Béla Guttman (ou) Bela Merda? Vamos lá falar da Estátua

O anúncio de que uma estátua a Béla Guttman foi inaugurada na Catedral chegou até mim via SMS, do Benfica. Estava fora de casa, li, e caguei no assunto, estava a divertir-me e com a cabeça noutro lado.


No entanto, quando cheguei a casa, e já passadas umas 12h da inauguração, madrugada, reparei que só um blog tinha falado do assunto (O Coluna d'Águias Gloriosas).

Não é fácil abordar este assunto do ponto de vista opinativo para as massas, porque é algo que, para além de não-consensual, não fácil de julgar com discernimento. 

Confesso que a minha primeira impressão quando li a mensagem foi algo tipo "A este boi? Puta que pariu, e o Coluna, caralho?". Mas, e como já referi, não pensei mais no assunto.

Ao ler o artigo no blog também referido anteriormente, concordei com os prós de termos uma homenagem a alguém que venceu 2 Champions pelo Maior, e confesso que o autor já me estava a convencer, até à parte em que sugeriu colocar o nome do treinador por baixo do Pluribus Unum, para dar um sentido ainda mais místico à coisa.

O problema disto é que, e embora RGS tenha desvalorizado isso nas declarações que deu à imprensa, tudo surge para quebrar uma maldição lançada pelo próprio treinador, e isso não revela mística, mas sim crendice e banha de cobra de cigana de feira. Não quero dizer que isto seja um atirar de areia, o que realmente me preocupa é que quem lá pôs a estátua acredita mesmo que o Benfica não tem vencido as últimas finais europeias porque o Béla Guttman, num dia em que não lhe subiram o salário, mandou o Benfica para o caralho. Isso não é mística, é burrice.

Mas, e voltando ao assunto:

A minha opinião em relação a esta estátua é simples: Era merecida, mas não urgente. Seria urgente uma a Coluna, já há tanto pedida por vários Benfiquistas, e que ganhou força com a morte de Eusébio. Seria urgente uma a José Augusto, a Simões, a Fernando Cruz, a Ângelo Martins, a Mário João, todos eles obreiros das glórias atingidas entre 60 e 64, que ainda as poderiam ver em vida.

Seria, não urgente, mas primordial, uma a Germano, uma a Cavém, uma a Zé Águas, uma a Santana, uma a Torres e uma a Costa Pereira. 

Depois sim, uma a Béla Guttman, pois saiu como saiu, e cuspiu no prato onde comeu. Agradecemos por tudo o que fez, mas não é lógico homenagear o mal-agradecido antes de homenagear os que estiveram sempre com o clube. 

Mas essa é a minha opinião, e quem quiser continuar a acreditar em pragas e leituras de mão, só lhes peço para não acabarem a ir contratar o Bruxo de Fafe. O Mestre Alves é mais engraçado e ganha menos, tá?

PS: Por falar em mística,parabéns ao Calado que faz hoje 40 anos. Não merece uma estátua, mas um bocadinho mais de consideração, sem dúvida.


10 comentários:

lawrence disse...

Tou nessa Vitto!
Excepto na do Calado.
Não me diz nada, pá!

Germano Bettencourt disse...

Estou ctg nessa do Germano. :P

formatted error free disse...

a final da champions deste ano ser na Luz explica a estátua ao treinador que venceu as duas unicas taças dos campeoes para o Glorioso e não pode ser considerada uma forma de "fazer as pazes" com o homem. mas se essa ideia for comprada, muito bem, que seja.

quanto ao merecimento por parte dos jogadores de estatuas para eles também, julgo que tem de haver aqui uma fronteira. Porque de facto o Eusébio foi o maior - merece uma estátua. se fizeremos estátuas aos outros, o Eusébio perde "protagonismo" porque fica ao nivel dos "outros" e o lugar dele é acima, por tudo o que representa. Para resolver a questão, o que poderia ser feito era fazer bustos de todos os jogadores campeões europeus pelo Benfica. poderia-se até transformar em regra e a vitoria na liga europa dar direito a bustos dos jogadores também. sempre era outra motivação (se é que é preciso mais motivação para alem de vestir a camisola)

quanto ao Calado, lembro-me que antigamente haviam pastilhas dos 3 grandes. cada pastilha vinha com um autocolante de um jogador. os autocolantes mais dificeis de encontrar eram o do Joao Pinto e o do Calado. só para lembrar que antigamente o Calado era considerado um grande jogador. depois apareceu aquilo do melão e a partir daí passou a ser um jogador de merda. mas da mesma forma que mencionas a forma como o bella gutman saiu do Benfica, lembra que o calado se recusou a jogar pelo Benfica a meio dum jogo. shit happens

David Duarte disse...

Não estou nada contigo Vitto. Ele foi talvez quem melhor compreendeu o que é ser benfiquista. Se não é o que melhor compreendeu é pelo menos quem melhor exprimiu o que é ser bbenfiquista com a sua definição de mistica.

Dizes-me que foi alguém que se foi embora. Foi e teve razão em ir. Vê lá tu que na altura o Be.fica dava-se ao luxo de mandar embora um treinador campeão europeu... bi-campeao europeu. Hoje os benfiquistas nem conseguem desfazer-se de um tri-campeão taça da liga...

lawrence disse...

São 22 horas de domingo!
Que ninguém se lembre de levantar alguma pedra!
O Valderrama deve estar a fazer uma força danada para sair debaixo da dele!

Random_Hero disse...

Concordo plenamente!
Superstição estúpida, como todas, aliás.

DeVante disse...

Estou com o David Duarte...
BG foi aquele que melhor soube traduzir por palavras o que é a Mística do Benfica; BG deu uma estrondosa entrevista antes da final com o Barça na Suiça...BG foi único, merece a estátua...

rui disse...

Esse Coluna das aguias malucas é um chanfrado. Ainda hoje me desfaço a rir quando me lembro das maluqueiras que ele dizia apos eliminação do benfica do champions....e que o platini isto..e o bayern tem mais seguidores no facebook do que portugal tem habitantes....

Uma maluco das bandeiras...pronto.
E isto é mais do mesmo...é circo. È folclore. O Benfica vai vivendo disto..de circo,e museus e estatuas e funerarias

rui disse...

Depois o maluco das bandeiras diz que toda a gente no mundo sabe da maldição do bela guttman...sabem?? Mas esse bandeirola algum dia saiu de casa? È completamente chanfrado esse gajo

rui disse...

O Manuel pedófilo não vem cá agora?