O que Ronaldo deve fazer para ganhar a Bola de Ouro

Daqui a umas semanas vamos conhecer o novo Bola de Ouro. Mais do que nunca, este ano parece que o vencedor não vai ser Lionel Messi. Assim sendo, Rybéry e Ronaldo fazem tudo para vencer o prémio. Mas o que pode o português fazer para ter a certeza que o prémio não lhe vai fugir?

Marcar três golos por jogo


Cristiano Ronaldo sabe : ultimamente, para ganhar a Bola de Ouro, é preciso marcar muitos, muitos, muitos golos. Na época passada, apesar de todos os seus esforços, o português não conseguiu fazer melhor do que o argentino. Mas esta época, Messi està a passar por um abaixamento de forma e, assim sendo, Cristiano (ou simplesmente Ronaldo, segundo Valérie Fourneyron) tem o terreno livre para ser o màximo goleador. Desde o dia 1 de Setembro, Cristiano marcou 27 golos em 17 jogos em todas as competições, os ultimos 8 nas ultimas três jornadas da Liga (dois hat-tricks e um "doublé", tranquilo!). O objectivo é claro. Christian Ronald ainda tem 10 jogos antes do final do ano de 2013. O cyborg vai marcar 30 golos o que farà um total de 92 em 2013... ou seja um a mais que o record estabelecido por Messi no ano passado. Face a esta performance, o mundo do futebol fica estupefacto, mesmo se Pelé tenta convencer tudo e todos que em 1961 ele marcou 317 golos, 58 dos quais num jogo contra uma equipa de infantis pernetas. Insuficiente para evitar o inevitavel : Cristiano Ronaldo é eleito Bola de Ouro 2013.

Qualificar-se para o mundial


Cristiano Ronaldo sabe : quando um Mundial vem misturar-se com a eleição da Bola de Ouro, as cartas estão distribuidas. Vimos isso em 1998 com Zizou, ou ainda em 2006 com Cannavaro pela sua prestação incrivel no mundial alemão. Ora, neste momento, Cristiano Ronaldo nem sabe se vai estar presente no Mundial 2014. Então, se ele quer a Bola de Ouro, este ano ou no proximo, ele tem de estar presente no Campeonato do Mundo. Para os dois jogos contra a Suécia, o atacante do Real Madrid decide pois de dar tudo. Ele toma uns produtos antes do inicio do jogo da primeira mão o que faz com que duplique o volume da sua coxa. Deste modo, consegue marcar um golo a 70 metros da baliza com um remate cronometrado a 176 km/h. No final, Portugal ganha por 4-1 graças a cinco golos de Ronaldo, que não resistiu em marcar um golo de moinho na propria baliza. No jogo da segunda mão, a mesma coisa. Um hat-trick com um golo de canto directo e um cabeçada a 30 metros da baliza. Mesmo Zlatan fica boquiaberto. Portugal ganha o seu bilhete para o Brasil. Cristiano Ronaldo é eleito Bola de Ouro dos play-off 2013... o que jà é bom.

Antecipar a final da Taça do Rei para Dezembro


Cristiano Ronado sabe : o palmarés não é necessariamente importante. Recentemente, para ganhar a Bola de Ouro, ganhar uma vulgar Taça do Rei chega. Então, Cristiano Ronaldo tem uma ideia louca. Jà que em 2013 ele não ganhou nada (eliminado da Liga dos Campeões, segundo na Liga e final da Taça do Rei perdida), ele deseja ganhar a Taça do rei 2013/2014 antes da eleição da Bola de Ouro. A Federação espanhola não compreende a manobra, mas aceita. O Real joga a sua primeira eliminatoria a 7 de Dezembro com o Olimpic de Xativa. Vitoria 4-0, poker de Cristiano, além de um remate ao poste, outro à barra, três virgulas, um controlo com o pescoço e uma corrida de 90 metros em 9 segundo. Na mesma semana, nova eliminatoria. Na falta de dias, Cristiano não se importa de meter de lado as férias de Natal. O Real chega assim à final da Taça, programada para 31 de Dezembro às 20h45. Evidentemente o adversàrio é o Barça. Os catalães estão todos de férias e o clube blaugrana joga pois com a equipa C. Uma maravilha para CR7, que pode assim marcar os seus três golos habituais. O Real ganha a Taça e o português é o melhor marcador da competição com 17 golos em 5 jogos. Face a um tal triunfo, os votantes resignam-se : Cristiano Ronaldo é eleito Bola de Ouro do Rei 2013.

