E, ao não participar na reunião, o Bruno de Carvalho "junta-se" a toda a merda do futebol português.

Eu fui um dos benfiquistas que ficou contente com a eleição de BdC. Fiz um post aqui sobre isso. Veio dar uma real esperança na mudança do futebol português. Um discurso forte contra o poder instalado que mina a credibilidade de todos os agentes do futebol nacional.

Depressa, contudo, desiludi-me. Depressa compreendi que BdC não quer fazer nada para mudar o futebol português. BdC quer, isso sim!, o poder no Sporting. Quer acabar com a oposição ainda existente e importante (BdC foi eleito com pouco mais de metade dos votos) que continua a ver nele um puto de claque, nem que seja a custo da sua destruição (o caso Manuel Fernandes é um sintoma disso). Nessa logica, dispara para todos os lados, inclusivé internamente.

Se não fosse esta a preocupação de BdC, a estratégia seria outra. Tentaria, pela diplomacia, colocar uma parte dos clubes profissionais ao seu lado. Mas não! Bruno de Carvalho apenas conhece a força, apenas conhece o combate. O que lhe dà a força para o combate? A ideia de que o Sporting detém a verdade, que o Sporting é que sabe, que o Sporting é que é bom, que não é ao Sporting de ir ter com os outros mas os outros a irem ter com o Sporting.

BdC não faz um minimo de esforço para mudar o futebol português. O unico esforço que ele faz é o do isolamento. Não esteve presente na reunião. Olha!! Como é facil esta posição! Como é facil retirar-se de tudo, meter-se à parte e depois gritar que o mundo é mau, que tudo e todos estão contra o Sporting!! Como é facil criticar a escolha de Luis Duque sem sequer ter participado na reunião!!

O Sporting do BdC é ainda o Sporting da vitimização, mas agora com algo a mais : é o Sporting do orgulho da vitimização, onde a vitimização, com BdC, tornou-se o alimento do proprio sportinguismo. BdC não quer mudar o futebol português. BdC quer manter-se no poder : é mais um porco a aproveitar-se dos podres do futebol para obter aquilo que quer : e o que quer é mais facilmente obtido com o Sporting no papel de vitima. Enquanto os sportinguistas pensarem-se como vitimas em vez de agentes de mudança, tudo correrà bem! Tudo seguirà o seu lider.

Sporting, clube diferente? Que riso! Tudo a mesma merda!! (David)

P.S.: aprendi a ver politica (este post é sobre politica) não a partir das intenções subjectivas, como o são os discursos, mas a partir das consequências objectivas que os discursos e actos têm. A unica consequência objectiva da vontade de isolamento do Sporting é o da unidade interna ao proprio clube. Essa atitude não contribui em nada para mudar o futebol português. Como não tomo as pessoas por burras, concluo que esse é o real objectivo de BdC e dos seus conselheiros.

P.S.2 : em nada este post exprime uma vontade em apagar a atitude do Benfica em todo este processo. Contudo, sobre o Vieira, jà disse muito, jà disse tudo o que tinha a dizer. Deixei de bater nesta tecla. Não vale a pena...

49 comentários:

King_lion disse...

Isto é pura ironia, certo?

David Duarte disse...

King_lion, o Sporting, ao não estar representado, é como aquele pessoal que não vota, orgulha-se de não votar e depois critica aos quatro ventos as acções do Governo.

Atitude seria ir à reunião, dizer claramente e em local proprio que a escolha de Luis Duque significa a destruição do futebol português. Quem sabe? Com tal atitude até poderia ser que alguns presidentes mudassem de barco.

Ao não ir, a unica coisa que BdC faz é o papel do coitadinho do futebol português. E, olha!, o facto mesmo que não coloques a hipotese de, se calhar, até teria sido melhor o Sporting ter participado na reunião apenas conforta o que disse : a estratégia de BdC é interna, é reforçar a unidade entre os sportinguistas. Estratégia eficaz mas que em nada contribui para mudar o futebol nacional.

David Duarte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
David Duarte disse...

E, por estas razões, digo : sim, o BdC juntou-se, com esta atitude, a toda a merda do futebol nacional, a toda essa gente que não quer, que não faz nada para que o futebol em Portugal mude. Normal! Neste momento convém-lhe o actual estado das coisas.

