The Heist - Deixem-nos o plantel, insensíveis


Eu sei que ainda nem o verão chegou, e as andorinhas nem as vejo, mas quer-me parecer que a supertaça está já aí e que preocupação me enche a alma, em relação ao Benfica - preocupação - e dirão os mais aluados "ainda é cedo", e dirão os mais preocupados "só agora?", e ainda dirão os odiosos "estás a dar material para os gajos dos outros clubes nos gozarem", mas nada disso me importa. Quanto os rivais, que me gozam por estar preocupado, não se preocupem, tenho uma época inteira para gozar com a vossa cara.

Vejo o FCP a reforçar-se com jogadores de provas dadas, um pouco como nós temos feito nos últimos anos, e isso assusta-me um pouco. Aliás, assusta-me bastante, mas há sempre aquela chance dos gajos quererem ser todos titulares e o Quaresma comecar ao pêro aos espanhóis todos, e haja uma debandada numa camioneta da Arriva para a Galiza. Agora que penso, até é bem provável que haja banano, até porque já houve com o filho da Pinto da Costa e outros agentes, portanto, nada de novo para aquelas bandas, onde as soluções para os problemas da vida são duas: murro ou dinheiro.

No SCP, têm um treinador ambicioso, talvez a maior promessa nesse campo, mas é óbvio que não é tão rodado como Leonardo Jardim, embora lhe reconheça mais qualidade a construir um plantel. Desconheço os reforços, olho com desconfiança para o tal de Rossel, como olho com desconfiança para Shikabalas ou Tanakas, mas uma coisa sei: há jogadores que já vêm do ano passado com muita qualidade, e não falo de William Carvalho. No entanto, não percebi a dispensa do Wilson Eduardo para a Croácia, quando é um jogador com qualidade acima da média e que poderia funcionar muito bem com Marco Silva - parece-me uma decisão da direção, tendo em conta que já no ano passado marchou - mas, no geral, o SCP deste ano pode fazer qualquer coisita.

Mas nada disso me preocupa tanto como o rombo de plantel composto por verdadeiros campeões, que temos vindo a sofrer. O motivo da minha preocupação é mesmo o Benfica, sobretudo por perder Markovic, e por ainda não termos contratado nenhum jogador de peso - vá, o Luis Felipe não é de peso, é só pesado mesmo - e confesso que, antes destes dois jogos, pensava que teríamos qualidade nas alas para fazermos um campeonato competitivo, mas a verdade é que basta Gaitán ou Sálvio lesionarem-se, e podemos estar bem tramados. Confio em Cavaleiro, e nos restantes alas, mas precisamos mesmo de um gajo que nos dê a certeza que vai jogar bem em todos os jogos, quando for chamado, como era o caso de Markovic. Nas restantes posições estamos melhor servidos, mas claro que há sempre aquela pontinha de preocupação, e que foi hoje aumentada com o que JJ disse sobre a qualidade. De facto, precisamos de mais qualidade, não daquela que se ganha com o tempo, como foi o caso de Matic, David Luiz, Di Maria, Gaitan, mas daquela instantânea, à Markovic, e não vi nenhum reforço que me sossegasse essa preocupação.

Mas o que me preocupa ainda mais, é que me estão a tirar ídolos, campeões, gente que me deu inúmeras alegrias no ano passado, e eu não posso ficar indiferente. Aliás, o meu coração não pode ficar indiferente, mesmo quando a razão me diz para não o sentir. É que um gajo apega-se, porra.

Eu percebo que precisámos de vender, e de poupar, e de nos submeter ao poder do dinheiro, mas foda-se, quero que me deixem pelo menos o Enzo e o Rodrigo, pode ser? É que com tanto desaparecimento emocional, começo a sentir-me roubado.

6 comentários:

Alberto disse...

Já eu se ficar só o Enzo já me dou por contente. Fiquei aliviado também por Jesus reconhecer a falta de qualidade do plantel neste momento. Ainda se vai a tempo para remediar, embora na questao das alas achar que Ola John Pizzi e Sulejmani sao alternativas suficientes a Gaitan e Salvio.

De resto, precisamos do Silvio e do Maxi, e de um trinco urgentemente. Na linha da frente dava jeito uma truta para substituir Rodrigo...

Nuno Bento disse...

Alberto, se ficar só o Enzo dás-te por contente, mas se sairem Salvio e/ou Gaitan, então a tua equação das alas vai por água abaixo.

Ontem ficou mais que provado que o triplete argentino Enzo+Gaitan+Salvio precisa de ficar.
E sim, dava jeito uma truta para a frente, uma vez que Cardozo desapareceu.

Alberto disse...

Sim, estava a assumir que para além de Rodrigo, nao sai mais ninguém.

pitons na boca disse...

Dass! Será que ninguém sabe ler? Jesus falou em qualidade de trabalho (leia-se, treinos), não de jogadores. Que, por muito que se trabalhe, esse trabalho tem de ser feito com qualidade.
Parem de ler só as letras gordas dos pasquins!
Anda toda a gente a apanhar muito sol na cabeça, só pode.

Luis Marques disse...

Perdemos contra o Sporting. Mas só jogamos com 4 titulares. Sinceramente não estou muito preocupado. Se não vier mais ninguém nem sair mais ninguém o onze deve ser
Artur
Maxi Luisão Lisandro Benito
Almeida/Amorim Enzo
Gaitan Salvio
Lima e Derley
Gostava de um redes e um trinco novo mas acho que mesmo sem eles temos equipa para ganhar tudo a nível nacional

Korapilo disse...

A mim preocupa-me só ter o Artur Moralidades, o Paulo Lopes e o Bruno Varela para a baliza. É necessário uma espécie de Preud'homme, um redes que chegue e não precise de competir com o Moralidades. É possível que o Romero seja o homem mas com esta carga fiscal não sei se chega a vir. O Diego López era outro com esse perfil mas a puta da carga fiscal também o leva para o Monaco ou caralho que o foda.
No resto do campo, não me preocupa.