, foi um enorme prazer para nós conversar com Carlos Severino, um verdadeiro Gentleman.

Carlos Severino em 1993, na Austrália, ao serviço da TSF

Cabelo Do Aimar: Pablo Aimar continua a encantar toda a nação benfiquista, com o seu futebol de classe e com o seu “ganda” cabelo. O que acha dele? E do seu cabelo?

Carlos Severino: Pablo Aimar foi recuperado para o futebol pelo Benfica. É um excelente executante e explora bem o seu visual que o distingue dos demais.

CdA: Segundo o blog “Polvo dos Papalvos”, após a final de Viena, alguns investigadores tentaram perceber se houve doping na equipa portista. Que relação tem com esse blog?

CS: Nada tenho a ver com o blog Polvo dos Papalvos, do qual só agora tive conhecimento da sua existência. Quanto a um alegado caso de doping na final de Viena, nunca tinha ouvido tal. Na minha opinião tratou-se de uma brilhante vitória do F. C. Porto, que no campo foi superior ao Bayern.

CdA: Valentim Loureiro foi sempre apontado como o grande mestre da corrupção. Isso levou a que os clubes de Lisboa se aliassem a Pinto da Costa, especialmente Damásio. Essa aliança teve algum efeito benéfico para os clubes lisboetas? Era Damásio, amigo do “sistema”?

CS: Valentim sempre foi um estratega astuto. Aos clubes de Lisboa dizia mal de Pinto da Costa, mas na verdade tinha uma boa relação com o ‘papa’ com quem repartia os ‘negócios’ futeboleiros. Damásio deixou-se envolver. Ganhou o campeonato de 94, o tal dos 3-6 em Alvalade depois do Sporting perder nas Antas e acabar com 8 jogadores em campo. O então presidente do Benfica acabou por ir para presidente da Liga substituindo Pinto da Costa. Pouco tempo depois disse-me que nada mais queria com Pinto da Costa. Foi o fim de Damásio no Benfica.

CdA: O Presidente do Boavista foi dos primeiros a fechar a porta ao Movimento dos Presidentes, ao que se seguiu Luís Filipe Vieira. O que realmente os levou a abandonar esse movimento, sendo que nessa altura eram “amigos” de Pinto da Costa?

CS: O Movimento dos Presidentes é o concretizar de um desejo de Dias da Cunha que só surgiu depois de Pinto da Costa aceitar o repto do presidente do Sporting. E porquê Pinto da Costa? Dias da Cunha entendia que o presidente portista já tinha ganho tudo e por isso estaria disposto a participar na regeneração do futebol português, apagando a imagem das situações menos claras com que era conotado. E tudo correu bem até que Benfica e Boavista se retiraram, alegadamente pelo Estrela da Amadora pedir a descida de divisão do Benfica por atraso nos vencimentos aos jogadores! E assim terminou uma ação que chegou a juntar todos os clubes das Ligas profissionais.

CdA: Quem tramou o Boavista?

CS: Os Loureiros tiveram mais olhos que barriga. Quem se tramou foi mesmo o Boavista.

CdA: O Carlos trabalhava no Sporting com Roquete, quando este abandonou o clube por incompatibilidades com Luís Duque. Quais eram essas incompatibilidades, e em que medida estavam relacionadas com o ainda desconhecido “sistema”?

CS: Roquete não era um homem do futebol. Convidou Duque, por sugestão de… Valentim Loureiro! Com a conquista do campeonato, Luís Duque pode ter pensado que teria condições para assumir a presidência do Sporting. Afrontou Roquete e este, por sua vez, entendeu que não estava para se sujeitar e saiu. Duque montou o seu ‘sistema’ para levar o Sporting ao título. Rodeou-se por gente que trabalhou bem nos bastidores, como foram os casos de José Veiga e do ex-árbitro Pinto Correia. Mas depois teve de pagar a fatura. O famoso ‘custo’ zero de João Pinto, cifrado em 10 milhões de euros, foi o ‘emblema’ de um movimento anormal de custos que deixaram os cofres de Alvalade nas lonas.

CdA: Fala em José Veiga. Ele foi apontado como o grande responsável pelo título benfiquista de 2005. Mais tarde acabaria por abandonar o clube, acusado de muitas artimanhas que levaram a buscas às suas residências. Veiga pertencia ao sistema? Luís Filipe Vieira não sabia disso?