Benfiquista Tripeiro disse...

Muito bem, David, texto lúcido.

Ele está a copiar o que o pintinho fez há 30 anos, sem tirar nem pôr, mas não me parece que vá colher os mesmos frutos.

King_lion disse...

David, o Sporting já veio esclarecer que nem sequer foi convidado formalmente, soube da tal reunião através de terceiros.

E mesmo que fosse e decidisse não comparecer? Então o Sporting, não teve já reuniões com os clubes da liga para apresentação de propostas tendo em vista a evolução do futebol em Portugal? Que aceitação colheu?
Nenhuma, os clubes foram atrás de quem quer manter o status quo.

O Bruno de Carvalho já esteve presentes em várias outras reuniões da liga, onde andou autenticamente a pregar aos peixes na esperança de conseguir apoios que nunca surgiam. Agora marca-se uma reunião em cima do joelho para apresentar um candidato que personifica tudo o que há de mau no futebol nacional, que inclusivamente esteve duas vezes dentro do Sporting sempre a apresentar prejuízos incríveis e com processos em tribunal movidos pelo próprio clube. Tudo isto feito por debaixo da mesa e sem que se conhecesse ao tal candidato qualquer ideia ou programa. «Consenso» dizem eles...

O Bruno de Carvalho ia lá fazer o quê? Picar o ponto? Dizer aquilo que já disse dezenas de vezes, sem qualquer aproveitamento?

A maior prova de independência em relação a toda a podridão se calhar até foi mesmo não se juntar à maralha e não ter estado lá. Que continue a expor publicamente aquilo que nós, pelas internets, estamos fartos de saber.
Isto claro,caso tivesse sido por opção. O Sporting disse que não foi convidado, o Nacional, até há bem pouco tempo do ex-candidato Rui Alves. já veio dizer que também não foi informado.
Talvez não fosse oportuno quebrar o tal «consenso»

isso agora... disse...

eu interpreto este post como o desespero daqueles que tendo perdido a fé nos seus dirigentes viam no sporting a possibilidade de redempcao. BdC está a fazer o que pode, não percas já a esperança. nós hoje levámos um chapadao mas já nos estamos a levantar e a tirar o pó da roupa para lutar outro dia. vai demorar a limpar uma merda que está muito entranhada.

David Duarte disse...

King Lion,

O Sporting veio esclarecer, dizes tu. Tomas a palavra dos dirigentes do Sporting como verdade eterna? Verdade imaculada? Isso é crença, King Lion. Serà que também consideras, como alguns blogs do Sporting transformados em verdadeiros Pedros Guerras de verde vestidos, que os sportinguistas que duvidam dos comunicados não são verdadeiros sportinguistas? Tão "vieiristas" estão a tornar-se os adeptos do Sporting com o Bruno de Carvalho. Tão falta de espirito critico... esse mesmo que, durante anos, os proprios sportinguistas acusavam os benfiquistas de não ter.

Sobre a atitude do Sporting. O inicio do mandato do BdC foi interessante. Fez uma lista de propostas que obteve até, na sua maioria, o apoio do Benfica. Contudo, como não teve o apoio à totalidade das medidas, virou as costas e foi embora. Esta atitude não é eficaz. As coisas não se fazem assim. O Sporting não pode esperar que os outros achem que o Sporting tem 100% razão em tudo. O BdC não pode fazer birra porque não obtém tudo o que quer nas negociações. Chama-se a isto não saber fazer diplomacia, não saber chegar a acordo com alguém. Esta incapacidade é perfeitamente normal em alguém que vê o mundo como uma oposição constante de forças onde a vitoria corresponde à derrota dos outros. Com esta logica, nada irà mudar.

Atenção, ao dizer isto não estou a colocar as culpas todas no Bruno de Carvalho. Era o que faltava. Ele chegou hà pouco mais de um ano e seria mà fé considerar que se o futebol português não avança, a culpa é dele. Contudo, ele tem parte da culpa, minima, mas tem.

Tornar-se independente da decisão, dizes tu. Ora, isso é impossivel. O Sporting participa da Liga e essa ilusão do isolamente apenas é prejudicial para o Sporting e para o futebol português. O Sporting està dependente, sempre, como todos os outros. A sua presença era essencial, nem que seja para dizer, no interior da Liga, que existe outra possibilidade. Fazê-lo no exterior, apenas significa isso mesmo : uma oposição para o exterior que não tem representação interna.

