O que eu penso do 'caso' Jesus

Eh pá, antes de mais quero pedir desculpa não só ao Valdemar, por postar quase meia hora depois dele, 'escondendo-lhe' um pouco o post, mas sobretudo à Dina, que tem acompanhado a nossa seleção de Hóquei no Mundial e tão bem nos tem reportado o que tem visto (podem ler mais abaixo). Mas a cena é que não sei quando voltarei a ter oportunidade, não só de escrever algo, mas de ter vontade para isso. Não me apetecia muito, mas confesso que estará na hora de falar eu do que aconteceu com Jesus,

Se há coisa que procuro ser, tirando quando não o sou por gozo ou mesquinhez, é ser justo e reconhecer quando se erra. Acho que nós, Benfiquistas, deveríamos perceber isso, ao invés de atirar coisas à cara (isso também se pode fazer, mas olhe-se primeiro para dentro). O que o Valdemar apontou no post anterior, não querendo isto dizer que concorde com tudo o que lá vem, é interessante, e entristece-me, quando penso que temos tido casos de indisciplina muito peculiares nos últimos tempos. Não puxando muito a culatra atrás, a cabeçada de Luisão foi triste. A pena não foi muito severa, e fiquei contente por isso, apesar de gostar mais do Jardel. O caso Cardozo também foi triste, não me referindo à novela que depois se desenrolou, mas sim ao empurrão a Jesus, assim como não ficarem para receber medalhas. O apagão também foi engraçado.

Mas, também não é preciso puxar muito a culatra atrás para ver o que os nossos rivais têm feito nos últimos tempos, entre incêndios, incentivos à violência, ameaças de morte, agressões, sei lá, até arriscava 'suícidios assistidos'. E não me queiram dizer agora que isso não põe em perigo a vida das pessoas, muito mais do que o Jesus a tentar separar um polícia que estava a agredir um invasor de campo. Já vi muitas invasões de campo, e nos casos em que isso acontece, há sempre reacção (recordo Boban, que fez um carapatesta a um polícia, ou no jogo particular na suíça, quando milhares de adeptos invadiram o campo para foder a boca aos seguranças. Eu sei ver que o Benfica tem estado envolvido em cenas desanimadoras, e isso entristece-me, mas não me venham com merdas puritanas sobre esta situação em particular. Isto de Jesus foi um erro, e era escusado meter-se naquilo, mas há muito mais por onde crucificar o homem, que não isto.


31 comentários:

LDP disse...

Vitto.

"O LDP que gosta de referir que uma vez houve confrontos e pedradas entre a Juve Leo e adeptos Espanhóis, creio que do Atlético de Madrid. Mas que agora acham que não se passa nada."

Pede ao teu amigo Valdemar para provar publicamente isto, por favor.

Vitto Vendetta disse...

Valdemar à caixa 1. Valdemar à caixa 1.

Vitto Vendetta disse...

:,D

Roberto Rensenbrink disse...

Todos estes últimos casos só vêm acentuar algo que eu penso: o Benfica não tem estrutura ao nível do futebol, daí que ninguém acompanhe e «controle» o treinador e alguns dos jogadores, que funcionam por vezes em roda livre.

Por outro lado, um tipo que supostamente é um líder e um comandante mas que não se consegue controlar não encarna o traço essencial de um líder: a liderança pelo exemplo.

Não confundir nada disto com aquilo de que já se estava à espera: o cerrar de fileiras de portistas e seus aliados verdes na caça ao Benfica. O que lhes interessa nem é propriamente o castigo a Jorge Jesus, mas as feridas que podem provocar na instituição e na sua equipa de futebol.

LDP disse...

é muito simples, Vitto.

onde e quando é que eu disse que o caso de Jesus em Guimarães é um "não se passa nada".

aguardo resposta.

Jusko disse...

Roberto disse " o cerrar fileiras de portistas e seus aliados verdes" ...acordaste agora de um coma profundo que durou meio ano foi ?
Tens visto noticias ?
Estiveste neste planeta nestes últimos tempos ?

hertz disse...

