Análise Individualizada da Pré-Época - LUISÃO

O capitão foi o defesa que mais jogou nesta pré-época, e, aparte alguns erros como aquele cartão amarelo nos primeiros 15 minutos contra o Bordas, perfeitamente escusado para um jogo de pré-temporada, mostrou boa sintonia com os colegas. Não sendo dos meus jogadores favoritos, é certo que o desfecho da última temporada mostrou que ainda nos faz falta, e esteve muito bem a separar Cardozo de Jesus, mas a falta de Bruno César e Kardec para o rodízio, poderá ser o indicador do início do fim da titularidade do capitão.

A verdade é que Luisão fez duas ou três épocas de muita qualidade, mas já vai na década ao serviço do clube, e as duas últimas temporadas foram bastante tremidas, deixando-o com a titularidade apenas porque não existiam alternativas (pelo menos na ideia de Jesus). Neste momento, e com Steven, mas sobretudo Lisandro, à espreita, o capitão poderá passar o testemunho de forma pacífica e ponderada. Jesus ensaiou-o com quase todos os novos defesas, e não foi feliz logo no primeiro jogo contra os carteiros da Suiça, dando lugar a um Mitrovic animado na segunda parte. Certo parece ser o erro de ter Mitrovic e Luisão em campo, como se viu no jogo seguinte, talvez pela similaridade dos dois no que toca a bronquice na hora de decidir.

Jesus percebeu a incompatiblidade, e não voltaria a repetir a dupla em campo, optando pelas substituições diretas entre os dois. Isso naõ impediu que, nos cinco jogos em que Luisão participou, seis dos sete golos sofridos pelo Benfica foram com Luisão em campo, jogos esses que contaram com quase todos os defesas centrais disponíveis. A par de Mitrovic, será o defesa com mais golos sofridos sob sua alçada, nesta pré-temporada

Outro aspeto que não abona a favor do capitão, é a sua cada vez mais notória lentidão, levando a que se atrase nos carrinhos, deixando a equipa em risco numa posição essencial do terreno. A única esperança para o brasileiro será a saída de Garay, mas todos sabemos que isso não agrada, e nem é bom para o Benfica.

6 comentários:

Luis disse...

Como alguém disse, tens que acelerar o ritmo que o campeonato começa daqui a 10 dias e a malta quer ler todos os jogadores antes dele começar :P
Em relação ao Luisão (e já agora em relação ao Maxi) não são defesas de topo, mas a malta atura-os porque são símbolos do Benfica, perdoando-lhes mais que a qualquer outro jogador. Para mim era ou vender-lo agora ou ir passando lentamento o testemunho ao Lisandro. O dinheiro que não entrava pela não saída do Garay era compensado pela poupança em salários do Luisão (que ainda deve alguma coisa) e pelos 5 ou 6 milhões que ele poderia render.

LDP disse...

"e as duas últimas temporadas foram bastante tremidas "

Não foi há duas épocas que estivemos vinte e tal jogos sem sofrer golos...?

Vitto, deves ser daqueles que só associava a palavra "mística" ao Moreira. Tens um capitão do Benfica com 10 anos de clube e quase 10 anos de selecção brasileira (ainda que nunca tenha sido titular absoluto mas contam-se pelos dedos de uma mão defesas internacionais brasileiros que apresentem isso), sem dúvida um dos 20 centrais mais experientes a jogar na Europa...e queixas-te.

jose garcia disse...

Este é como o Cardozo: quase todos desdenham dele até ao dia em q estiver para se ir embora. Aí vai passar a ser imprescindível... Demasiados benfiquistas são assim: veneram até ao vómito artistas inócuos, desprezam outros pq são grandes ou feios ou toscos e não amandam com pinta nenhuma

LC disse...

Sobre o Luisão, uma vez que quando bate é em gajos mais pequenos, ao "bom dia" dele no twitter, perguntei se já tinha metido o Tacuara na linha ou se ele era muito grande :P

Maxi disse...

Nunca mais chegas ao Gaitán!...

DeVante disse...

Jose Garcia, pelo contrário, só quando este gajo sair é que vamos ganhar algum título.
Não tem nada a ver com o Óscar, que quando não joga sentimos mesmo a sua falta. Aliás, nós saímos da Liga dos Campeões porque o Jejum abdicou do Óscar em jogos cruciais, caindo na léria dos adeptos de que a dupla Rodrigo/Lima era mais móvel...fodemos, contra os russos e contra os escoceses.
O Luisão falhou o início da época passada e ninguém sentiu a sua falta. Noutras paragens, que não no Benfica onde parece que medíocres têm lugar cativo, ele nunca voltaria a ser titular!!!