O Sporting poderia representar essa oposição na Liga. Assim, não representa nada a não ser a vitima que quer que todos saibam que é vitima.

Diog... desculpa, isso agora... em vez de entrares em psicanalises de cinco tostões poderias entrar na argumentação como aqui o Lion King. Apoiamos clubes diferentes, mas isso não exclui a hipotese de dialogo entre pessoas racionais... sobretudo se os clubes que apoiamos sofreram as mesmas consequências com o poder dos corruptos.

Enquanto benfiquistas e sportinguistas não perceberem (e isso nas equipas dirigentes) que a mudança no futebol português passa por uma aliança circunstancial entre os dois clubes, vamos ficar todos na mesma. Nem as incoerências do Vieira nem a estratégia de isolamento do BdC vão no bom sentido.

GreenMan disse...

Quando os benfiquistas elegerem uma pessoa idónea, com ideias bem definidas para o futebol português e que não ande de mão dada com o foculporto (afinal, aquilo que sempre nos acusaram nos ultimos 10 anos), a gente faz a aliança. Enquanto for o kadafi dos pneus, que tão depressa denuncia o sistema como depois anda ao colo do mesmo, não há qualquer hipótese de alianças. Cabe então aos benfiquistas fazer a parte que lhes toca.

David Duarte disse...

Com certeza GreenMan. Como cabe ao Sporting fazer a sua parte e não é adoptando a logica do coitadinho que tem crédito para o que quer que seja.

King_lion disse...

Eu acredito em quem, até hoje, nunca me deu razão para duvidar. Em quem, até hoje, nunca teve dois discursos. Aliás, parece que o Sporting não foi o único clube a declarar não ter sido convidado, já aí apareceu outro, curiosamente o clube de um ex-candidato que também já veio tecer críticas à forma como este processo está a ser conduzido. Coincidências?
A ter havido convite, creio que seria fácil de provar.

Terá sido o Sporting a provocar o distanciamento com o Benfica ou o contrário? Entre não concordar com a totalidade das propostas e aliar-se a alguém que certamente não concordará com quase nenhuma delas, o que será mais radical?

GreenMan disse...

Tu chamas coitadinho. Eu chamo integridade. Repara que umas das muitas propostas do Sporting era instituir o sorteio dos árbitros, que seriam profissionais. O benfica pôs de parte essa hipótese, assumindo que as coisas estão bem como estão. http://www.record.xl.pt/Futebol/Arbitragem/interior_premium.aspx?content_id=866880
As escolhas foram feitas, aguardemos pelas consequências.

Diogo Costa disse...

