And Now For Something Completely Different

Tripla pura que espera sem jura, louvada a tua ânsia que atravessa a batalha, onde a maioria malha e a glória perdura.
De quantas horas se fez tuas glórias, mais do que trabalho, suar p'a caralho, escacar pedreiras, levar com o malho... Ah foda-se, quase desisti quando não te senti...
'Morra o Pinto da Costa', 'Morra o Roberto', 'Morra o Emerson'
Não!
Não morra ninguém!
Ok, está bem...
Pode morrer o bandido, do lábio metido, mas só esse cabrão, que é de más famílias, e já nem as tílias, que nascem o salvam. Coitado, anda enrascado de uma ténia, diz que é de ver muita vénia, dos parolos dos jornalistas, dos politiquistas, dos Franquistas e dos vigaristas. É só parasistas.

7 comentários:

Germano Bettencourt disse...

Temos poeta. :P

Malcolm disse...

Foooooooodass muito bom

Leo disse...

Tá demais o bar da praiaa mano!

Carlos Alberto disse...

Foda-se estás demasiado intelectual para uma sexta à tarde.

Isto é paleio de segunda de manhã!!!

DeVante disse...

Now for something even different:

O que é isso da "cantera" e da "formação"?

O que é desejável? Apostar numa infraestrutura ou academia, que custa milhões, albergando vários putos e ver se algum dia aproveitamos (para o plantel principal e/ou venda) algum ou, apostar num treinador competente, capaz de potenciar o produto de uma boa prospecção? Trocado por miúdos, ter um modelo como o dos lagartos, a ver se um Dier, Bruma, Carriço, Patrício, algum dia possam render, no plantel (fora de questão, não estão a render) e/ou possam render uma boa maquia (também fora de questão, dada a "opção preferencial", privilégio dos corruptos) ou, em alternativa, apostar num modelo tipo do actual Benfica, que aposta na aquisição de um Matic, Gaitán, Ola John, Di Maria, Rodrigo, Javi Garcia, Ramires, etc, que não foram baratos, mas foram bem potenciados e renderam, futebolísticamente e financeiramente, proporcionando grandes retornos?

Acho que este assunto merece ser debatido, até porque estamos em crise e não se percebe o porquê do elogio unânime ao modelo lagarto de "academia" e tal se o mesmo não consegue "alavancar" o clube e, pior, este continua em queda livre.
Até porque, como se ouve por aqui, o que nos mantem à tona da água são os proveitos das vendas dos jogadores, "potenciados" pelo nosso "modelo".

O que preferem?

blogdegajo disse...

ah fadista!!

Pé do André disse...

Bravo.