CS: José Veiga é um produto do ‘sistema’. Aprendeu e depois afrontou-o. Com isso, não só foi fundamental no título do Benfica, como nos dois títulos do Sporting e no campeonato conquistado pelo Boavista. Veiga não sai do Benfica por ser do ‘sistema’. Saiu porque o ‘sistema’ se encarregou de o afastar. Estava a ser nefasto para os ‘donos’ do negócio futebol. Vieira não quis perceber.

CdA: Referiu que Dias da Cunha foi afastado por membros do próprio clube. Fala até de uma série de personalidades que se juntaram num célebre almoço, no Estoril, para celebrarem a derrota do próprio clube. Quem eram?

CS: Desse almoço não resultou o afastamento programado de Dias da Cunha. O Sporting venceu no Estoril por 4-0 e os ‘conspiradores’, faziam passar que a presença de Dias da Cunha na Amoreira seria pouco recomendada, mas tiveram de meter a viola no saco. Quanto a nomes, só posso adiantar que era gente de dentro do Sporting, com ligações à direção e ao futebol. Havia também um conhecido empresário com muitos negócios em Alvalade. O jogo realizou-se em Outubro de 2004.

CdA: Fala-se insistentemente de elementos destabilizadores no clube, mas ninguém se chega à frente com nomes...

CS: O Sporting tem um grave problema estrutural. Desde João Rocha que não há um presidente que domine os meandros do futebol. Quando assim é, acaba sempre por haver desencontros criados por falta de uma voz de comando e isso reflete-se nos resultados desportivos e financeiros. A estrutura do Sporting é constituída por um conjunto de ‘quintinhas’ onde pululam interesses pessoais muito difíceis de controlar.

CdA: Como viu a reentrada de Carlos Freitas no Sporting?

CS: Carlos Freitas é um funcionário que conhece bem os bastidores, claros e escuros, do mundo do futebol. Declarou-se amigo de Moggi e de D´Onofrio contratando, com o aval dos dirigentes, é claro, mais de uma centena de jogadores para o Sporting. No seu registo de negócios não constam vendas dignas de aplauso pelo benefício que trouxeram aos leões. Foi com ele que se venderam Ronaldo, Nani e Quaresma, mas esses eram produto da formação. Freitas trabalhou com os dirigentes Duque, Ribeiro Teles e José Bettencourt que deveriam explicar a razão das opções pelos jogadores contratados cujos custos criaram o grande desequilíbrio nas contas do clube.

CdA: Foi o Carlos que sugeriu a contratação dos serviços de Marinho Neves pelo Sporting. Durante os anos em que lá trabalhou, forneceu informações blindadas do sistema. Como sabia ele com antecedência o nome dos árbitros? Existem “bufos” no sistema?

CS: Marinho Neves, para além de ser um homem muito bem informado, é um bom amigo. Por isso não tive dúvidas em sugerir o seu nome para nos ajudar no Sporting. Não é para qualquer um, mas o chamado ´sistema’ é algo que tem tantos buracos que se torna fácil nele penetrar. No convívio com as diversas personagens, facilmente nos apercebemos como tudo funciona, porque eles não escondem. Como jornalista assisti à maneira brejeira, para não chamar outra coisa, como os conotados com o ‘sistema’ falavam dos dirigentes de Sporting e Benfica. “ Tudo bons rapazes”!

CdA: Será que nos pode contar algum caso caricato que tenha ocorrido durante essa altura?

CS: No Sporting, mediante informações que Marinho Neves fornecia, foram feitas algumas ações para prevenir situações que podiam prejudicar o clube. Recordo-me que nas vésperas de um Benfica – Sporting soubemos que o árbitro nomeado para o jogo era um fervoroso benfiquista, sócio de 20 votos e de camarote. Pedro Proença, nem mais. Estrategicamente passámos isso a um jornal desportivo e a outro generalista, que conseguiram comprovar a veracidade dos factos. Contas feitas, o Sporting venceu por 3-1, com Proença a assinalar um penálti a favor dos leões, logo aos 5 minutos, que gerou muita polémica.

CdA: Na sua opinião, o título de 2005 foi roubado ao Sporting. Terá sido o Benfica, com manobras de bastidores, ou o próprio “sistema” montado no norte do país, que queria a todo custo acabar com o incómodo Dias da Cunha?

