Don't wanna be your monkey wrench

"Não serei teu instrumento"

É uma frase que faz falta no futebol nacional.

Deveria ser dita pelos árbitros ao Porto e a todos os que os tentem corromper.

Deveria ser dita pelos dirigentes do Sporting a um em especial do Porto.

Deveria ser dita pela classe jornalística aos interesses instalados, maioritariamente encarnados.

Deveria ser dita aos poderosos agentes de futebol.

Pelos adeptos aos dirigentes dos clubes.

Deveria ser dita por todos os que têm interesses e objectivos a alcançar neste fim de temporada, ao gajo que tem feito chantagem a todos os clubes da liga e a quem acompanha a liga Portuguesa, com estes sucessivos episódios de ameaça de falta de comparência aos jogos do presidente do Leiria, o Bartolomeu.

E já agora, pelos jogadores do União de Leiria ao mesmo...

Em suma, deveria ser dita por todos os que sabem que estão a ser instrumentalizados por interesses obscuros com fins e objectivos inconfessáveis...

Só que, como assinalou o Vitto de forma magistral num post abaixo, vivemos num mundo imperfeito, e há muita falta de tomates.

Resta-nos a música. Para ouvir alto.



13 comentários:

foda-se disse...

o vaicoiso e lepos não seria coerente sem ti

tou intupido disse...

tou pra ler tudo acerca do chinês,são todos encarnados caralho !

Señor B disse...

Don't wanna be your monkey wrench, Cabelo do Aimar.
Porque não pactuo com blogs multi-milionários que vivem á custa de c... na p...

:)

Valdemar disse...

Isso.

Espera lá, que vou acender um Cohibas com um maço de notas de 500 e já te respondo...

LDP disse...

Não passas de um eunuco, Valdemar.

Estavas quase a sacar os tomates cá para fora mas a um certo momento não soubeste evitar a mentira dos "interesses encarnados" no que toca ao jornalismo. Temos pena.

Pedro disse...

"Deveria ser dita pela classe jornalística aos interesses instalados, maioritariamente encarnados."

HAHAHAHAHAHA

Alguém acreditar nesta frase, nos dias de hoje, é surreal...ultrapassa a ignorância. É burrice pura!

Valdemar disse...

A ambos:

.|.

Pedro disse...

Tão querido!!! ☺

LDP disse...

E perguntam vocês: com que base argumentativa é que o Valdemar irá responder? Visto que sublinhou (mais uma vez) a sua ideia sobre jornalismo e interesses monocromáticos, o rapaz lá terá um trunfo forte e insofismável para demonstrar que sim, que tem razão no que diz.
Só que o rapaz ficou-se pelo manguito. Sintomático.

Vitto, é por estas e por outras que a aposta em "picar por picar" é errada.
Porque há que saber fazê-lo com inteligência, com verdade nas palavras, ou até muito simplesmente com humor. Humor verdadeiro, claro está. Pois a linha entre ser cómico e ser estupido é muito ténue.
Mas isto que o Valdemar nos apresenta não passa de mandar uma pedra e depois fugir sorrindo cinicamente.
Ou meter um cagalhão de cão no tapete da vizinha, tocar á campainha e...lá está, fugir.
Manda a sua rajada e quando confrontado com opiniões diferentes, (ou a verdade), não defende nem o seu clube nem ele próprio..."mete gelo"; "aziados"; ou ".|." é, não poucas vezes, a complexa maneira que o Valdemar tem de defender os seus argumentos irónicos e azedos. Esta não era a qualidade que o blog apresentava ao início. Mas é a falta de qualidade que o Valdemar introduziu nos posts quando se juntou ao team. Se, Vitto, chamasses o teu primo de 13 anos para aqui escrever, o efeito não teria sido muito diferente.

O Valdemar se quer mandar bocas, gozar, picar, ou tão somente estabelecer diferenças entre o seu clube e os outros, que comece a usar a verdade. Pelo menos a verdade. E que comece a ser coerente. Pois ainda aqui há dias elogiou tanto o Aimar, mas esqueceu-se que passou 3 anos da sua vida a defini-lo como "jogador acabado com reforma de ouro". Eu preferia ter lido o seu enésimo insulto para com o Aimar em vez de ve-lo agora a elogiá-lo, numa atitude de lambe-cus sem paralelo para agradar a quem só ele saberá.

Concluindo, conseguirás ser um pouco mais inteligente na tua conduta, Valdemar?

TRINÓNIMO disse...

Insultos: Pagá-los com a mesma moeda é inútil e desonroso’, escreveu há mais de um século o norte-americano W. Irving. Não concordam?
Pois mais logo teremos submissos e amigos em alegre "filhos da puta SLB..novamente ?"

Valdemar disse...

LDP,

não perco tempo em argumentação contigo, nem com outros acéfalos lampiões.

A contraposição a todas as besteiras que aí escreves, encontras facilmente em cada uma das coisas que fui escrevendo ao longo destes anos.

Se tiveres interesse, vai à procura e desampara-me a loja.

Se não tiveres interesse, desampara-me só a loja.

Quanto a mudar de ideia sobre o Aimar, considero uma atitude lógica e inteligente. Ele fez-me mudar de ideias.

E é uma atitude precisamente oposta à de alguém que se tenha rido do Djaló quando equipava de verde e branco, mas tenha tido alguma espécie de esperanças que viesse a ser solução para a equipa quando passou a equipar de vermelho.

Ou, como escreveram os tais jornaleiros serviçais que eu menciono, o Djaló que passou de "técnicamente limitado", a "jogador internacional Português".

Bastou, aliás, mudar de camisola...

LDP disse...

Não. Tu não ganhas é tempo (e algo mais) a argumentar com quem te puxa as orelhas. Mas não deixa de ser bonito apelidares alguém de acéfalo.
E não uses a técnica da vitimização porque eu, e não só eu, sabemos bem aquilo que escrevias principalmente no banco da mexicana. Mas que agora não escreves. Aqui.

O Aimar fez-te mudar de ideias? Ainda bem. Mas a atitude mais inteligente seria durante três anos não dizer merda atrás de merda sobre ele. Com um atraso considerável acabaste por ter uma atitude "lógica e inteligente", porém. E ainda bem. Pois ambos sabemos que irá acontecer mais vezes no futuro.

Eu desamparar-te a loja? Porque sou algum problema para ti? Se sim, a solução é simples: deixa de ser mentiroso e pensa duas vezes antes de escrever merda.

Vitto Vendetta disse...

Gostava de vos ver aos dois num daqueles programas de paineleiros!