Crucificar Jesus?

Hoje no Record vem isto:

«Jorge Jesus, treinador do Benfica, incorre numa pena de suspensão entre um mês a um ano, caso as suas declarações no final do clássico da última sexta-feira sejam consideradas atentatórias da “honra e reputação” do auxiliar Ricardo Santos.»


Então e este? Nada? 


«Foi uma arbitragem vergonhosa. O que me apetece dizer é que podem já encomendar as faixas de campeão. A equipa de arbitragem foi uma vergonha. A nossa equipa foi má, a do Gil Vicente digna e a equipa de arbitragem vergonhosa»

12 comentários:

Carlos Alberto disse...

É por causa do cabelo... o gajo da disciplina da liga é invejoso!!!

MS disse...

Her-Cu-la-no

MS disse...

Her-Cu-la-no

MS disse...

"Honra e re-puta-sao"

Sao como os tres... Onde isso ja la vai!

Anónimo da Silva disse...

há uma ligeira diferença entre dizer: "a arbitragem foi vergonhosa" ou dizer "a arbitragem foi vergonhosa de propósito".

Mas enfim, siga o choradinho.

MAICOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOONNNNNNNNN

Bruno Sousa disse...

Uma coisa é dizer que o arbitragem é vergonhosa e JJ podia tê.lo dito. O que ele não poderia dizer era " O fiscal de linha viu a jogada, ele viu tudo, só não quis assinalar!". Uma coisa é dizer que a arbitragem foi má outra é dizer que foi má...propositadamente.

Vitto Vendetta disse...

Triste país onde quem diz as verdades é punido.

Maria disse...

O Paulo Bento que o diga!

DeVante disse...

O Paulo Bento seleccionador da equipa do sistema?
Fodas! Se todos fossem punidos desta forma!? Quem se lixou foi o Zbordén...

DeVante disse...

A pergunta que se impõe é esta:

Existe alguma arbitragem vergonhosa que não seja propositada?

Vitto Vendetta disse...

Concordo contigo, Devante.

Anónimo da Silva disse...

A do Bruno Paixão tenho a certeza que foi de propósito!