De facto esses episódios recentes menos bonitos também me entristecem e uma pessoa não quer que eles aconteçam mas também é verdade que qualquer coisa que se passa no Benfica tem uma repercussão exacerbada.
Por exemplo, recentemente houve 2 episódios condenáveis nos nossos rivais:
- Aqueles adeptos a atacarem uma carrinha de profissionais do Benfica, praticamente ninguém falou nisso. Alguns nem postaram o vídeo, outros puseram uma pequena nota no jornal em papel, pouco mais do que isso.
- Um elemento da Liga que se queixou de agressões da comitiva do Porto no Bonfim. Falou-se apenas nisso no final do jogo, no dia seguinte já era assunto morto e enterrado. Castigo? Inquérito? Nada!
Agora o presidente da AFLisboa queixa-se de agressão de um dirigente do Porto e de insultos do PC, o que é uma situação gravíssima, e nesta terça-feira, passado apenas 2 dias do sucedido já não se vê ninguém a falar nisso. Nada.
Com este caso do JJ, já se vê muita comunicação social a falar do histórico de incidentes do Benfica, mas em relação ao episódio das agressões ao Nuno Lobo não se vê ninguém a falar no histórico de agressões de pessoal do Porto e que são recentes: no Bonfim, a agressão ao Valdemar Duarte, o desentendimento do Antero Henriques com um dirigente da União de Leiria, etc, etc.

Não gosto de ver estes casos no Benfica e espero que aconteçam o menos possível mas é notória a diferença de tratamento da comunicação social nestes casos.

Roberto Rensenbrink disse...

Sim, polaco?

Em tudo aquilo que seja equivalente a ataques ao Benfica, não há uma aliança, uma comunhão de interesses... É isso?

Chegaste de Marte ontem, foi?

Jusko disse...

Hertz , a comunicação social não amplifica os actos de selvajaria dos corruptos , como amplifica em outros clubes por uma razão muito simples..MEDO !
Medo que esses selvagens mandem capangas atrás dos jornalistas para os agredirem, como já aconteceu.
Aquela tribo de selvagens tem de desaparecer, a bem do futebol português.

Jusko disse...

Oh Zuca holandês , mas quais ataques ?
Queres que bata palmas á cagada que o jota jota fez em Guimarães ?!
a reacção que tive quando vi as imagens foi um ataque de riso...não me deu para aplaudir lamento

Marcelo disse...

Jesus agiu mal.
Não teve nenhuma agressão para com os agentes da autoridade, mas a forma como lidou também não foi nada pacifica.

Um adepto entra no recinto de jogo, acto estritamente proibido, é detido pelas autoridades (diga-se de passagem que foram excessivamente violentos) mas JJ não tem que exigir a sua libertação, ele infringiu uma lei e estava a ser punido por isso.

Como é possível ver pelas imagens, há outros jogadores (Artur, Cardozo, Sulejmani) que tentam ajudar o adepto mas não entram em conflito com as autoridades.

Infelizmente, sobretudo para o Benfica, acho que JJ vai ser punido e tendo em conta as contra-ordenações em que o caso se insere vai ficar suspenso durante parte importantíssima da época...

Henrique disse...

Eu gostava era que alguém tentasse discutir aquilo que realmente de importante se passou nos últimos dias: uma guerra declarada dos clubes de Lisboa (Benfica e Sporting) ao sistema implementado pelo norte (fcp). As afirmações do presidente da AFL apesar de parecerem despropositadas, são, no meu entendimento, muito ponderadas e servem um propósito: a retoma da influência no futebol pelo Benfica e Sporting.

Roberto Rensenbrink disse...

É o que eu teclei: vieste de Marte com passagem pela zona obscura da Lua.

Além disso, se não sabes ler, tens bom remédio...

rui disse...

eu achei foi as palavras do bruno de carvalho relevantes,ouve gente nos ultimos 30 anos que se interessaram em tornar um clube forte,e nao um futebol portugues forte.

Toda a gente sabe...que o porto é o clube do regime.

LDP disse...

Valdemar, mostras-me as minhas declarações sobre o "não se passa nada"?

Ser apanhado com as calças na mão é mau. Mas é pior não as usar sequer...o que diz muito sobre a pouca virilidade que demonstras ao lidar com as tuas próprias acções e palavras.

RedJoker disse...

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Desporto/Interior.aspx?content_id=3369436

Aqui já é um caso das tardes da júlia?

rui disse...

Querem ouvir uma coisa engraçada?

O video do jesus no youtube,tem mais visualizações do que videos do porto campeão.

http://www.youtube.com/watch?v=lUjAF4AesAs&lc=zCcW7WbK1WTiOyzRJZXz4GgHzdJy0NFbAI4A4EDLFHc

Salas de Imprensa disse...

