Jovens e vendas

Quando se ganha, as pás e as picaretas ficam no armário e, por isso, a divergência, no reino vermelho é em torno das coisas menores. E, nos últimos tempos, um dos maiores destaques destas complicações menos complicadas, é o da relação entre o Jorge Jesus e os jovens portugueses ou, num sentido mais amplo, o que pretende fazer o BENFICA em relação aos jovens que se vão destacando no Seixal?


Confesso que não tenho certezas, mas há uma nota que, para início de conversa, é sempre útil: 30 milhões por dois jogadores que "nunca" vestiram o Manto Sagrado é muito dinheiro.
Dito isto, penso que as mega-vendas que o futebol do JJ tem gerado mostram que os melhores negócios são os que colocam os craques nas equipas de TOP e não nas médias equipas da europa, ainda que muito ricas. Ou seja, o BENFICA ganha muito dinheiro quando consegue vender ao Chelsea ou ao Real ou, excepção que confirma a regra, quando vende aos corruptos do Zenit.
Logo, um ano ou dois do Bernardo e do Cancelo na luz poderiam dar negócios muito maiores. Talvez, mas a verdade é que a proposta chegou agora e o Presidente teve que decidir agora.
Eu, continuo a pensar que decidiu bem.

3 comentários:

Henrique disse...

"um ano ou dois do Bernardo e do Cancelo na luz poderiam dar negócios muito maiores." Talvez. O Benfica vendeu o Matic e o David Luiz por 25 milhões ao Chelsea, salvo erro. Estas vendas estão de acordo com o actual política do clube.

Hernâni Caroço disse...

Bem, nesse caso ja se ganhou alguma coisa. O Cancelo esta época dificilmente iria fazer tantos jogos como os que fez em Espanha caso tivesse ficado. A situação do Bernardo Silva é idêntica talvez por motivos diferentes.

Michael Krueger disse...

Cancelo e Bernardo vestiram o manto sagrado, pouco, mas vestiram. Foram campeões na época 2013/2014. Jogaram no dragão. Jogaram também na taça da liga e o Bernardo chegou a jogar na taça de Portugal.
Obrigado e Saudações!