David Duarte, grande parte do tempo do Bruno de Carvalho, desde que foi eleito, foi passado a atirar a tudo o que de pior existe neste futebol. Começou com uma série de propostas que reuniram consenso em vários quadrantes, menos entre aqueles que, como se diz acima, insistem em manter o estado de coisas e o status quo. Bruno de Carvalho tem sido injuriado de norte a sul, de este a oeste, por todos os presidentes que insistem em ir à boleia de um sistema podre, sem o mínimo benefício para os clubes que (des)governam. Ainda há tempos me recordo de ver o presidente do Estoril dizer que o tipo falava de mais. E quando falamos no Estoril, falamos indubitavelmente de qualquer caga-tacos que tenha aparecido agora no nosso futebol.
Mudar o futebol, dizem vocês, fazendo o que o pinto da costa tem feito há 30 anos, que é mudar o foco do sistema para si. Pois esta ideia é tão estúpida que está ao nível daquele outro argumento, faz agora um ano, que dizia que o Duarte Gomes só teria beneficiado o Benfica, como resultado último de uma estratégia maquiavélica do Pinto da Costa.
Quando dizem que o Sporting quer servir-se de um poder que interessa mudar, querem dizer exactamente o quê? Querem dizer que propostas como o sorteio de árbitros são tentativas desesperadas de se servir do poder? É isso que querem dizer? É que, porra, de uma vez por todas, fundamentem a ideia de que o Bruno de Carvalho não é mais do que um projecto de nepotismo, mas mandarem a coisa para o ar, na esperança de que o barro cole à parede, é que não. Sejam sérios. Que sinal deu até hoje o Bruno de Carvalho de que se quer servir do que quer que seja? O Bruno de Carvalho, ao limite, defende o Sporting, e isso, não tenham a mínima dúvida, é uma luta que se faz em mais esferas de poder do que vocês alguma vez pensaram existir. E está descansado que ao primeiro sinal de dirigismo dúbio, serão os próprios sportinguistas, bem antes de ti, a revoltar-se. Até lá, sim, podes ter a certeza que acreditamos cada vez mais num tipo que aufere menos do que qualquer sub-director de uma qualquer empresa média deste país, que vai à loja verde e compra a sua própria listada para este ano, que vai ao dragão e tem os tomates necessários para se deslocar àquele antro de malucos, que dá os devidos murros na mesa quando necessário, dentro e fora do clube, que aglutina todos os sportinguistas em torno de um objectivo comum, o Sporting, que festeja cada vitória e sofre cada derrota como se fosse um puto a ver a sua equipa preferida, que recebe cada sócio e cada adepto com um sorriso, que esclarece todos os pontos de todas as decisões e quaisquer gastos associados à sua direcção e associados ao clube, e que fundamentalmente luta por um desporto melhor, sendo a imagem última dessa luta o lembrar constante de fenómenos patéticos que todos nós sabemos que existem, e que os mesmos de sempre, que se têm servido deste futebol nas últimas décadas, se vêem na legitimidade de considerar tais declarações como garotices, faltas de vergonha e atentados morais não se sabe bem a quê. Pensa lá melhor e vais ver que esse Bruno que tu dizes ter gostado de ver entrar no mundo do futebol, nunca esteve tão activo e tão atento. E um dos sinais da sua ausência é mesmo esse, o sentir que, depois de tudo o que quis dar nas anteriores reuniões e nas anteriores propostas, pouco mais haverá a fazer em reuniões daquelas, onde deve haver mais corrupção e promiscuidade numa mesa que em todo o calciocaos elevado ao quadrado.
Olha, o garoto cagou numa reunião em que provavelmente seria gozado e o alvo a abater, por uma ida à Alemanha, para acompanhar o seu Sporting. Por mim, está perfeito assim. E quando quiserem dialogar, está descansado que o Bruno de Carvalho será finalmente convidado para o efeito, até porque, como todos nós sabemos, ninguém mais parece querer apresentar propostas, por mais garotices que sejam.

Francis disse...

Diogo Costa, grande comentário. É isso mesmo sem tirar nem por, bons são eles e amigos para sempre. Aperta BDC é moer até não poder.

Diogo Costa disse...

Já agora, David. O caso Manuel Fernandes. Perde duas horas do teu tempo a ver o deficitário e até vergonhoso espectáculo que o Manuel Fernandes dá naquele programa. Está melindrado por ter deixado de ganhar 20000 euros mÊs como acontecia no reinado do Godinho, 20000 euros esses que são só cinco vezes mais do que o próprio Bruno de Carvalho ganha hoje. Temos pena, mas não dá. Não dá mesmo. E como grande sportinguista que diz ser, devia ter percebido isso logo à partida, e não andar a chorar-se pelos cantos e a dizer, em tom de lamento, que rejeitou ofertas do porco e do benfica. E mais: se há coisa que para mim o presidente fez bem, foi em colar esta discussão a ele mesmo, passando ele a ser o alvo directo de uma ira inexplicável que um senhor que podia ser um nosso símbolo eterno, passou a ter. Para o presidente, e para mim também, prefiro que o Manuel gaste os cartuxos todos a malhar no presidente, que sabe e está habituado a aguentar semelhantes cargas, do que a malhar na equipa, como fez em momentos que se seguiram a jogos como o da Eslovénia. Muito sinceramente, e apesar de desejar ver esta situação resolvida o mais depressa possível, com um jantar, ou o que seja, o Manuel devia retratar-se e pensar no péssimo serviço que prestou ao Sporting no último ano e meio. E devia também perceber que aquelas antas que se sentam com ele estão profundamente interessadas em casos destes, muito mais do que a camaradagem e amizade que dizem ter pelo Manuel, que é acima de tudo uma pessoa demasiado simples e ingénua para percebes estas coisas.

David Duarte disse...