Bom dia
A entrevista de Vieira pode ser encontrada aqui https://www.facebook.com/salasdeimprensa
www.salasdeimprensa.pt
Abraço

Adolfo Sapinho disse...

Caros benfiquistas,

confesso que estou um pouco surpreendido com a estratégia do slb relativamente a este caso.

É que, parece-me, este era o momento ideal para o slb arrumar a casa. E a meu ver conseguiria sair disto a ganhar em todos os aspectos.

Sejamos honestos. JJ fez merda. Não há desculpas para aquilo. Ele quis mostrar aos adeptos que era mais um deles (o que eles sabem que não é verdade), e como acontece sempre nestas coisas, no desespero para mostrar que ninguém defende mais o slb do que ele, foi mais além do que qualquer verdadeiro adepto do slb iria.

Obviamente que podemos colocar em causa a independência dos jornais (ui, se podemos...) e a seriedade de outros agentes que perante factos mais graves deste nosso futebol tuga decidiram olhar para o lado. Acho que neste aspecto o slb tem alguma razão, mas isso não legitima, nem poderia legitimar, qualquer outra acção censurável, como foi o caso.

Exigia-se pois, a meu ver, que o slb, o clube com mais adeptos em Portugal, olhasse não apenas para o seu treinador actual, alguém que não passará de um mero registo na sua grande história, mas para a sua responsabilidade enquanto uma das principais forças vivas da sociedade portuguesa. E isso implicaria, como é óbvio, condenar o seu treinador pelo sucedido. Tentar suavizar o contexto? Claro! Mas adulterá-lo? Não! O slb tem demasiadas responsabilidades sociais para assobiar para o lado.

Mas mesmo esquecendo a responsabilidade social do clube, e olhando apenas para dentro do mesmo, acho que o slb perdeu uma grande oportunidade de fazer 2 em 1.

2 em 1, pois parece óbvio que há muita tensão naquele balneário e que será apenas uma questão de tempo até nova bomba surgir.

Mas sobretudo por que neste momento há dois treinadores disponíveis que não só resolveriam o problema como certamente acrescentariam uma nova alma ao slb. Falo, obviamente, de MARCO SILVA e de RUI VITÓRIA.

Apesar de valorizar mais o primeiro, acho que qualquer um dos dois estava neste momento mais do que pronto para assumir o slb. Ambos têm experiência nacional, até já têm alguma experiência europeia, são jovens, são ambiciosos, têm um discurso muito sensato, são tecnicamente muito bons e até serão (imagine-se!) benfiquistas...

Confesso que não percebo porque é que o slb não aproveita esta oportunidade. Será mesmo que LFV acredita que JJ é o novo Mourinho? É que só pode...

SL

Ribss disse...

SL????
Só pode ser saudações leoninas.
hahahahaha!! mais 1 disfraçado

DeVante disse...

"Um adepto entra no recinto de jogo, acto estritamente proibido, é detido pelas autoridades (diga-se de passagem que foram excessivamente violentos) mas JJ não tem que exigir a sua libertação, ele infringiu uma lei e estava a ser punido por isso."

Fui só eu a ver "as autoridades" a serem coniventes com alguns adeptos, que também cometeram um "acto estritamente proibido"???

Henrique disse...

"estava a ser punido por isso" Pois, as polícias servem para "punir" os infractores. Tá certo.

Adolfo Sapinho disse...

Ribss,

confesso-me maravilhado com a tua capacidade de me "descobrir a careca"...

Sim, é verdade, SL quer dizer Saudações Leoninas! Parabéns!

Já agora, porque julgaste que estava "disfraçado"? Porque não disse mal do slb?

Desculpa que te diga, mas se o teu conceito de rivalidade não admite que um sportinguista diga o óbvio (ou seja que o slb é um grande clube), então é porque estás muito mais próximo dos andrades do que imaginas.

SL (uma vez mais!)

Ruben da Costa e Silva disse...

Para a lagartagem que costuma vir aqui colocar o nariz, se o JJ fosse vosso treinador (é impossível imaginar outro treinador a ter uma atitude desta, ñ por ser um bruto mas pela paixão e determinação que ele demonstra em tudo o que faz) e fizesse isto num jogo, a vossa atitude seria a mesma que a nossa, iriam ficar chateados/envergonhados mas iriam tentar suavizar a coisa.

