Blogues D'Oiro 11/12

Faltam 2 dias para encerrar a votação. Conforme dito no post sobre esta votação, os 5 primeiros classificados vão a uma finalíssima, onde se apurará o Blogue D'Oiro da futeblogosfera portuguesa! Neste momento, com 1300 votos, temos o Cacifo do Paulinho isolado com 41%, seguido do Porta19 com 12%. Os 3 restantes são Gordo Vai à Baliza com 9%, Cabelo do Aimar com 6% e Fonte Segura com 4%.

Por razões óbvias, o nosso blogue não irá à finalíssima, pois nem sequer faz grande sentido estar na votação. Pensei que iria ser uma coisita mais familiar, mas depois cresceu. Peço desculpa por essa falha, my bad.

Por isso na corrida para a finalíssima estão também, com 3%, o Visão de Mercado, a Tertúlia Benfiquista e o SuperSporting.

Como já tivemos uma alma corajosa que se registou através do nosso site ali na cena das apostas do Freitas Lobo, resolvemos alterar a ideia inicial e dar uma prendinha aos restantes 4 blogs que forem à finalíssima.

Esta medalha:

Força no dedo...

15 comentários:

LDP disse...

Fiuza, és tu?

David Duarte disse...

Jà que estamos numa de sondagens, no Facebook anda uma a perguntar aos benfiquistas que clube desejam para os quartos da Champions.

Em primeiro lugar està o APOEL, como é normal. Mas em segundo està... o Barcelona!!! Mas o pessoal anda parvo?! Devem estar com desejos de ter dores no rabinho.

Anónimo da Silva disse...

Qual é o espanto? Eu ando a pedir aos Deuses todos há 4 ou 5 anos para o Barcelona vir jogar ao Dragão. Vamos ser goleados? Provavelmente! Mas ver aquela equipa ao vivo no Dragão seria qualquer coisa.
Aliás se vocês calharem com o Barça sou gajo de ir à Luz com uma camisola do Messi!

David Duarte disse...

Isso és tu que gostas de ter o rabinho assado.

Anónimo da Silva disse...

Não, isso sou eu que gosto de futebol espectáculo e gosto de ver a minha equipa a bater-se com os melhores.

Por exemplo, na Supertaça Europeia não fiquei nada triste, batemo-nos bem, com armas completamente diferentes mas conseguimos apresentar um bom futebol, mesmo desfalcados de James, Álvaro e com a saída do Falcao ainda a frio.

Eu gosto de futebol acima de tudo. Gosto que o Porto ganhe mas não de qualquer forma e posso dizer-te que com Jesualdo, apesar de tri-campeões só fui 4 ou 5 vezes ao estádio porque detestava o estilo de jogo.

David Duarte disse...

Não te preocupes que na proxima vez que for a Barcelona vou ver um jogo deles. Prefiro assim.

David Duarte disse...

Mas olha que sou daqueles que reconhecendo o nivel de qualidade (enorme!) do estilo de jogo do Barcelona, não gosta da forma como eles jogam. Explico-me:

Não acho piada nenhuma a uma equipa que precisa de fazer 50 passes antes de rematar. Não acho piada nenhuma ver três jogadores a trocarem a bola ao primeiro toque num espaço de 5 metros sem pressão alguma dos adversàrios. Não acho piada nenhuma que 75% dos passes sejam para o lado ou para traz.

A posse de bola é um dogma para o Barcelona o que faz com que prefiram mil vezes voltar a traz se necessario que tomar o risco de rematar ou mesmo de avançar. Neste sentido, prefiro muito mais o estilo do Bilbao que fazendo da posse de bola "à la Barcelona" uma parte muito importante do seu jogo, arriscam mais, são mais directos na fase ofensiva.

Prefiro um estilo de transições (dà muito mais dinâmica a um jogo). Não tenho prazer nenhum em ver uma equipa com 75% de posse de bola e um jogo que se passa a 80 por centro numa so parte do terreno.

Agora que é a melhor equipa do mundo dos ultimos 4 anos, disso não tenho duvidas. Afirmar isto não significa porém que tenha de ter prazer ao vê-los jogar.

Anónimo da Silva disse...

Nesse teu comentário na minha opinião há muitos erros.
O mais grave de todos é dizeres que 80% dos passes trocados entre jogadores do Barça são no próprio meio-campo. Não tenho a menor dúvida que são a equipa no Mundo e talvez na história do futebol que mais tempo consegue ter a posse de bola junto á área adversária.

Depois dizes isto - "Não acho piada nenhuma ver três jogadores a trocarem a bola ao primeiro toque num espaço de 5 metros sem pressão alguma dos adversàrios" - o que não faz grande sentido já que a pressão depende da outra equipa, eles é que decidem se pressionam alto ou baixo, mas para isso é preciso pernas. O Mourinho já experimentou os 2 tipos de pressão, alta ou autocarro, e sem dúvida que quando pressionou alto teve muito mais perto de vencer os jogos. As equipas que preferem fechar-se em 2 lihas de 5 jogadores á frente da área, vão naturalmente ver muitos passes do Barcelona a passar-lhes á frente porque isso é uma forma de os atrair e os desposicionar.