GreenMan,
Dizes integridade. Eu digo coitadinho. Como escrevi num dos P.S.s, eu vejo as coisas pelas consequências que elas têm. A atitude do Sporting não tem consequência nenhuma em termos de futebol nacional. Tem em termos de... Sporting. Por esse motivo digo, porque não tomo as pessoas por burras e negligentes, que o interesse dessa postura é puramente interna, para o Sporting e para os sportinguistas que se vêem nesta atitude populista que não traz nada para o futebol português.

Sei bem que uma das medidas que o Benfica não aceitou foi a do sorteio dos arbitros. E estou completamente de acordo com esta decisão do Benfica. Trata-se de outra proposta populista que não tem sentido nenhum senão meter "pitas histéricas" aos gritos.

Por que razão não tem sentido nenhum? Porque o sorteio parte do principio que todos os arbitros têm igual capacidade em arbitrar os jogos. Isso não é assim! Como em tudo, existem arbitros melhores e outros piores. Para os jogos importantes devem estar os melhores : é logico e, penso, consensual. Da mesma forma que não se decide por sorteio quem participa na Liga dos Campeões também não deve ser decidido por sorteio quem arbitra o quê. A questão està na classificação.

A questão não é o sorteio ou não dos arbitros. A questão està nos critérios de avaliação e nos "avaliadores" que permitem que arbitros mediocres, para não dizer incompetentes, sejam elevados a simbolos da "qualidade" da arbitragem portuguesa. O que deveria ser discutido são estes critérios de avaliação e não "não-propostas" que nunca poderão passar por serem completamente ridiculas.

Diogo Costa, dialogarei contigo quando deixares de ir a blogs benfiquistas com o unico intuito de destilar odio. Até là, seràs um entre os muitos bandamecos que andam pela internet com o unico objectivo de dizer ao mundo que existem.

Diogo Costa disse...

"
Diogo Costa, dialogarei contigo quando deixares de ir a blogs benfiquistas com o unico intuito de destilar odio. Até là, seràs um entre os muitos bandamecos que andam pela internet com o unico objectivo de dizer ao mundo que existem."

Meu caro, faz o que te apetecer. Está dito. Rebate se quiseres, se não quiseres, boa sorte com esta e outras teorias que vais tendo.

Benfiquista Tripeiro disse...

Atitudes infantis deste tipo:

"a bandeira de Portugal devia ser só verde",

"o Benfica é um clube de bairro",

"o Benfica é uma nádega",

"o porto é um clube regional",

"o porto é uma nádega",

"o pinto da costa é velho e caquético",

"nós é que somos Portugal, o resto é uma merda",

e por aí fora, não têm como objectivo limpar o futebol.

O que ele quer é ser o novo pinto da costa e está a tentar isolar o sporting como o pintinho fez há 30 anos. Só está com um problema, há 30 anos havia um bandido (pinto da costa) e os outros dois eram uns anjinhos.

Hoje em dia há um bandidinho (ainda está a começar) e dois bandidos formados. Assim não é tão fácil.

Para além disso, sem a bandeira da guerra Norte-Sul, a coisa não fica tão fácil.

T1 disse...

ver benfiquistas defenderem o pinto da costa porque foi chamado de velho caquético... ganhei o dia! Obrigado!

T1 disse...

Diogo o sorteio dos árbitros é uma garotice. Se isso fosse aprovado depois a quem é que os "senhores" ligavam a dizer que este árbitro "pode ser" ou que o outro não dá confianças?

O sporting está uns anos a frente do futebol portugues:
- ha 3 anos tb achávamos que o Luís duque era competente;
-durante muitos anos tb achamos que se nos aliassemos aos corruptos do norte podia ser uma bos estratégia.

Aprendemos por experiencia que nem uma coisa nem outra funciobam e pagamos caro por isso. Portanto boa sorte para a sagrada aliança!

Benfiquista Tripeiro disse...

T1, se entendeste isso pelo que escrevi, lê outra vez. Se depois de leres outra vez, continuares a pensar o mesmo, desiste.

