Sorte e competência

No futebol tem sido habitual justificar derrotas fazendo uso da palavra sorte. Há também quem fale de apitagens. Parece-me que, para um caso e para o outro, a palavra-chave é competência.
E, sobre o jogo de hoje, parece-me que é ainda mais uma verdade - ganha quem é mais competente. E, o nosso adversário, foi hoje mais competente porque marcou mais golos. Ao contrário do que vinha acontecendo neste campeonato, o SPORT LISBOA E BENFICA falhou muitas oportunidades de golo - foi pouco competente. O adversário, com as poucas que teve, acabou por fazer uso de uma competência tremenda.
Acho que o golo do BENFICA acontece num bom momento, tivemos oportunidade de ampliar e depois, num lance em que o BENFICA foi incompetente, acabou por sofrer o empate.
O jogo não mudou muito, tivemos espaços, mas em alguns momentos tivemos dificuldades em acertar marcações. Curiosamente, sofremos o segundo golo e, aí, o jogo para nós, acabou.
Diria, pois, que hoje não fomos competentes.

15 comentários:

João aka.. João disse...

A equipa defende mal, muito mal. As últimas goleadas serviram para iludir muita coisa. A malta anda iludida.

O que eu sei são, 5 clássicos, 5 derrotas. Dúvido que alguma vez tal tenha acontecido a algum dos 3 clubes...

Enfim.

MeiralVermelho disse...

Sim, a defesa não é a marca da nossa equipa, mas talvez por isso estamos com tantos golos marcados.Há de facto ali alguns erros, mas penso que são mais de estrutura, do que de jogadores. Eu acho que o Renato é algo frágil na abordagem à recuperação de bola, quando estanão está na sua área.Observa, pf, o primeiro golo que sofremos. Vê a postura do Renato. -MV-

João aka.. João disse...

Eu sou daqueles que acha que a qualidade colectiva, a nível defensivo, é ainda inferior à valia individual.

É verdade que não abunda muita 'classe' por ali mas isso não explica a incapacidade de defender de forma competente.

O primeiro golo é paradigmático. A equipa está em organização defensiva, com muitos jogadores atrás da bola mas praticamente todos dentro da própria grande área. Muito recuados, apáticos. Agressividade zero (pressão no portador da bola e naqueles que esperam pelo passe. Agressivade não é 'porrada).
Os jogadores do porto tiveram sempre muito tempo e espaço para decidir.

Ricardo disse...

Saia um post sobre Gaitan que nem trabalho deu ao seu apaixonado Maxi, o pior do Benfica ontem, e ainda refilou com os adeptos em proteção do amado. Nos jogos grandes.....zero, por isso, aqui vai andando!

Benfiquista Primário disse...

Tinha escrito há dias que, embora houvesse melhorias evidentes no nosso futebol, em ataque organizado e contra-ataque:

- continuávamos a defender mal
- os verdadeiros testes vinham aí pois mesmo quando não jogávamos nada, ganhávamos os jogos pequenos (excepto Arouca).

Infelizmente, confirmou-se tudo ontem...
Mais uma ineficácia na finalização deprimente (podíamos ter goleado).

Talvez o nosso problema tenha sido marcar cedo...dado o momento psicológico das duas equipas, o tal favoritismo consensual tomou conta do subconsciente dos nossos jogadores...tínhamos que ter carregado forte e feio depois do primeiro golo, teríamos arrasado com eles.

E vão CINCO DERROTAS em cinco clássicos. O bombom vai garantir o pleno no início de Março.

Sigo o Benfica desde 1980 e não me lembro dum ano em que não tivéssemos sequer um empatezinho para amostra nestes jogos!

Nem no final dos anos 90...

Bombom - a comer-nos de cebolada desde que foi contratado...

Sophie L. disse...

Gaitán é um zero nos jogos grandes?!
Será que já não marcou no Dragão? Será que não fez a assistência surreal na Luz para um famigerado golo do Lima contra o Sporting?

Ricardo, andas a dormir ou és daqueles que fecha os olhos à realidade quando a equipa não ganha? Claro que o Gaitán teve razões em protestar com os adeptos por causa da recepção ao Maxi. O gajo (Maxi) é um profissional exemplar... deu mais em todos os anos do clube do que muitas semi-vedetas que claudicam nos jogos grandes (Pizzi e o pé-de-chinelo do Jonas)... e ainda tiveram o desplante de conspurcar o magnífico tapete da Luz, em dia de chuva, com pedaços industriais de papel que apenas interferem com a qualidade do jogo de vedetas como "El Zurdo"...

Peito feito, parvalhão com a imagem e nick de um dos nossos grandes centrais! Ganha brio!! Nunca viste o teu clube a criar tantas oportunidades contra o clube da cedofeita em todos esses anos de reles existência!!

Ricardo disse...

Semi-Vedetas = Gaitan, estamos de acordo. Com essas pernas pode ser que nos demos bem. Beijinho minha querida.

Primal_X-man disse...

Antes de mais nada muitas boas notes a todos.
Queria deixar claro que acima de todo, VIVO O BENFICA CARALHO.
So tenho a dizer que a bi-polaridade Benfiquista é algo de se lhe tirar o chapéu.
Quando se ganha há incontáveis Man Us desta vida a volta do Gaitán e dizemos, que um jogador destes só sai pela clacula. Mas perdermos um jogo e o gajo é uma valente merda.
Arre fodace.

Primal_X-man disse...

Fodace para o auto scrip.
*Noites
*cláusula

Primal_X-man disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ricardo disse...

Eu nao disse que ele é uma valente merda, eu disse que no jogo de ontem foi mau, o pior da equipa, mesmo. Capitao, jogador mais bem pago, tem de fazer mais nestes jogos, so isso.

Quem disse...

@benfiquistaprimário
Tudo certo, um pormenor importante que pouca gente menciona: Fejsa ajuda a disfarçar a falta de contenção e cobertura que a equipa mostra. Sem Fejsa, a probabilidade de nos expormos mais aumenta.
PS: RV vem no final falar de ineficácia na finalização...(como se esse fosse "o" problema...enfim...)

Primal_X-man disse...

Concordo.

Primal_X-man disse...

Concordo.

Benfiquista Primário disse...

Completamente de acordo quanto ao Fejsa. É o único 6 puro do plantel.

PS. Pois...