CS: Sem dúvida que Dias da Cunha incomodava. Depois de dizer, em entrevista à RTP, os nomes líderes do ‘sistema’, e em privado, junto do próprio, que Joaquim Oliveira era o 3º rosto do dito, Dias da Cunha foi alvo, na minha opinião, de linchamento público, quer através dos OCS do dono da OliveDesportos, quer através de outros dirigentes do Sporting que intervieram em público contra Dias da Cunha por este se aliar a Vieira no combate ao ‘sistema’. Está nessa posição Miguel Ribeiro Teles, o dirigente que nas eras Roquete, Dias da Cunha e Soares Franco mais tempo esteve à frente do futebol leonino. Tudo isto ajudou a uma desestabilização interna que acabou por se refletir nos resultados daquela que podia ter sido a melhor época, de sempre, do Sporting, mas que acabou conhecida pela temporada do “Quase”.

CdA: Marinho Neves disse recentemente que sabe o porquê das arbitragens duvidosas nos jogos dos leões desta época, mas recusa-se a revelar o motivo. Você sabe?

CS: O Marinho Neves é uma pessoa muito bem informada, mas desconheço a que se refere. Só sei que o Sporting não tem influência na promoção ou despromoção dos árbitros, por isso era, e é, o elo mais fraco.

CdA: Se pudesse deixar uma mensagem aos leitores da blogosfera, que cada vez mais preferem a informação que recolhem em blogs aos próprios jornais desportivos, qual seria?

CS: O mundo do futebol envolve muitos interesses que vão muito para além dos relvados. A realidade é que há quem defenda o seu emblema, com métodos que merecem menos ou mais simpatia, e obtenha resultados, como é o caso no F.C. Porto. Outros nem por isso. No Benfica a situação tende a mudar. No Sporting vai ser muito difícil a mudança do estado atual. Godinho Lopes quer, mas dificilmente vai conseguir mudar o rumo. O facto de ter outros a mandarem no futebol pode-lhe ser fatal. Perante este cenário, os adeptos que não se iludam. Quando vão para os estádios pesem sempre que tudo pode estar muito para além do espetáculo no relvado. Assim terão menos deceções.

Carlos Severino
CPJ: 1496 

28 comentários:

Anónimo da Silva disse...

Ora bem, vejamos então pontos desta entrevista:

- Vitória brilhante do Porto na final da Champions
- Campeonato de 94 ganho pelo Benfica, comprado.
- Benfica abandonou o Movimento dos Presidentes, uma tentativa de regenerar o futebol português, porque era caloteiro e preferiu fugir.
- Sporting ganhou o campeonato À custa do sistema
- Vieira não quis combater o sistema
- O Oliveira é que manda nesta merda toda.

Conclusão: A culpa é do Porto :D

Quim Berto disse...

Ainda tenho que ir digerir esta informação toda mas pareceu-me que o Marinho concretizou mais...

Anónimo vai lá acabar de comer langonha se desta entrevista só consegues compreender isto.

WDF??? disse...

"A realidade é que há quem defenda o seu emblema, com métodos que merecem menos ou mais simpatia, e obtenha resultados, como é o caso no F.C. Porto."

Conclusão: A culpa pertence a pessoas como tu em que o meio justifica o fim.

Anónimo da Silva disse...

a única coisa que eu tiro desta entrevista é que todos os clubes se servem do sistema. E que uma das pessoas que menos está interessado em combatê-lo é o Orelhas.

Quanto à credibilidade da mesma, sinceramente não conheço o Severino. Acredito que pelo menos não seja tão lunático como o Marinho.

Vladimir Kaspov disse...

Por mais conteúdo que tenham estas entrevistas (e é muito) a 1ª pergunta é sempre a melhor.

Anónimo da silva mete mais tabaco nisso meu, ou então dorme mais horas, a sério.

Não têm nada a ver com o meu nome! disse...

Mais uma vez fica aqui bem óbvia a grande salada que é o futebol, e o que dá quando as pessoas erradas estão na frente das coisas...

Estas "coisinhas" todas são boa parte do motivo pelo qual não sigo clube algum.

Observo de longe, neutra.

Valdemar disse...