Zé de Fare disse...

tenho de o escrever com toda a frontalidade...

o david duarte é estúpido, parvo e idiota.

deve ser um puto de fraldas...

ainda não percebeu em todos estes 40 anos do velho escroque das antas...

que o putêdo não toca na borracha se o sporting e o benfica não lhe estenderem a mão.

que sa foda a liga dos clubes, é preciso foder o escroque de vez, matá-lo com um ataque cardíaco fulminante, vê-lo estrebuchar naquela cadeira como um epilétrico...

como o sporting fez neste ultimo jogo quando lhe espetou 3 bolas na rede, coisa que não fazia...








há 40 anos!

Zé de Fare disse...

o escroque está em avançado estado de demência...

alguma vez o escroque se deixaria comer com aquele gajo do atlético de madrid que custou um balúrdio de 11 milhões?

alguma vez o escroque contratava um treinador e este escolhia os jogadores que queria?

o escroque está demente, está em avançado estado de decomposição, cheira mal... roubou o putedo clube em 50% para pagar dividas quando papa campeonatos como poucos clubes na europa. Aquela merda está a cair de podre. É preciso dar o golpe final, matar o escroque.

T1 disse...

Esta quase, mas os amigos deram-lhe a mão, não é pra isso que servem os amigos?

T1 disse...

A teoria sobre a arbitragem made.my day. Diz isso ao Vieira qd ele for entregar o próximo dossier ao ministro

David Duarte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Zé de Fare disse...

eu não sou o maicon pra juntar letras e perder 3 pontos para o campeonato.

o estrago desta derrota foi brutal, memorável... o escroque não podia ter um "acordo" para a liga, não podia respirar sabendo que amanhã vai ser encavado em casa pelos bascos. Aquilo vai piorar.

contava que a bancada da luz fosse mais inteligente... pelos vistos a puta da imperial da sagres deve saber a fígado de bacalhau.

isso agora... disse...

Caro David,
o meu nome é joao machado e é raríssimo comentar posts, aqui ou em qualquer outro lugar.
talvez não me tenha expressado da melhor forma, por isso vou tentar outra vez:
o sporting não participou na reunião porque não quiseram que participasse. nao o convidaram e marcaram-na para o dia em que a equipa viajava para gelsenkirshen. só fazendo-se representar por uma segunda linha.

mesmo que fosse à reunião nunca aprovaria esta solução e aí sim, para se demarcar dela teria que fazer o papel de coitadinho. o que espero não volte a acontecer, farto de presidentes choninhas estou eu.
aquilo que tu chamas vitimização eu chamo marcar de posição. concordamos em discordar.
acima de tudo, o mundo não acabou ontem. assumindo que vai mesmo ser eleito, agora vamos passar a parte dos novos estatutos. o sporting não esta de fora, vai continuar a defender os seus interesses e ideias. mais, já apresentou propostas e discute-as. da mesma forma que tem que ceder em alguns pontos, os outros (leia-se benfica) podem começar já hoje a defender e implementar as que estão de acordo. ou o sporting esta a bloquear esses avanços dizendo que e tudo ou nada?
a procissão ainda vai no adro mas tu já tiras consequências objectivas dos actos de BdC. uma estratégia tem resultados a longo prazo, não aparecem de um dia para o outro. os quick wins são para manter as tropas confiantes e motivadas, não para celebrar como vitorias retumbantes. não acreditas nesta estratégia? estás no teu direito, eu só acho que confundes uma batalha com a guerra, tiras conclusões ao fim de meia dúzia de meses de presidência do BdC e nós (sportinguistas) é que estamos todos errados.

PS ainda acho que se pode considerar a eleição de duque um quick win. o facto de se darem ao trabalho de afrontar o sporting significa que a estratégia esta no bom caminho. mas não quero descentrar a discussão.

Liga dos Mancos disse...

Querer aceitar que PdC e LFV estão juntos para "ajudar" o futebol português é tão ingénuo como achar que no fundo PdC até simpatiza com o SLB...
Mas ok, na vossa casa, achem o que quiser!!!
SL

Shiver disse...

http://brasil.elpais.com/brasil/2014/10/20/opinion/1413824673_267463.html

Redceltic disse...

o Luís Duque é de que clube? Ia jurar que é sportinguista.... pelos vistos, os sportinguistas existem em vários graus- os que defendem o clube e os que atacam... curiosamente ainda sou do tempo em que o Duque era magro e presidente da associação de futebol de Lisboa. Aí ele já era um bom sportinguista?

David Duarte disse...