Criar o escandalo com um novo caso Zahia


Cristiano Ronaldo sabe : a Bola de Ouro é antes de mais uma questão de imagem. Por esta razão Messi é o cliente ideal : um jogador excepcional, mas um homem insonso, com uma imagem de rapaz simpatico. Este ano, com Messi out, estão dois na corrida : Ribéry e Ronaldo. Ora, com o Bayern, Francky conseguiu uma imagem de marca. A de um rapaz fixe, ao serviço da equipa, sempre disponivel. Um pouco o contràrio do português, que tem de suportar a cruz de uma imagem de gajo egoista, centrado na sua pessoa, pretencioso. Cristiano investiga nos arquivos e encontra o dossier Zahia. A ideia é luminosa. Ele telefona a um amigo de infância cuja irmã mais nova tem 17 anos. " Mas ela parece ter 20", diz-lhe o seu amigo. Na "mouche". Cristiano organiza um esquema em que a rapariga encontra Ribéry, que cai na armadilha. Esperto, CR7 mete mesmo uma câmara para filmar o acontecimento. A poucos dias da votação, ele passa a informação para os media com o pseudo "O Corvo". A imagem de Ribéry fica fatalmente marcada. Cristiano, pela sua parte, vai até ao fim com o seu esquema e faz o papel do gajo simpatico : "é triste o que està a acontecer com Franck. Poderia ter acontecido com qualquer um. Infelizmente està a acontecer com ele." Os votos passam para o lado de CR7. Cristiano Ronaldo é eleito Bola de Ouro do bluff 2013.

Fazer um one man show intitulado O Comandante


Cristiano Ronaldo sabe : para ganhar a Bola de Ouro é necessario ter a FIFA com ele. Ora, neste momento, isso està longe de ser o caso. Sepp Blatter, o Presidente da FIFA, gozou descaradamente com ele num verdadeiro sketch, onde comparou o jogador do Real Madrid a um comandante, afirmando "que entre Messi e Cristiano, um dos dois passa a maior parte do seu tempo no cabeleireiro". Cristiano não gostou, mas sabe que tem de aguentar com as brincadeiras se quer ganhar a Bola de Ouro. Tem mesmo de fazer mais do que isso : dar a volta às piadas do suiço a seu favor. Entre dois treinos do Real, ele escreve um espectaculo que intitula O comandante. O cenàrio : um comandante de guerra, duro e agressivo, ensina aos novatos as leis da guerra. Mas para além disso encontra-se um homem que, em casa, é um marido atencioso e um pai babado. Um modo subtil para passar a mensagem e mostrar às pessoas a sua verdadeira cara : um homem sensivel, longe da imagem de comandante que ele manifesta nos terrenos de futebol. O one man show estreia a 15 de Dezembro e é um sucesso imediato. Mesmo Sepp Blatter vai ver o espectaculo e admite ter ficado com uma làgrima no canto do olho. Quanto a Messi, foi apanhado a dormir durante a peça. A estratégia do madrileno funciona : as pessoas apreciam o seu sentido de humor e de gozo para com ele mesmo, os votantes da Bola de Ouro votam nele. Cristiano Ronaldo é eleito Bola de Ouro do humor 2013. Sem problema.

Tradução do artigo de Eric Maggiori, redigido para a edição online da revista SoFoot.

http://www.sofoot.com/que-doit-faire-cristiano-ronaldo-pour-avoir-le-ballon-d-or-177389.html

2 comentários:

Vitto Vendetta disse...

Muito bom!

Germano Bettencourt disse...

Excelente.

Isto sim é fina Ironia. Não a do adubo orgânico aka flatulento.