Ó neutra, queres o meu telefone?

Para aquelas noites em que te apetece uma militânciazinha...

doneri disse...

Palmas para a actuação do dia!

Não há nenhum óscar pa merda dita na blogosfera???

O burro da silva leva já o meu voto!

Honestamente todos dizem o mesmo, o sporting é um clube minado desde lá de dentro!

Já estou a antever proençadas para amanhã, nomearem um árbitro que foi "supostamente" agredido por simpatizantes do Benfica, enfim...

Não têm nada a ver com o meu nome! disse...

Valdemar, devias escrever um livro: "Como tentar estragar uma caixa de comentários com uma infelicidade"

Iria ter o sucesso merecido: nenhum.

M disse...

o adorador do bufas é só rir....

Constantino disse...

Antes de mais dizer que vocês daqui para a frente vão ser sempre vitimas da grande personalidade que escolheram para a 1ª entrevista. Tudo o que vem a seguir ao Marinho...sabe sempre a pouco... a nãos er que consigam uma entrevista com o Antonio Fiuza ou com o Aprigio Santos (com chapéu).

Bem, da minha parte tenho apenas 2 pontos:

1. Invejo os portistas. Gostava de ter o nivel de filhadaputice que eles têm. Considero-me um gajo com lata, mas os portistas não têm lata, têm filhadaputice. Digo isto porque acho que só uns filhos da puta é que podem fazer figura de virgens ofendidas depois de todas as merdas que já vieram a publico envolvendo o clube deles. Isto é tipo o Breivik vir dizer "o paco bandeira mandou uns sopapos na mulher... e eu é que sou um psicopata assassino?".

2. Noto um padrão espectacular nas entrevistas com o Marinho e com o Severino: na 1ª fala-se de um arbitro que jantou com o major para beneficiar o boavista e no fim beneficiou o sporting; nesta entrevista fala-se do proença ser socio do SLB mas no fim beneficiou..... o scp. Ora, estando nós a falar de 2 pessoas que estiveram nos quadros do sporting, a pergunta impõe-se: o luto e os choradinhos são mesmo porquê??

Abraço

Pedro disse...

Mais uma vez parabens aos bloggers. Excelente entrevista.

Mas, tenho que deixar um reparo: pareciam a TVI com manchetes bombásticas e depois, o conteúdo, népias. ☺

" título "roubado" ao Sporting em 2005"

A resposta, afinal, mais não é que problemas internos dentro do sporting. Nada de "roubos" e muito menos que belisque a conquista do título pelo SL Benfica.

lawrence disse...

Ó Valdemar, essa foi à bruta!
Então a senhora é "voyeur" (observa de longe) e tu queres aproximações?
Assim não marcas golo nenhum!

Vitto Vendetta disse...

Constantino com a verdade, as usual.

Vitto Vendetta disse...

Pedro, na minha óptica, o Pinto da Costa foi o grande responsável pela época do "quase", pois esteve sempre por detrás das destabilizações do Sporting, como ainda está hoje. Mas isso não tira o mérito ao Benfas, que lá foi fazendo a sua campanha, e como foi o mais regular, venceu.

lawrence disse...

Sobre a entrevista, ficou um bocadinho curta.
Digamos que qualquer junta-letras e/ou avençado sabes estas coisinhas.
E nós sabemos que eles sabem, como tal, quando saem, não trazem sal q.b.
Da forma que isto anda, só com umas "bujardas" boas é que o pessoal atesoava!
Claro que ninguém as quer dar tal o estado da justiça nesta terra.
Guarda-as, que servem de seguro de saúde!

Vitto Vendetta disse...

Lawrence, os processos em tribunal estão caros, e como a vida anda, entendo perfeitamente que não queiram dar nomes. Mas alguns estão lá, só que são mais do interesse do sporting do que propriamente da verdade desportiva.

Pablito disse...

Entrevistem um qualquer taxista anónimo da cidade do Porto e vão ver se não sai de lá mais suminho que estas duas entrevistas juntas...
É que os joelhos estão caros e quem tem cu tem medo...

Mas o pior de tudo... é que os gajos que foram apanhados andam todos aí... e obviamente aperfeiçoaram os métodos...

lawrence disse...

Há sempre a considerar que há uns tempos atrás nem estas saíam!

lawrence disse...