Liga dos Mancos, essa teoria do PdC e LFV juntos quererem ajudar o futebol português não foi aqui defendida em lado algum.

Liga dos Mancos disse...

David...obviamente que não foi focada e a ressalva que fez sobre a atitude do SLB no P.S. reforça isso.
Falo do "vox populi"e da conclusão que se tira desta reunião e da escolha, que numa palavra ficou "unanimidade".
Apenas considerei...interessante...o timming, os acontecimentos recentes e por fim, a escolha que os clubes, reforço, por unanimidade, fizeram!

SL

Benfiquista Primário disse...

Brilhante post, David Duarte. Inteligente, sagaz e pertinente. Subscrevo tudo, excepto a esperança inicial no presidente da produtora de humor do Lumiar - confesso que a mim o arruaceiro da Juve Léo nunca me enganou. Alguns comentários sobre o espectáculo de estupidez e cegueira dos comediantes involuntários que se pode ler acima - necessariamente breves, que a minha vida não é isto:
1. Quem defende o BdC só pode defender também o Hugo Chavez, o Staline ou o Kim Jong II pois o ultra-populismo, a demagogia patética, o narcisismo patológico e os tiques ditatoriais são os mesmos, no essencial.
2. Defender o sorteio dos árbitros é duplamente estúpido porque podem estar os piores árbitros nos clássicos entre os dois grandes e porque a temperatura das bolas do sorteio pode ser variável, como nos ensinou o homem que tem o melhor roupão de Gondomar.
3. Todos os meus amigos sportinguistas têm vergonha da 'Hora do Presidente' e de 90% das declarações do arruaceiro da Juve Léo.
4. Estes meus amigos sportinguistas têm cérebro e não partilham o quadro clínico psicopatológico do seu presidente - o mesmo não se pode dizer do Diogo Maria, naturalmente.

GreenMan disse...

Ver um benfiquista a falar de BdC como Hugo Chavez ou melhor, Kim Jong Il, é a melhor demonstração de como enquanto não limparem as cabeças, não há forma de fazer alianças com esta gente. Votações norte coreanas só aconteceram no porto e no benfica, com alterações de estatutos consoante a conveniência, afastamento da concorrência e dos adversários e insultos aos sócios. E ver a BTV ou o Porto Canal é uma experiência muito mais surreal do que qualquer propaganda que BdC faça ou possa vir a fazer na "hora do presidente". Tenham mais tino.

Luis Marques disse...

Em relação ao Bruno de Carvalho vou citar uma canção dos The Offspring:
"You don't want to change the world
Like you say
You're in it for yourself
No one else"

Redceltic disse...

Greenman, convinha saberes sobre o que falas antes de falares. Na Coreia do Norte não há eleições, assim como não havia no sporting nem no porto na época do estado novo. Eleições já havia nesse tempo no benfica.

GreenMan disse...

Mas estamos na época do estado novo ou estamos em 2014? A história de como as eleições no benfica decorreram, as alterações estatutárias e insultos na AG nunca existiram? É que me parece que por essa blogosfera benfiquista fora estes são temas recorrentes...

Luis Marques disse...

Vocês deixaram que uma pessoa aldrabasse as eleições e fosse presidente, mesmo com sacos de votos inventados e acham que têm moral para falar do adversário? lol!

GreenMan disse...

Por falar em moral, por alguns dirigentes do Sporting andarem a comer croquetes com o pintinho, também não podemos falar no reatar da quente relação entre o pintinho e o orelhas? É que isso está na ordem do dia. Parece que o vieira tinha dito qualquer coisa como jamais iria apertar a mão áquele senhor. A populaça benfiquista aplaudiu (e bem) essa declaração. Agora que os dois estão de mão dada, a culpa é do BdC. A lógica e dignidade são conceitos que andam ausentes para os lados de carnide.

Benfiquista Primário disse...

Caros consócios, sejam condescendentes com os adeptos da produtora de humor do Lumiar. Faz parte dos seus traços mais involuntariamente cómicos esta percepção delirante de que são os únicos que não têm telhados de vidro. É claro que à realidade norte-coreana de não haver eleições, se seguiu a fase siciliana de fraude eleitoral deliberada e pedregulhos de sangue azul atirados com toda a lógica e dignidade. Mas eles estão tão próximos da realidade - esse detalhe inconveniente - como o Naby Sarr está próximo de ser um defesa central. O que até se compreende: se estivessem mais próximos da realidade, seriam adeptos de um dos dois grandes de Portugal.

