Simples reflexão (ainda) sobre as caixas e os jantares



Nos diferentes sectores de actividade em Portugal, é comum oferecer-se uma prenda ou uma lembrança como forma de agradecimento, cortejo ou meramente simpatia por um serviço efectuado. Se numas vezes tal é feito com intenção de suborno, noutras assume um carácter de mero galanteio, da forma mais simples de agradecimento que pode haver. Numa altura em que se discute o valor, a intenção e o propósito das ofertas com que o Benfica agracia árbitros e observadores, acho importante tentar dissecar este assunto.

Quando um engenheiro camarário recebe umas luvas para facilitar a construção de um imóvel em terrenos não destinados à construção civil, não temos dúvidas da intenção de quem oferece a prenda nem de quem a aceita. Quando um médico recebe um queijo e uma garrafa de vinho também acho que ninguém duvida que o doente não está à espera de ser melhor atendido por parte do clínico nem que este o fará de tal forma. Posto isto, em que parte deste espectro ficam as prendas que o Benfica dá aos árbitros?

Em primeiro lugar, confesso que acho anormal a quantidade: uma camisola de Eusébio e um jantar parecem-me um exagero face à ocasião. Se é bem verdade que ter a honra só de si de poder arbitrar um jogo no Estádio da Luz já seria motivo de orgulho e satisfação para qualquer árbitro, a oferta da camisola coaduna-se à ocasião, porém, não entendo a que propósito vem um jantar. Ainda se fosse no contexto das provas europeias, de forma a dar conhecimento do país, da gastronomia, da sua História, do bem receber dos portugueses, penso que se aceitaria, mas não vejo sentido nenhum em oferecer jantares a árbitros e observadores portugueses.

O problema da questão nem se encontra naquilo que o presidente do Sporting pretende fazer passar: a ilegalidade. Não é. A FIFA refere nos seus regulamentos que os árbitros podem receber prémios que não excedam os 200 francos suíços, qualquer coisa como 184 euros, algo que penso que não excede o valor das ofertas que o Benfica faz. O problema (e não a ilegalidade, que são coisas diferentes, repare-se) poderia colocar-se no facto de os árbitros se sentirem pressionados a favorecerem o Benfica. Recebendo um árbitro 1342 euros por cada jogo na Liga (sem esquecer o salário base que auferem e ainda as presenças que fazem, alguns deles, nas provas europeias), que árbitro é que se vende ou se sente pressionado sequer a apitar em favor de um clube que lhe oferece um jantar?

Existe um limiar financeiro estabelecido pela FIFA para as ofertas e, concorde-se ou não, esse limite deve ser acatado. Se o presidente do Sporting não gosta, tem de se habituar à ideia de que não é ele quem faz os regulamentos. O que o Benfica faz está aparentemente dentro da lei. Tal como o que o Sporting fazia nos tempos de Godinho Lopes, quando oferecia uma camisola do clube aos árbitros que se deslocavam a Alvalade para arbitrarem jogos dos leões. Será que Bruno de Carvalho se esqueceu disso? Ou será que acha mais formal e correcto o depósito de dinheiro na conta de um fiscal-de-linha antes de um jogo na Madeira?

Das várias formas de pressão que existem, a oferta de uma camisola e de um jantar, por mais despropositado que seja, não me parecem ter influência sob quem ganha mais de 3500 euros por mês. Já a pressão psicológica com apelos a um clima de guerrilha constante, com declarações depreciativas e agressivas que visam directamente os árbitros que são escalados para os jogos do clube de Alvalade parecem-me, isso sim, abusivas e condenáveis, bem mais capazes de condicionar o comportamento de um árbitro e de falsear a verdade desportiva, como se viu aliás este fim-de-semana. Este clima de talibanismo criado pela estrutura do Sporting, isso sim, deveria preocupar não só quem nomeia os árbitros bem como a Associação que os defende. Parecendo que não, em 9 jornadas, já foram assinalados cinco penalties a favor e 3 expulsões contra. Por este andar ainda batem o record de 2001/2002, que também lhes pertence."