Quanto à atitude da direcção do Benfica, eu ñ esperava outra coisa, porque vai ao encontro da mentalidade da sociedade portuguesa, quando o PS tá no poder e faz merda, o PSD/PP condenam, mas quando são eles a fazer a mesma merda (mas com um cheiro diferente) já condenam, e isso aplica-se se os papeis se inverterem; esta é a sociedade onde se um puto chamar filho da puta ao professor e levar uma estalada no focinho do mesmo, os pais do puto vêm logo exigir que o professor seja expulso da escola, e os outros pais até podem condenar a atitude dos pais do puto, mas quando são os deles a fazerem merda têm a mesma atitude e tentam justificar com ''o professor deveria ter feito queixa que nós tratávamos do assunto''.

E para compararem mentalidades, em Itália, na Juventus, o Pirlo foi substituído e decidiu ir para os balneários em vez de se sentar no banco de suplentes, o clube suspendeu-o por um mês, isto sim são atitudes, isto sim é ser-se diferente, quem vier dizer que no seu clube tb fazem a mesma coisa ou é hipócrita ou é estúpido.

Hugo Reis disse...

A minha análise objectiva do assunto do Jesus é muito simples. O Jesus já demonstrou que é espalhafatoso, ruidoso, jabardolas, "inculto", aciganado(com todo o respeito que me merecem os ciganos), etc... acho que depois é juntar a emoção de fim de jogo com algum excesso de zelo da segurança e deu naquilo. Numa moldura penal, não sei que qualificação se dá ao que se passou. Os mais indignados, quiçá com uma cor futebolística "anti"-Benfica, dirão que foram lapadas violentas e com intenção de injuriar fisicamente as forças de segurança, que podiam criar uma revolução violenta maior que todas as manifestações contra a austeridade. Outros mais moderados dirão que é muita parra e pouca uva, os restantes, com uma coloração quiçá pro-Benfica dirão que não se passou nada e que o Jesus só foi lá para ajudar o "pobre e inocente adepto". No fundo, um homem invadiu o campo no fim do jogo, a policia exagerou na intervenção e o Jesus exagerou na determinação. Não havia necessidade....

Ribss disse...

Adalfo Sapinho,

da maneira que te "intrometes" em questões relativas ao SLB, pensei que quisesses parecer Benfiquista.
Agora não entendo como 1 adepto Sportinguista vem cheio de moralismos a falar sobre arrumar a casa, sobre o possível melhor treinador para o Benfica etc...
Que pretendas crucifcar o Jesus por ele ser treinador do Benfica, até acharia normal, agora o resto não!
A tensão que existe hoje em dia não é dentro do balneário do Benfica, mas sim em todos os seus rivais e inimgos que até se dãoao trabalho de querer arrumar (leia-se desarrumar) a nossa casa!
Arrumem a vossa casa que bem precisa, não é?
SB

Yilmaz disse...

E ao Gustavo Fring atrás dos policias a este ninguém o acusa?!!... Dass

DeVante disse...

Eu vi Cardozo a apoiar a mão no ombro de um agente. Não se arranja nenhum castigo ao Takuara ou isso é lá para quando defrontamos os corruptos?

Adolfo Sapinho disse...

Ribss,

Foi apenas uma opinião, sem falsos, moralismos, a qual, com todo o respeito, não me parece nada descabida.

Apenas quis contribuir para a discussão, sem colocar em causa o slb, bem pelo contrário.

Aliás, precisamente porque entendo que a melhor solução para o slb não é a continuidade do JJ não me faz qualquer confusão que aconteça o contrário.

É legítimo, tal como é legítimo o meu exercício de escrever o que penso, em liberdade, sem ofender ninguém.

Se não respeitas isso e achas que me estou a "intrometer" em assuntos alheios, então, volto a dizer-te, estás bem mais próximo da mentalidade dos andrades, com quem me recuso discutir por falta de honestidade (intelectual e não só).

Como tal, da minha parte, game over!

Saudações Leoninas

Antonio Dias disse...

(h)

zé docopinho disse...

Epá genial a legenda da foto, imagino mm o JJ a dizer isso à jagunço da Brandoa, e è uma risada! :'D

Seriamente, o JJ só pecou pela excessividade como sempre, e em todos os aspectos. E ainda levou uma banhada no fim de contas. Quando è que o gajo finalmente aprende? Foda se!