Luis Marques disse...

Que eu saiba o que aconteceu foi que 27 clubes reuniram-se e decidiram um nome para futuro presidente da liga. Estavam lá o do Porto e o do Benfica como estavam o do Guimarães e do Estoril.
Mas para os lagartos com as teorias da conspiração só lá estava o Benfica e o Porto e é tudo mais uma grande conspiração para mandar o Sporting ao fundo

GreenMan disse...

Que eu saiba, reunir o comité central e decidir os candidatos às eleições é a forma de democracia adoptada na China. Agora já percebi porque acham tudo isto normal.

pitons na boca disse...

Em todas as eleições anteriores para a Liga/Federação, houve alguma vez em que não houvesse um candidato apresentado por um "consenso" dos clubes (sendo que o Sporting também andou sempre nessas andanças)?
Já agora, não é também assim que aparecem os candidatos, por exemplo, a presidente para a Comissão Europeia (mas a Comissão Europeia da Europa, não estou a afalar da Comissão Europeia da China nem da Coreia do Norte)?

Mas dá um certo gozo ver os lagartos todos acirrados porque o "sistema" colocou um indubitavel sportinguista num poleiro. Melhor, um poleiro que não tem praticamente peso nenhum no futebol nacional (como se pôde ver pelos que lá têm passado). Há dois anos eram capazes de o defender usando a própria mãe como escudo se preciso. Há um mês provavelmente diriam "ah pelo menos é sportinguista". Agora, como o Bruno du Carvalho fez aquela estupidez que se sabe para metê-lo em tribunal, está tudo ceguinho contra a novel maçã podre.
Lindo. É o choro habitual em todo o seu esplendor.

Benfiquista Primário disse...

LOLOLOL 'Comité Central' muito bom! O Hugo Chavez decide ficar orgulhosamente só e não ir a uma reunião democrática para tentar chegar a um consenso e salvar a Liga e quem é que o comediante involuntário acha que teve uma postura anti-democrática? Os 27 clubes que foram à reunião!!!! Não há como a lagarteada a fazer o humor, de facto.

Benfiquista Primário disse...

*lagartada

Jahwork disse...

Meu caro David,
desculpe-me a brutidão mas este post é verdadeiramente patético ou amargo se preferir - isto de um Sportinguista que não tem especial afectação por Bruno de Carvalho.

Não obstante não apreciar o estilo e postura do meu presidente, reconheço-lhe, sem qualquer dúvidas, muito mérito na condução deste processo (?), do inicio ao fim: apresentou as suas ideias e programas às diversas instâncias, por diversas vezes; foi ignorado e gozado; perto do fim...demarcou-se obviamente - e desconheço se teve conhecimento deste último capítulo, nomeadamente do candidato, unânime (enorme gargalhada).

Meu caro, aqui o Sporting, representado no seu presidente, não foi a mesma merda, conforme bem sabe, antes pelo contrário.

A mesma merda, sem humor negro, é isto:

http://www.ojogo.pt/Futebol/interior.aspx?content_id=4194327

É tudo uma questão de perspectiva, ou de UM MUNDO DO AVESSO!

Eu endendo este seu post, somente numa imensa tristeza e amargura por ter como presidente Vieira, que só engana as ovelhas que ruminam na Luz; sei que é atento e exigente com quem dirige o Benfica.
Assim deve continuar, porque nunca se dirá muito nem faltará por dizer; nunca faltará teclado que impeça a denúncia e vergonha que os adeptos do Benfica sentem, por mais esta afronta, mentira, e cambalhota flick-flack de Vieira.

Conforme bem sabe, ao contrário da sua última frase - e com respeito sem ironia pelo Benfica - vale sempre a pena.

Fique bem.

David Duarte disse...

Jahwork, continuo a pensar que não, não foi a melhor decisão. Ter uma posição forte e de coragem não é abandonar. Pelo contràrio. Numa situação onde 27 clubes decidem mal, ter uma posição forte é assumir, em sede propria, um outro caminho. Quando existe abandono e histeria mediatica, então é porque o objectivo é outro.

Shiver disse...

acordem,o grande Aimar faz anos hoje :)