Tirado DAQUI. Acho que está tudo dito e o resto não passa de histerismo tático de um clube que quer condicionar ao máximo os árbitros portugueses e o nosso clube.

13 comentários:

Ricardo Fernandes disse...

Escrevi o mesmo nesse post, de onde o tiraste. Antes de qualquer coisa, vejam este link:

http://travessadoalqueidao.blogspot.pt/2015/10/mais-facil-que-apanhar-um-coxo.html

NÃO HÁ QUALQUER OFERTA DE JANTARES NO RAIO DA CAIXA!

Valdemar Iglésias disse...

Os tomates. Hipócritas. Se fosse e quando foi o Porto andavam aí que nem araras.

Tenham vergonha.

Valdemar Iglésias disse...

Aquela arara ali até diz que não há ofertas de almoço. Coisa que quem recebeu até admitiu.

São risíveis.

Unknown disse...

Ó excremento iglésias, diz lá um nome que tenha confessado ter recebido vouchers de jantares, repito jantares e não camisolas! Só um, o monte de esterco, que passa a vida em blogs do benfica!

Ricardo Fernandes disse...

Arara é a bicha que tens enfiada na peida oh energumeno. Vai ver o site que meti. Abécula.

Unknown disse...

Já agora ó paneleiro iglésias, tu pertences a uns merdas que quando se fala sobre o seu ex-presidente (J Gonçalves in ABola Magazine) a confessar ter corrompido árbitros, assobiam para o lado!
Quando se fala nos 2000 euros depositados em contas de árbitros, vocês assobiam para o lado!
Vocês que, como o trinca bolotas referiu, oferecem camisolas, comidinha (será lagosta como antigos dirigentes confessaram dar?) e fisioterapia, o que fazem quando se fala disso? Assobiam e fingem que não são nada!
e ainda tens lata de vir para aqui, armar-te em santo e falares em caixas?

Valdemar Iglésias disse...

Só para finalizar, sem me demorar mais aqui, que cheira muito mal e a companhia é péssima:

Carnidenses a afirmar que não vem almoços na caixa, que a oferta é abaixo do valor, que receberam mas nunca almoçaram, que almoçaram mas não era para corromper, que o Porto e Sporting também corromperam.

Já ouvi de tudo.

Mas até agora, nenhum benfiquista com tomates a afirmar que se for verdade, é uma vergonha para o clube, a APAF e o futebol português.

E isso diz muito sobre muita coisa.

Benfica é merda.

Ricardo Fernandes disse...

Continuo a sugerir que vás ver o link que coloquei. Talvez te surpreendas.

nonameslb disse...

Quem e lagarto nunca chega a jacare.Eu tenho dito e repito.o zbording e um clube de mentirosos.

pedro nuno disse...

Valdemar E então os nomes dos supostos corrompidos?
Vai-te QATAR.

A bug's life disse...

Vocês ainda ligam ao que esse filho da puta ressabiado e frustrado Iglesias diz?

Benfiquista Primário disse...

Hoje é dia de Champions.

Ou terça-feira, para o Valdemar.

Red State disse...

Valdemar, e os 2000€ na conta de um árbitro é vergonha para quem? Para um membro da direção?
Então posso só dizer que só tenho vergonha do gajo que entrega a caixa?
E as camisolas que vocês dão? São vergonha? E os peluches do Jubas? E as massagens? E os comunicados constantes a criticar qualquer árbitro? E as palavras do Jesus? Diz lá! Envergonha-te para que possamos seguir o caminho por ti iluminado...
É que muito sinceramente não te vi a classificar esses atos por parte da tua direção (desta e anterior), ou seja, e como dizia o outro, falas falas, e não te vejo a fazer nada