Valdemar:
Levaste com os boots, vai dar alimento ao fish que o pessoal esqueceu-se dele!

Daniel disse...

a entrevista tem algum sumo que se pode retirar das entrelinhas!

é verdade que parecendo que Marinho Neves nos deu mais do que Carlos Severino, não nos podemos das funções que cada um desempenhava e que actualmente desempenham.

acho que foi bastante positiva, não peçam é aqui afirmações que não podem ser provadas senão vai entrevistadores e entrevistados tudo com o caralho...

já agora, vale a pena continuarmos com a rubrica? só tou a ver pessoal a dizer mal pá!

lawrence disse...

Continua!
Para dizer-mos mal ora porra!

Constantino disse...

Fodasse Daniel, dizer mal é a principal utilidade do ser humano e fazer estas entrevistas tem que ser uma das vossas principais funções. O que eu disse no meu comentario é que vocês vão sempre sofrer do problema que aflige as bandas que iniciam carreira com um 1º album estrondoso. Tudo o resto continua a ser obras primas, mas o 1º é que fica gravado no coração (olhá pieguice fresquinhaaa).

Abraço e pensem seriamente em entrevistar o Fiuza...para mim era impagavel...

DeVante disse...

Grande post e comentário brutal do Constantino!
Conclusões interessentantes do Vitto.
Gajos que gostaria que fossem entrevistados:

- Adriano, o agora jogador do Oliveirense que não queria ser empretado ao Braga e que agora joga na 2ª;
- José Marinho, jornalista do Sporco TV e adepto do Benfica;
- Presidente do Vitória de Setúbal e da União de Leiria;
- Maria José Morgado;
- Herculano Lima, magistrado, sócio do clube corrupto e dirigente do conselho de justiça da FPF.

DeVante disse...

E que dizer desta tentativa absurda de branqueamento:

http://www.dn.pt/desporto/interior.aspx?content_id=2342522

Villas Boas foi vítima tão só da sua incompetência!

Pinto disse...

Foda-se... Até a epoca do "quase" com o Benfica campeao Tbm foi culpa do Porto para voces?? LOOOOOOOL
Gozam gozam mas o anonimo da silva nao fez mais do que focar pontos importantes. Nada do que ele resumiu nao esta na entrevista. Contrapoem voces com a passagem dos "metodos menos claros", a unica que vai contra o Porto... Ou seja so dados concretos ate contra o Vieira e contra o Porto so a azia no fim sem nenhum episodio para contar, e ainda e nisso que pegam LOOOOL
DeVante, Jose Marinho? Pergunta lhe de uns miudos do Porto com quem passou ferias a 10 anos no Algarve que lhe deram um gozo descomunal... Ele bem fez troça, mas eles tinham razao quando diziam que com o Derlei ganhavam a taca uefa...

Vitto Vendetta disse...

Pintinho (és neto dele e da brasileira?), porque achas que Vieira era tão amiguinho do teu avô nessa altura? Lero Lero e ouve as escutas, vale?

Abraço.

Anónimo disse...

- Vitória brilhante do Porto na final da Champions
Na primeira parte nem corriam... na segunda parte pareciam GAZELAS. DOPING PURO!!!!

- Campeonato de 94 ganho pelo Benfica, comprado.
Nem devias ser nascido, palerma. O Benfica vence o campeonato de 94 com TOTAL JUSTIÇA, com uma das melhores equipas de sempre do futebol português.

- Benfica abandonou o Movimento dos Presidentes, uma tentativa de regenerar o futebol português, porque era caloteiro e preferiu fugir.
Nos anos seguintes, o PINA MOURA deu um perdão de dívida ao teu clube. O Benfica pagou tudo... vocês foram pedir perdões de dívidas. E no Basquete já pagaram tudo aos atletas da equipa do ano passado, CALOTEIROS???

- Vieira não quis combater o sistema
O Vieira tem dado tantas dores de cabeça ao CORRUPTO DO TEU PRESIDENTE que hoje ele nem o pode ver. E o Oliveirinha é a mesma coisa.

- O Oliveira é que manda nesta merda toda. PAPALVO CORRUPTO é o que tu és
O Oliveira manda e financia o teu CLUBE NOJENTO CORRUPTO!!!! PAPALVO CORRUPTO!!!