O Barcelona tem um estilo com um método simples: só vale a pena finalizar se a jogada for efectivamente perigosa e portanto não há praticamente remates de longe, fintas estúpidas para o meio da confusão (o Messi sabe quando pode e deve fintar). Há essencialmente muita paciência e qualidade de jogo, não vais ter provavelmente jogos vertiginosos como tens com o Real que joga sempre em transições rápidas, mas para quem gosta de ver futebol e analisá-lo do ponto de vista táctico as movimentações atacantes do Barcelona são das coisas mais sublimes que se pode ver.
Mas é natural que gostes dum futebol mais rápido, há muita gente que adora a Premier League por causa disso. A mim a Premier League por vezes irrita-me profundamente por ver tanta ignorância táctica em tantas equipas.

David Duarte disse...

Os 80% de posse de bola do Barcelona não são no terreno defensivo, pelo contràrio a maioria é no terreno atacante. Percebeste-me mal. O que eu quis sublinhar nesta ideia é que não tenho prazer em ver um jogo num so sentido.

Sobre os outros "erros", é obvio que não é culpa do Barcelona se os adversàrios não fazem pressão e permitem que Xavi, Iniesta e Busquets joguem ao meinho contra fantasmas. Eles até podiam fazer isso o jogo todo, mas sinceramente sobrevaloriza-se a % de passes acertados do Barcelona quando vemos no que eles consistem.

Num ponto concordamos. O Barcelona não arrista, ou melhor arrisca o menos possivel. Penso que é um dado factual, sem nenhum julgamento de valor. Mas numa coisa penso que te enganas :

"mas para quem gosta de ver futebol e analisá-lo do ponto de vista táctico as movimentações atacantes do Barcelona são das coisas mais sublimes que se pode ver."

Não percebo em quê tacticamente o Barcelona é mais rico que uma equipa que baseia o seu jogo em transições ràpidas, como por exemplo o Inter do Mourinho (so para tomar o melhor exemplo). Não sei porque razão uma equipa que faz da posse de bola o seu dogma é mais rica tacticamente que uma cujo dogma seja a transição (ofensiva, mas igualmente - estàs a ler-me Jesus? - defensiva).

Dàs a Premier League como exemplo (é a comparação que se faz hoje em dia, Espanha e Inglaterra), mas penso ser mais pertinente falarmos da Italia em termos de futebol de transições. Precisamente porque a Italia tem uma cultura tactica que falta a muitas equipas inglesas.

David Duarte disse...

E insisto, para vermos uma equipa com a cultura de posse de bola, mas posse de bola "objectiva" (digamos assim), a que mais me surpreende é sem duvida o At. Bilbao. Como é obvio não estou a dizer que são melhores que o Barcelona.

Anónimo da Silva disse...

É muito difícil estar a teorizar sobre as componentes tácticas do futebol ofensivo do Barcelona, até porque eu sou um mero leigo.
Mas aconselho-te um blog que ajuda a compreender algumas dessas movimentações que eu considero fenomenais.
http://paradigmaguardiola.blogspot.com/
Análises como esta não estão ao alcance do adepto comum e por isso é que adoro este blog
http://paradigmaguardiola.blogspot.com/2012/01/xavi-juega-de-circuncentro.html

O futebol de transições rápidas também pode ser muito bem trabalhado, Mourinho fá-lo muito bem, mas não o considero tão eficaz principalmente contra equipas muito fechadas.

David Duarte disse...

"Mourinho fá-lo muito bem, mas não o considero tão eficaz principalmente contra equipas muito fechadas."

Mas esse tem sido precisamente o problema do Barcelona este ano na Liga. Certo, o Barcelona perdeu fôlego este ano. Não é o mesmo das três épocas anteriores. Mas a quantidade de pontos perdidos contra equipas de médio-baixo nivel em Espanha a surpreendente. Jà os confrontos contra equipas mais fortes, o Barcelona leva clara vantagem (Real Madrid, Valência, Milan).

Anónimo da Silva disse...

Sim, o Barcelona este ano está menos forte. Tem tido muitas lesões, ainda agora o Abidal vai fazer um transplante, e os jogadores começam a acusar os 4 anos sempre a jogar 50 ou 60 jogos por época.
No entanto, e eu nem gosto de entrar muito por aqui, apesar do Real estar mais forte, a diferença pontual na tabela classificativa deve-se apenas a um factor: é que não são marcados penaltis a favor do Barça nem contra o Real. Bastaria que se tivessem marcado os 2 penaltis sobre o Messi em Valência, a mão escandalosa do jogador do Espanhol no último minuto e as mãos de Higuain contra Valência, Pepe contra Racing e Sérgio Ramos contra Sevilha para veres os 10 pontos de vantagem desaparecer. E depois ainda podia falar dos 2 golos mal anulados ao Barça com o Osasuna, da agressão dentro de área do Ramos ao Diego Costa contra o Rayo, do penalti fora da área sobre o Ronaldo contra o Getafe, do golo anulado ao Maiorca por fora-de-jogo atrás do meio-campo(!!!), do golo mal anulado ao Barça contra o Getafe, etc, etc, etc.
Repito que não gosto de entrar por estes campos, mas a liga espanhola este ano tem sido um escândalo!

Valdemar disse...

E por umas horas, na caixa de comentários do Cabelo do Aimar, falou-se de futebol...

Anónimo da Silva disse...

Peço imensa desculpa, posso-te insultar para que o blog volte á normalidade?