Recreativo da Caála, mais duas derrotas

Negras nuvens atravessam o céu do Huambo. O Recreativo continua sem ganhar, tendo neste momento 4 derrotas em outros tantos jogos. Já com um novo treinador, Luis Aires, a equipa não recuperou ainda o jeito para sequer empatar jogos, e está em último no campeonato Girabola 2016.

A semana passada a sorte sorriu ao ASA por 3-1. Com 14 bolas nos postes o Recreativo pode queixar-se do azar, visto que, ainda por cima o seu adversário usou esses mesmos postes para tabelar a bola e marcar golos.
No último domingo foi a vez do Petro ganhar sem, no entanto, convencer. Dirigentes do Caála dizem que algumas fontes ouviram dizer que a equipa de arbitragem foi apanhada em pleno flagrante a usar  vales de desconto na Telepiza de Luanda, para uma coca-cola grátis e extra queijo numa das pizzas familiares. A comissão de arbitragem informou que irá investigar o caso sem se rir. Muito.

Em cima contra o ASA, Adriãozão tenta desembaraçar-se de um adversário, neste caso, a bola.

Em baixo, Selim Mané tenta descobrir para que lado é a baliza do Petro de Luanda.

Tanto o novo treinador como o dirigente, Horácio Mosquito, não prestam de momento declarações, visto que o clube está a avaliar um possível black-out até que a equipa consiga pelo menos um ponto no campeonato.

2 comentários:

A bug's life disse...

Muito bom :)

pedro nuno disse...

Acho que o seu homónimo de Lisboa(sportem) tem tido mais sorte com as arbitragens.