Análise individual: Benfica 2-0 Olhanense

Artur (4): Seguro como de costume, o guardião encarnado resolveu da melhor forma todas as poucas vezes que foi chamado a intervir.

Maxi Pereir (4)a: Apesar de ter saído de uma lesão, mostrou-se o Maxi de sempre. A sua capacidade de chegar à linha de fundo e entrar na área fizeram com o Olhanense o tivesse que parar em falta e consequente , penalty.

Luisão (4): A defesa benfiquista teve pouco trabalho e sempre que chamada a intervir , fe-lo da melhor forma.  O capitão encarnado marcou o merecido golo que deu tranquilidade à sua equipa

Garay (4): Ao lado de Luisão, forma uma muralha complicada para qualquer adversário. Com pouco trabalho face às poucas vezes que o Olhanense saiu a jogar, Garay viu o seu trabalho defensivo facilitado, ainda esteve à beira de marcar um golo

Melgarejo (4): Sem grande trabalho a nível defensivo do lado esquerdo, o jovem participou no jogo ofensivo da equipa.

Matic (5): A par de Ola Jonh, o sérvio também protagonizou uma boa exibição. Seguro no meio campo, e bastante participativo a nível ofensivo. Nota-se bastante evolução desde a saída de Javi.

Salvio (4): Igual a si mesmo, lutador e persistente em cada jogada. Bracalli e a falta de pontaria negaram-lhe algumas ocasiões e golo

Carlos Martins (4): Regressado de uma lesão, notou-se um pouco a falta de ritmo. Enquanto esteve em campo desempenhou bem o seu papel. Pouco depois do intervalo, JJ notou o cansaço do médio e efetuou a substituição.

Ola Jonh (5): Mais uma grande exibição do jovem holandês, foi dos melhores em campo. Ora efetua grandes cruzamentos , ora é ele próprio a rematar, causando perigo à baliza adversária.

Cardozo (4): Chamado a bater a grande penalidade , o paraguaio não falhou. Mais uma vez mostrou aos críticos que quando é preciso, não falha

Rodrigo (3): A meu ver, uma exibição bastante apagada do jovem espanhol.

'Saltaram do banco':

Lima: Desta vez não marcou, mas com a sua entrada a qualidade do ataque melhorou bastante.

Enzo Perez: Não foi o melhor Enzo desta temporada, ainda assim, quando entrou para o lugar de Carlos Martins, a equipa aumentou, novamente o ritmo de jogo.

André Almeida: Acabado de renovar contrato com o clube da Luz, André Almeida entrou para o lugar de Maxi Pereira. Nos poucos minutos que teve em campo, também deu bem conta do recado.

Classificação: 1-Péssimo 2-Mau 3- Razoável 4-Boa 5- Muito Boa

10 comentários:

hertz disse...

Concordo globalmente com as notas, só não concordo com a do Salvio. Eu dar-lhe-ia um 2. A sério, não sei o que é que se passa com o Salvio mas acho que nunca o vi jogar tão mal desde que está no Benfica (também estou a contar com a época 10/11). Muito individualista, quer fintar tudo e todos em situações que deveria largar a bola mais cedo e tem estado completamente desastrado na finalização.
Parece-me que a falta de golos o está a tornar um pouco ansioso e nota-se que anda atrás do golo e por vezes "estraga" jogadas por causa disso.
Acho que precisava de ir para o banco durante um tempo.
Vejo aí muita gente a dizer que ele está em óptima forma mas na minha opinião ele está é em péssima forma.

David Duarte disse...

Eh Dina, gostaria de te ter tido como professora. Era so 18 19 e 20!

dezazucr disse...

Rodrigo esteve mau.

DeVante disse...

Concordo com o Hertz e o Deza.
Artur e Luisao precisam de afinar a comunicação, fodasse!

Carlos Alberto disse...

A Dina foi boazinha com o Rodrigo

DeVante disse...

Ao Rodrigo todos fecham os olhos...há muito que não joga um caralho!

Unknown disse...

Vamos a uma parceria amigos?

Somos um blogue novo sobre futebol português e europeu no geral.

http://treinadoradjunto.wordpress.com/

Passem por lá e deixem o vosso comentário que imediatamente vos adicionamos à nossa blogroll.

Um abraço!

Anónimo disse...

Vi a repetição do jogo e gostei bastante do Rodrigo. Parece-me que lhe falta um golo para voltar a ser o menino querido. É tudo uma questão de modas. O Rodrigo fez um jogo esforçado com algumas jogadas individuais com muita qualidade. É certo que perdeu algumas bolas na recepção, mas jogou a maior parte das vezes para a equipa, como se viu nalguns cruzamentos que fez na linha.

Ricardo

pitons na boca disse...

Acho que a nota 3 fica bem no Rodrigo, pelo que batalhou. As coisas não lhe têm saído muito bem, mas foi de uma entrega total. Se tivesse saído uma assistência ou um golo, ninguém falaria mal mas como não houve nenhum detalhe mais marcante dizem que não fez nada.

Ao Salvio daria 3 também. Está um bocado fussão mas mostrou melhor apetência física do que nos jogos depois de Moscovo (incluindo esse também). É uma questão de tempo até voltar a dar alegrias e só não aconteceu já porque aparecem defesas em cima da linha de golo (a ele e ao Lima no jogo anterior).

Pedro disse...

Incrivel como deste a patada do tronco alves que o Rodrigo nunca mais foi o mesmo. Precisa de um grande golo para esquecer esse momento trágico em que conheceu o caceteiro mor.